natureza

O respeito ao meio ambiente, à fauna e flora ou à natureza são essenciais na luta contra as mudanças climáticas. O Grupo Iberdrola fomenta a biodiversidade dos ecossistemas promovendo o desenvolvimento do patrimônio natural. Além disso, incentiva uma cultura de conscientização social sobre as ações que contribuem para a sua conservação.

TeInteresa
  • Conforme dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) , para produzir um litro de leite são utilizados 1.000 litros de água. Quem não consome um tetra pak por dia? Sabemos desse dado graças à pegada hídrica (PH), um conceito que mede o consumo de água de um bem ou serviço e cujo objetivo é conscientizar sobre seu uso racional, especialmente agora que se torna mais escassa em função das mudanças climáticas e do aumento da população.

    O vírus SARS-CoV-2 e a doença que ocasiona, a COVID-19, se tornaram atualmente um dos grandes inimigos da humanidade. Para combatê-lo, a biossegurança, responsável por evitar o risco para a saúde e o meio ambiente proveniente da exposição a agentes biológicos que causa doenças, assume uma importância crucial.

  • A Iberdrola assumiu o compromisso de alcançar uma perda líquida nula de biodiversidade até 2030. Por isso, todos os projetos do negócio de energia eólica offshore da Iberdrola contam com um Sistema de Gestão Ambiental que inclui procedimentos específicos de gestão de riscos para o meio ambiente marinho.

    "Os recifes de corais estão sendo fervidos vivos." Essa afirmação, feita por Gabriel Grimsditch, membro da divisão de ecossistemas marinhos do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), ativou os sinais de alerta. O panorama para os corais não é muito animador: os cientistas calculam que quase 90 % desses superecossistemas poderiam se extinguir até 2050.

  • O grupo Iberdrola protege, restaura e promove o uso sustentável dos ecossistemas terrestres em todos os países onde está presente, contribuindo de forma direta a alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 15 das Nações Unidas: proteger a vida terrestre. Neste sentido, a empresa leva em consideração a conservação da biodiversidade no planejamento e desenvolvimento posterior de todas suas atuações.

    Esse projeto, liderado pela Iberdrola e aprovado pela Comissão Europeia, surgiu para demonstrar a viabilidade da captura do CO2 proveniente da combustão do gás natural para reduzir o 'macrofouling', o processo de incrustação que se verifica nos circuitos de refrigeração das usinas de ciclo combinado.