sustentabilidade ambiental

A Iberdrola é uma referência internacional em sustentabilidade ambiental. Promovemos os modelos de negócio sustentáveis, procurando um desenvolvimento que satisfaça as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras.

TeInteresa
  • A eletrificação do transporte e do aquecimento residencial e a obtenção de eletricidade por meio de energias renováveis serão as chaves para descarbonizar a economia europeia até 2050. Esta é a principal conclusão que se depreende do estudo elaborado pela consultoria AFRY (antigamente POYRY) para a Iberdrola, que estabelece um roteiro para o setor de energia no continente.

    A ação do homem está provocando um aumento da temperatura global. Por esse motivo, o efeito estufa deixou de ser nosso grande aliado e passou a ser um risco para a sobrevivência humana. A inundação das cidades costeiras, a desertificação de áreas férteis, o derretimento de massas glaciais e a proliferação de furacões devastadores são apenas algumas de suas principais consequências.

  • Os recursos naturais são aqueles que o planeta oferece sem necessidade de intervenção humana. Eles são essenciais para nossa sobrevivência, mas, se forem consumidos em um ritmo mais rápido do que a sua regeneração natural, como acontece atualmente, eles podem acabar. Abaixo, analisamos as consequências e possíveis soluções para esse problema.

    Conforme estimativas do projeto The New Climate Economy, o mundo precisa investir 90 bilhões de dólares em infraestruturas sustentáveis até 2030. Esses investimentos são imprescindíveis tanto para renovar os antigos equipamentos dos países desenvolvidos e alinhá-los à luta contra as mudanças climáticas quanto para reforçar um crescimento econômico verde nos mercados emergentes e nos países em vias de desenvolvimento.

  • Você iria ao teatro de táxi sem motorista? Compartilharia seu carro ou entraria no veículo de um desconhecido para ir todos os dias ao trabalho? A nova mobilidade urbana promete mudar tudo... começando pela nossa forma de pensar.

    A crescente massificação das grandes cidades significa um sério desafio para a mobilidade sustentável. Graças à revolução digital, ferramentas como o big data e conceitos como carsharing são vitais para criar cidades inteligentes com sistemas de mobilidade de alto rendimento. A seguir, discutiremos quais serão as chaves da mobilidade do futuro, as tendências que revolucionarão a maneira como nos deslocamos e o impacto que a crise do coronavírus terá em tudo isso.