NotíciaVolver

15/10/2021

Os investimentos em energias limpas impulsionam a produção de energia renovável em 10,4%, o que representa 55.139 GWh

Iberdrola aumenta sua capacidade ‘verde’ em 10%, até 37.300 MW nos nove primeiros meses

  • A metade deles está localizada em mercados internacionais e cresce em todas as áreas onde está presente: Brasil (+8,6%), Reino Unido (+6,6%), resto dos países do mundo (+19,4%), EUA (+4%). A Espanha consolida 19.000 MW instalados (+16%)
  • A potência eólica onshore instalada ultrapassa os 19.000 MW (+5,6%), o projeto Tâmega (Portugal) incentiva a energia hidráulica chegando a 13.600 MW e a solar dobra e já soma mais de 2.800 MW
  • 80% da capacidade instalada pela Companhia no mundo e 76% da produção global estão livres de emissões; porcentagens que na Espanha chegam a 79% e 87%, respectivamente

A Iberdrola avança em sua estratégia de energias renováveis como base para o desenvolvimento de uma economia descarbonizada e competitiva. A Companhia aumentou sua capacidade instalada 'verde' em 10,4% nos nove primeiros meses do ano em relação ao mesmo período do exercício anterior, chegando a 37.378 MW. Os investimentos em energias limpas também impulsionam a produção em energias renováveis da Companhia, que registra um aumento de 10,4% e representa 55.139 GWh.

Por regiões, a metade da capacidade instalada da Iberdrola está situada nos mercados internacionais e cresce em todas as áreas onde a Companhia está presente: Brasil (+8,6%), que ultrapassa os 3.850 MW; Reino Unido (+6,6%), resto dos países do mundo (+19,4%) e EUA (+4%), que ultrapassa os 8.000 MW. A Espanha consolida uma potência instalada de 19.000 MW (+16%), após ter colocado em funcionamento no último ano cerca de 2.400 MW.

A Companhia reforça sua liderança eólica mundial com um aumento de 5,6% em capacidade eólica onshore, ultrapassando os 19.000 MW. A energia eólica offshore, por sua vez, é de 1.258 MW instalados. No período, destaca-se o forte crescimento da capacidade fotovoltaica da Iberdrola, que dobra (+210%) e ultrapassa os 2.800 MW no encerramento de setembro. A energia hidráulica, impulsionada pelo projeto do complexo Tâmega, alcança os 13.744 MW no período. Os sistemas de armazenamento de baterias somam uma potência instalada de 137 MW.

Em linha com a maior construção de energia renovável, 80% da capacidade instalada pela Iberdrola no mundo e 76% da produção global já estão livres de emissões; porcentagens que na Espanha chegam a 79% e 87%, respectivamente.

Acesso a informação legal