empresa

A Companhia aposta no tecido empresarial em todas aquelas áreas onde desenvolve sua atividade. Promovemos as empresas que se envolvem com a inovação, qualidade, transparência e criação de empregos.

TeInteresa
  • Com uma base de clientes de cerca de 30 milhões de pessoas, a Amazon se tornou uma referência em termos de inovação e fidelização de clientes. Qual é o seu segredo? Um dos arquitetos é Chuck Ames, diretor de UX na Amazon Business, que nos permite vislumbrar as razões por trás do sucesso da empresa, transmitindo sua paixão pelo design e sua dedicação ao cliente.

    A IoT, abreviação da Internet of Things (Internet das Coisas), irá marcar nosso futuro. Nesse sentido, Alicia Asín, CEO da Libelium, tem muito que dizer porque sua empresa oferece dispositivos, como o Waspmote Plug & Sense, que permitem resolver os problemas de interoperabilidade e explorar ao máximo as possibilidades desta tecnologia em, por exemplo, o desenvolvimento de smart cities.

  • A Quarta Revolução Industrial impacta com força no mercado de trabalho. Algumas profissões vão desaparecer e já começam a surgir outras que exigem capacidades e habilidades inovadoras. Vamos conhecê-las!

    Os progressos em termos de tecnologia acontecem numa velocidade vertiginosa. Espera-se que 2020 seja o ano do denominado grande salto tecnológico. As indústrias se preparam com rapidez para entrar em uma nova era onde os robôs, a Internet das Coisas (IoT) e outras tendências em inovação serão os protagonistas dos nossos dias.

  • As start-ups são empresas pequenas mas muito brilhantes, fruto de ideias avançadas através das quais os empreendedores querem mudar o mundo. A diferença em relação a uma PME (Pequena e Média Empresa) radica em sua capacidade para inovar, em sua flexibilidade para se adaptar às mudanças e em sua orientação para o cliente.

    De acordo com a primeira lista da revista Fortune publicada em 1955, 429 das 500 empresas mais importantes do mundo já não existem mais. Em uma sociedade tão volátil como a atual, onde a revolução digital está mudando a forma como consumimos, nos comunicamos e obtemos informação, as empresas, da mesma forma que as espécies, estão obrigadas a se adaptarem para sobreviver.