Plano de Mobilidade Sustentável

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

#ancla

Lideramos a transição para a mobilidade sustentável

A Iberdrola reforça sua estratégia por meio do seu Plano de Mobilidade Sustentável — iniciado em 2016 — graças ao desenvolvimento de políticas e ações concretas para mobilizar todos os atores envolvidos: administração, empresas, fabricantes de automóveis etc.

Como parte do seu compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente, e como recurso eficiente para a luta contra as mudanças climáticas, a companhia deseja promover e liderar a transição para a mobilidade sustentável e a eletrificação do transporte.

#ancla

 

PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

O Plano de Mobilidade Sustentável faz parte do compromisso assumido pela empresa em sua Política de Gestão Sustentável, que exige a implantação de políticas que promovam a exploração sustentável do propósito corporativo do grupo. Os objetivos dessa iniciativa são: reduzir as emissões, promover a eficiência energética, melhorar a qualidade de vida das pessoas nas áreas em que o grupo atua e conscientizar os colaboradores.

Ignacio Galán, presidente do grupo Iberdrola

Oferecemos aos nossos clientes soluções de recarga elétrica inteligente a um custo 10 vezes mais econômico que o do motor de combustão tradicional

Infografia_IB_Plan_Movilidad_Sostenible
#ancla

 VER INFOGRÁFICO: O Plano, em detalhes [PDF] Link externo, abra em uma nova aba.

PRINCIPAIS INICIATIVAS DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

Plano 'Smart Mobility'

A Iberdrola estabeleceu uma parceria com o Grupo BNP Paribas para revolucionar o mercado da locação de veículos na Espanha. Ambas as empresas chegaram a um acordo que inclui uma inovadora solução denominada Tudo incluído, através da qual pretendem responder a um dos segmentos com maior potencial de crescimento nos próximos anos: a eletrificação de frotas associadas às entregas do comércio online. A solução, destinada a particulares e empresas, integra em uma única oferta a locação de veículos elétricos por meio da empresa Arval, a instalação do ponto de recarga financiado pela BNP Paribas Leasing Solutions e o consumo de energia — em residências e vias públicas — para os quilômetros contratados e fornecidos pela Iberdrola.

A companhia assinou diferentes acordos com fabricantes de veículos para incentivar a mobilidade sustentável. Entre eles, se destacam os assinados com a Volvo Car España, com a SEAT e a Volkswagen Group España Distribución (VGED) e com a rede de concessionárias Quadis. Além disso, foi feita uma parceria com a Irizar e sua subsidiária, a Irizar e-mobility, para eletrificar as frotas de ônibus urbanos e incorporar infraestrutura de recarga.

A Iberdrola também está apostando nas motos elétricas e, junto com a Cooltra — com uma frota de mais de 7.500 motocicletas elétricas compartilhadas em toda a Europa — e a Inetum, instalará nas cidades onde estão presentes bancos de recarga inteligente capazes de acolher 20 carregadores cada um e baterias de motos multimarca. Os bancos estarão localizados em locais públicos como centros comerciais, parkings ou hubs de mobilidade.

Também, em setembro de 2020 o grupo assinou um empréstimo verde com o Instituto de Crédito Oficial da Espanha (ICO) no valor de 59,4 milhões para instalar 2.500 pontos de recarga em vias públicas na Espanha e Portugal. O plano de eletrificação de mobilidade da Iberdrola também tem o apoio da Comissão Europeia através de uma subvenção de 13 milhões de euros concedida à companhia no âmbito da convocatória CEF Transport Blending Facilities pela Innovation and Networks Executive Agency (INEA), que ajudará a financiar a instalação de 2.339 pontos de recarga rápidos, super-rápidos e ultrarrápidos para veículos elétricos na Espanha e Portugal até 2023. Essas novas estações de recarga estarão localizadas em vias de alta capacidade dos dois países e em pontos próximos das redes transeuropeias de transporte (Trans-European Transport Network - TEN-T).

