PROJETOS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS

A energia eólica offshore, um dos grandes compromissos estratégicos do grupo Iberdrola

De acordo com a revisão das Perspectivas Estratégicas 2018-2022, apresentada no último mês de fevereiro em Londres, as energias renováveis continuarão sendo um dos pilares do grupo, uma vez que será destinado a essa área de negócio 39% dos 34 bilhões de euros de investimentos previstos para o período. No âmbito das energias renováveis, a energia eólica offshore é o compromisso mais audaz.

O GRUPO IBERDROLA, COM O VENTO A FAVOR

A aposta da Iberdrola na energia eólica terrestre já remonta há quase 20 anos. É pioneira nesta tecnologia e agora está decidida a liderar o desenvolvimento da fonte de energia renovável mais prometedora atualmente: a eólica marina.

Para atingir este objetivo, estruturou suas iniciativas em três pilares: mar do Norte, mar Báltico e Estados Unidos.

Atualmente, o grupo Iberdrola já tem em funcionamento dois parques eólicos marinhos. Por um lado, o parque de West of Duddon Sands* Nota : implementado em 2014 no mar do Norte, que foi a primeira instalação destas características promovida por uma empresa espanhola. Por outro lado, o parque Wikinger, em águas alemãs do mar Báltico e em funcionamento desde dezembro de 2017.

Além disso, com mais de 12.000 MW planejados em termos de carteira de projetos, a aposta pioneira e decidida da Iberdrola na geração eólica marinha se consolidará nos próximos anos.

Nos Estados Unidos e através de sua filial Avangrid1, o grupo dispõe de projetos de energia eólica offshore em construção ou em carteira totalizando 7.300 MW de capacidade. A empresa já está desenvolvendo o maior parque eólico offshore em grande escala, o Vineyard Wind, localizado em frente às costas do estado de Massachusetts, cujos 800 MW de potência serão capazes de atender as necessidades energéticas de um milhão de residências. Da mesma forma, a filial da Iberdrola tem a possibilidade de promover, até 2027, outros três grandes projetos de energia eólica offshore: ao redor de 2.000 MW adicionais na primeira fase do parque Vineyard Wind, aproximadamente mais 2.000 MW na sua segunda fase e ao redor de 2.500 MW em Kitty Hawk (Carolina do Norte).

No Reino Unido e através de sua filial ScottishPower, o grupo se encontra em plena fase de construção do parque de East Anglia One, outro de seus grandes projetos emblemáticos de energia eólica offshore. Essa instalação, que contará com uma capacidade de 714 MW, quando entrar em funcionamento se converterá no maior complexo eólico offshore do mundo graças aos seus 300 km2 de superfície. No entanto, o parque de East Anglia ONE não é mais que a ponta de lança de um projeto ainda mais ambicioso: East Anglia Hub, que estará composto por East Anglia ONE North (208 km2 / 800 MW de potência), East Anglia TWO (218,4 km2 / 900 MW de potência) e East Anglia THREE (305 km2 / 1.400 MW de potência).

Finalmente, foram adjudicados ao grupo Iberdrola dois novos parques eólicos nas águas do mar Báltico: O Baltic Eagle e o Wikinger Süd que terão, em conjunto, uma potência total de 486 MW. Às novas instalações também se soma o parque eólico offshore de Saint Brieuc, localizado na baía com o mesmo nome, na região da Bretanha. Sua entrada em operação está prevista para 2022 e terá uma capacidade total instalada de 496 MW.

Instalacoes de energia eólica offshore, operacionais e em desenvolvimento, do grupo Iberdrola.#RRSSInstalações de energia eólica offshore — operacionais e em desenvolvimento — do grupo Iberdrola.

 VER INFOGRAFICO: Visão geral do gasotudo 'offshore' do grupo Iberdrola [PDF]

ENERGIAS RENOVÁVEIS: O CORAÇÃO DO MOTOR DA IBERDROLA

A Iberdrola não se conforma só com a energia eólica. A empresa pretende continuar reforçando nos próximos anos sua liderança mundial no setor das energias renováveis, onde já tem uma capacidade instalada (no encerramento do terceiro trimestre deste ano) de mais de 30.900 MW. Nesta mesma linha e conforme as Perspectivas Estratégicas 2018-2022* Nota [PDF], o grupo destinará 39% do investimento global previsto para esse período de tempo ao Negócio de Renováveis: 13,3 bilhões de euros.

A Iberdrola desempenha um papel fundamental no setor renovável de seus cinco países de referência:

Estados Unidos: com uma capacidade renovável instalada de 7.450 MW (7.203 MW de eólica terrestre, 129 MW de solar e 118 MW hidrelétricos), e através da filial listada na bolsa Avangrid1, a Iberdrola se tornou o terceiro operador eólico do país com 43% de toda a potência instalada pelo Grupo no mundo com esta tecnologia. A Iberdrola, que durante os nove primeiros meses de 2019 investiu 1,105 bilhão de euros no Negócio renovável norte-americano, tem a previsão de implementar durante este ano no país 990 novos MW eólicos.

Espanha: A Iberdrola é o líder eólico (com una potência operacional de 5.793) e renovável espanhol (com 16.027 MW). Com vistas a 2022, a Companhia anunciou que terá 3.000 MW renováveis (eólica e solar) adicionais na Espanha, e que chegará a 10.000 MW em 2030.

Reino Unido: através de sua filial ScottishPower, primeira das big six britânicas 100% renovável, a Iberdrola também lidera o mercado eólico do Reino Unido com uma capacidade renovável de 2.296 MW (1.906 de eólica terrestre e 390 de eólica marinha). Atualmente, a empresa tem diversos projetos offshore na área de East Anglia.

Brasil: por meio da filial que a Iberdrola tem no país, Neoenergia2, acaba de anunciar a construção de seu maior complexo eólico terrestre, denominado Oitis. Composto por um total de 12 parques que totalizarão uma capacidade instalada conjunta de 566,5 MW, estará situado nos estados de Piauí e Bahia, nordeste do Brasil, e sua colocação em funcionamento completa está prevista para meados de 2022. A Iberdrola tem no Brasil 3.424 MW renováveis: 2.908 MW hidrelétricos e 516 eólicos.

México: A Iberdrola dispõe de uma capacidade renovável no México de 743 MW (473 eólicos e 270 solares), a qual aumentará consideravelmente (quase +45%) com a implementação de outros dois projetos já em construção: os parques eólicos de Pier (221 MW de potencia) em Puebla e Santiago Eólico (105 MW) no estado de San Luis de Potosí.
 

 Onde é mais eficiente instalar um aerogerador?

 Você sabe como funcionam os parques eólicos onshore?

 Você sabe como funcionam as usinas hidrelétricas?

 P&D+I Renováveis

   

1 A Iberdrola, S. A. tem uma participação de 81,50% na Avangrid, Inc.

2 A Iberdrola, S. A. tem uma participação indireta de 50% + 1 ação na Neoenergia, S. A.

* Disponível na versão em espanhol.