Balanço de sustentabilidade

Desempenho de sustentabilidade do grupo Iberdrola

O Balanço de Sustentabilidade é uma ferramenta que permite fazer a avaliação do desempenho de sustentabilidade da empresa, analisando a dimensão econômica, ambiental e social, o que facilita a identificação dos aspectos que devem ser melhorados em todo o grupo. O balanço serve para avaliar a qualidade da estratégia sustentável pretendida.

Sustenabilidade energética

Sustentabilidade empresarial

  • Icone Competitividade
  • Icone Segurança no fornecimento
  • Icone Meio ambiente
  • Icone Dimensão social
  • Icone Criação de valor

 

 

Objetivos

Desempenho ambiental

Emissões de GEE (validadas pela iniciativa Science Based Target - SBTi)*:

  • Atingir emissões líquidas zero de GEE em toda a cadeia de valor até 2039 em comparação com 2020.
  • Reduzir as emissões absolutas de GEEs dos Escopos 1, 2 e 3 em 65% até 2030 em comparação com 2020, o que está alinhado com uma trajetória de 1,5°C. (progresso de 45 %).

  • Reduzir as emissões dos Escopos 1, 2 e 3 em 90% até 2039 em comparação com 2020, alinhado com as vias de mitigação de 1,5°C do SBTi para atingir zero líquido até 2050. (progresso de 32 %).

  • De acordo com as metas científicas estabelecidas para 2030 e 2029, estimamos uma trajetória para reduzir as emissões absolutas de GEE para os Escopos 1, 2 e 3 em 20% até 2026 em comparação com 2020.

 Biodiversidade: 
  • A Iberdrola terá um impacto positivo líquido sobre a biodiversidade até 2030. Este objetivo se baseia na aplicação do princípio da hierarquia de conservação durante todo o ciclo de vida de suas instalações e na implementação de mecanismos para identificar, quantificar e monitorar a conformidade com o mesmo.
Água:  
  • Reduzir o uso/produção de água em 63 % em 2030 em comparação com 2021 (36 % em 2026) (progresso 17%)

 
 Contaminación: 
  • Reduzir a intensidade de emissões de NOx para <0,10g/kWh. (0,15g/kWh em 2026)

 Capex:
  • Alinhado com a Regulamentação Taxonômica Europeia (capex orgânico): ≈90% até 2025, 2026 e 2030.

 
 Mobilidade Sustentável: 
  • 100% da frota leve em 2030 (56 % em 2026) (progresso 31 %)

 
Reflorestação:
  • Desmatamento líquido zero até 2025 e plantio de 8 milhões de árvores até 2025, 10 milhões até 2026, plantando 20 milhões até 2030 (progresso 17 %).

 Reciclagem:

  • 50 % das pás de aerogeradores recicladas até 2025, 2026 e 100 % até 2030 (progresso 87 %). 100% de reciclagem de painéis fotovoltaicos até 2030. Inclui lâminas e painéis fotovoltaicos que foram removidos da operação e que já têm uma decisão de tratamento que não seja o descarte em aterro.

Desempenho social

 Segurança e saúde:
  • Reduzir a proporção de acidentes dos funcionários próprios (taxa de lesões por acidente de trabalho) em 10 % até 2025, 13 % até 2026 e 21 % até 2030, tendo 2021 como ano-base (progresso 80,9 %).

 Gênero:

  • Nos anos 2025 e 2030, o número de diretoras continuará representando pelo menos 40 % do Conselho de Administração (progresso de 100 %).

  • Aumentar a presença de mulheres em cargos superiores para 30 % até 2025, 31,2 % até 2026 (89 % de progresso) e 35 % até 2030 (79 % de progresso).

  • Aumentar a presença de mulheres em cargos seniores para 35 % até 2025 (98 % de progresso) 35,3 % até 2026 e 36 % até 2030 (95,5 % de progresso).

 Acesso à eletricidade:
  • Objetivo do programa "Eletricidade para todos" de levar eletricidade a 16.000.000 personas en 2030 que atualmente não têm acesso a esta fonte de energia (progresso de 77,5%).

 Mobilidade sustentável: 

  • Instalação de ≈32.000 pontos de recarga para veículos elétricos até 2025 (progresso de 44 %) e ≈60.000 até 2030 (progresso de 23 %).

 Fornecedores: 

  • Fornecedores sustentáveis: >85% dos principais fornecedores sujeitos a políticas e padrões de desenvolvimento sustentável até 2025, 2026 e 2030.

  • ≥85% das compras feitas de fornecedores sustentáveis nos anos de 2025, 2026 e 2030 (100% de progresso).

 P&D&I: 
  • 420 milhões de euros por ano em P&D&I até 2025, 443 milhões de euros até 2026, e 550 milhões de euros até 2030 (progresso de 70 %).

 
 

*Meta Net-Zero: 
A Iberdrola se compromete a atingir emissões líquidas zero de gases de efeito estufa em toda a cadeia de valor até 2039, tendo 2020 como ano-base.
 
Metas a curto prazo:
Iberdrola se compromete a reduzir as emissões absolutas de GEE dos escopos 1, 2 e 3 em 65 % até 2030 a partir do ano base 2020. Dentro dessa meta, a Iberdrola se compromete a reduzir as emissões de GEE dos Escopos 1 e 2 de geração de energia em 83 % por kWh até 2030 a partir do ano-base 2020. A Iberdrola também se compromete a reduzir as emissões de GEE dos Escopos 1 e 3 de combustível e energia elétrica cobrindo toda a eletricidade vendida em 85 % por kWh no mesmo período de tempo. Iberdrola se compromete ainda a reduzir em 42 % as emissões de GEE de escopo absoluto 3 decorrentes do uso de produtos vendidos no mesmo período de tempo. Iberdrola finalmente se compromete a reduzir todas as emissões de GEE de escopo 3 absolutos restantes em 46 % no mesmo período de tempo. 
 
Objetivos a longo prazo:
Iberdrola se compromete a reduzir as emissões de Escopo 1, 2 e 3 em 90 % até 2039 a partir do ano base 2020. Dentro dessa meta, a Iberdrola se compromete a reduzir as emissões de GEE dos Escopos 1 e 2 de geração de energia em 84 % por kWh até 2039 a partir do ano-base 2020. Iberdrola SA também se compromete a reduzir as emissões de GEE das atividades de combustível e energia dos Escopos 1 e 3 cobrindo toda a eletricidade vendida em 95 % por kWh no mesmo período de tempo. Iberdrola SA compromete-se ainda a reduzir em 90 % as emissões absolutas de GEE do escopo 3 do uso de produtos vendidos no mesmo período de tempo. Iberdrola finalmente se compromete a reduzir todas as emissões de GEE de escopo 3 absolutos restantes em 90 % no mesmo período de tempo.

Formação sobre preconceito inconsciente: oferecido na Espanha, Reino Unido, EUA, Brasil, México e IEI
Formação anual de combate ao assédio sexual: ministrada na Espanha, no Reino Unido, nos EUA, no Brasil, no México e IEI
94.915 horas por ano de treinamento em segurança cibernética e proteção de informações até 2023.