NEGOCIAÇÕES E POLÍTICAS CLIMÁTICAS - COP25

Presença ativa nas conferências climáticas

A Iberdrola desenvolve uma intensa atividade no âmbito do debate global e regional em termos de políticas climáticas. Participa de forma ativa dos principais eventos da agenda climática global.

Como marcos recentes se destacam: a Conferência Climática de Madri (COP25), a Conferência Climática do Secretário-Geral das Nações Unidas em Nova York e as atividades da Aliança de Marraquexe para a Ação Climática Global.

No contexto da COP25, a empresa reiterou seu compromisso com um cenário climático alinhado com um aumento máximo da temperatura de 1,5 ºC e com um marco adequado de condições de trabalho e de transição justa no processo de descarbonização. Ambos os compromissos foram formalizados com a adesão do Grupo a dois compromissos promovidos por organizações e governos diretamente envolvidos na Conferência de Ação Climática da ONU, que aconteceu em Nova York em setembro.

Saiba mais sobre a nossa participação nos principais eventos da agenda global:
 

Acesso ao html da COP25. O link interno é aberto em sua própria janela.
 

Acesso ao html da Cúpula de Ação Climática de 2019. O link interno é aberto em sua própria janela.


Além disso, a Companhia participa ativamente das diferentes Conferências Climáticas através da rota ciclista Moving for Climate NOW Link externo, abre-se em uma janela nova e da entrega de seu Manifesto contra as mudanças climáticas com os principais pilares de atuação na luta contra o aquecimento global.

Apoio ao objetivo de emissões líquidas nulas até 2050

A Iberdrola tem demonstrado desde há anos um apoio explícito — ao mais alto nível — ao objetivo de neutralidade de carbono até 2050, convencida das oportunidades para a criação de valor e prosperidade derivadas de sua consecução. O apoio da Companhia neste campo é especialmente importante no contexto da União Europeia, onde ocorreu um intenso debate político que finalizou com a aprovação formal do objetivo de neutralidade até 2050 [PDF] e o lançamento do Pacto Verde Europeu em dezembro de 2019. Tudo isto, coloca a União Europeia como a maior área econômica comprometida com a neutralidade climática e com um modelo de crescimento sustentável.
 

Uma Europa sem emissões é possível e está cheia de oportunidades.

Visão da Iberdrola sobre a realização do objetivo de zero emissões líquidas até 2050 [PDF].