empresa

A Companhia aposta no tecido empresarial em todas aquelas áreas onde desenvolve sua atividade. Promovemos as empresas que se envolvem com a inovação, qualidade, transparência e criação de empregos.

TeInteresa
  • A contribuição tributária direta do grupo Iberdrola no mundo chegou a 8,156 bilhões de euros durante o exercício passado, 217 milhões a mais do que em 2018. É o que expõe o Relatório de transparência fiscal 2019 elaborado pela companhia pelo segundo ano consecutivo. Dito relatório contém, como novidade, informações pormenorizadas sem precedentes no índice da bolsa espanhola IBEX 35.

    Cumprir os compromissos ambientais assumidos no Acordo de Paris (COP21) exige profundas alterações nos processos de produção e nos padrões de consumo de todos os setores da economia.

  • A Iberdrola foi a primeira empresa do IBEX 35 (principal índice de referencia da bolsa espanhola) que ampliou o alcance de seu sistema de gestão de eventos sustentáveis sob o certificado ISO 20121 incluindo suas Apresentações de Resultados e o Capital Markets Day. A companhia já foi pioneira nesse âmbito em 2016, ao ser também a primeira empresa do IBEX 35 e a primeira empresa elétrica entre as dez maiores do mundo que obteve o selo da AENOR para seu sistema de gestão de eventos sustentáveis, que então abrangia apenas a Assembleia Geral de Acionistas e que, atualmente, inclui seus demais eventos corporativos.

    As equipes legais internas do grupo Iberdrola expressaram sua vontade de fazer parte do processo de transformação digital que está sendo realizado pela companhia, do mesmo jeito que já foi feito o processo de internacionalização, com um alto nível de exigência na sua atuação. E para tal, desenvolveram o Projeto Darwin, que lhes irá permitir pesquisar novas soluções tecnológicas, reavaliar seus processos e, em resumo, evoluir visando proporcionar um apoio mais eficiente e de mais qualidade a todos os negócios do grupo.

  • A construção dos parques eólicos offshore de Wikinger e East Anglia ONE contou com a colaboração de inúmeras empresas espanholas e trouxe consigo a criação de novos empregos e um forte impulso à atividade econômica em nosso país.

    Os efeitos das mudanças climáticas já são irrefutáveis e sua mitigação é uma das maiores preocupações da agenda climática global. Foi o que a Cúpula de Ação Climática 2019 de Nova York expôs no dia 23 de setembro, onde a mitigação foi o tema central dos trabalhos realizados pelos líderes políticos, econômicos e cidadãos que compareceram ao encontro. O grupo Iberdrola, participante ativo da cúpula, contribuiu para o sucesso do evento com ações e compromissos concretos.