inovacao

TeInteresa
  • Medicamentos que são liberados na corrente sanguínea com o primeiro sinal de infecção, edifícios que reagem às condições climáticas ou telas de celulares que se reparam sozinhas... Estas são só algumas das possíveis aplicações dos chamados smart materials — materiais inteligentes —, a última revolução no campo da ciência dos materiais.

    As novas tecnologias transformaram o mundo e as regras de jogo em muitos setores. O alimentício, pelo contrário, ainda está se perguntando como aplicar inovações como o big data ou a Internet das Coisas (IoT) em seu negócio. Os desafios do setor são numerosos, incluída a sustentabilidade alimentar, e as foodtech marcam o caminho.

  • Nos últimos anos, os painéis solares se tornaram um elemento comum na paisagem urbana e rural em todo o mundo pelo apogeu do autoconsumo fotovoltaico. O boom desta forma de autoconsumo, que também ajuda no combate às mudanças climáticas, aconteceu graças aos progressos tecnológicos, à redução dos preços dos componentes das instalações, à flexibilização das formalidades administrativas e às ajudas a nível local e estatal.

    Vivemos na era da tecnologia, mas ainda não vimos tudo: a computação quântica — que nos últimos anos deu pequenos, mas importantes passos incentivados pelas grandes empresas — promete revolucionar quase tudo o que sabemos. A seguir, revisamos suas possíveis aplicações, que vão desde a cibersegurança até a mobilidade, passando pela saúde.

  • Para Nuria Oliver, Data Scientist do Ano para a Big Data Value Association (BDVA) e doutora do MIT pelos seus trabalhos sobre Inteligência Artificial (IA), um dos principais desafios do ser humano passa pela utilização da tecnologia para melhorar a vida das pessoas e envolver as mulheres, por meio do impulso das competências STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) na construção da sociedade do futuro.

    As energias renováveis proporcionaram uma nova forma de consumir energia elétrica. Um exemplo disso é o autoconsumo elétrico. O ápice do autoconsumo nos últimos tempos foi possível por dois fatores: a instalação das tecnologias necessárias é cada vez mais acessível e os trâmites administrativos são menores. Descubra uma forma de poupar na sua fatura de energia elétrica e, ao mesmo tempo, lute contra as mudanças climáticas.