Esses acordos fazem parte do Plano Smart Mobility, que inclui a instalação de pontos de recarga, assim como de uma tarifa especial para carregar os veículos com eletricidade de origem verde. O programa contempla a implementação de cerca de 150.000 pontos recarga de veículos elétricos — multiplicando por seis o plano inicial —, e dirige-se principalmente para residências Link externo, abra em uma nova aba. e empresas que desejam oferecer esse serviço para seus empregados ou clientes, assim como para espaços públicos urbanos. No fechamento do Primeiro semestre 2021, cabe destacar o aumento das contratações do Smart Mobility, que quase triplicaram nos últimos 12 meses.

Continue lendo

Hidrogênio verde para descarbonizar o transporte pesado

A Iberdrola lidera a criação de um corredor de hidrogênio verde na Comunidade Valenciana e na Região de Múrcia, que engloba a construção de três estações de recarga de hidrogênio em Valência, Alicante e Múrcia, com uma potência em eletrolisadores de 5 MW cada uma. Seu objetivo é produzir e abastecer de hidrogênio verde para frotas de transporte rodoviário pesado, frotas de ônibus intermunicipais e veículos industriais leves.

Recriação das estações de recarga de hidrogênio de Valência, Alicante e Murcia.
Recriação das estações de recarga de hidrogênio de Valência, Alicante e Murcia.

O projeto é complementar ao apresentado pela companhia em Saragoça, também orientado para o transporte, e ao que já está se desenvolvendo na Zona Franca de Barcelona, onde vai se construir e operar durante 10 anos uma estação de recarga de hidrogênio a ser utilizada pelos ônibus da Transports Metropolitans de Barcelona (TMB e outras frotas e indústrias no polígono.

A Iberdrola também lidera o projeto de desenvolvimento do primeiro Corredor do Mediterrâneo 100 % elétrico para o transporte rodoviário pesado, junto à empresa de transporte e logística Disfrimur e à empresa especializada em eletrônica de potência Ingeteam. O corredor passará pela região de Múrcia e pela Comunidade Valenciana, embora seus promotores pretendam estendê-lo para o resto de corredores de mercadorias da Espanha nos próximos anos.

A iniciativa inclui três âmbitos de atuação: a aquisição de caminhões pesados de até 40 toneladas 100 % elétricos; o desenvolvimento de infraestrutura de recarga pública, ou seja, tanto a instalação de pontos de recarga nas bases logísticas da Disfrimur, abertos também ao uso público, quanto em outras estações dotadas de carregadores de altíssima potência para o trajeto interurbano; e a implementação da rede elétrica inteligente para fornecer energia a esses carregadores, garantindo a máxima eficácia.

O maior corredor verde do Brasil

A Neoenergia, filial do grupo Iberdrola no Brasil, está desenvolvendo a maior eletrovia do país Link externo, abra em uma nova aba., que conectará as capitais de Salvador (Bahia) e Natal (Rio Grande do Norte), passando pelas cidades de Aracaju (Sergipe), Maceió (Alagoas), Recife (Pernambuco) e João Pessoa (Paraíba). O corredor terá mais de 1.100 quilômetros de extensão e contará com 18 pontos de recarga para veículos elétricos: doze serão de carga rápida e estarão localizados nas rodovias das seis capitais, enquanto os seis restantes, de carga média, serão instalados em zonas urbanas e shoppings. O projeto entrará em funcionamento em 2021.

Desenvolvemos o maior corredor verde do Brasil.

Desenvolvemos o maior corredor verde do Brasil.

A ScottishPower promove a mobilidade elétrica com o Projeto PACE

A ScottishPower, filial da Iberdrola no Reino Unido, colabora com o governo escocês no seu projeto mais importante para incentivar a mobilidade elétrica: o Projeto PACE.

Este plano criará mais de 40 centros de recarga de veículos elétricos em todo o condado de Lanarkshire (Escócia). O PACE Link externo, abra em uma nova aba. está testando um novo conceito de planejamento e implementação da infraestrutura de recarga dos veículos elétricos; para tal, a SP Energy Networks colabora com as prefeituras de North e South Lanarkshire e com a empresa Transport Scotland.

O CEO da SP Energy Networks, Frank Mitchell, com a ministra principal da Escócia, Nicola Sturgeon, no lançamento da associação estratégica no dia 29 de agosto de 2019.
O CEO da SP Energy Networks, Frank Mitchell, com a ministra principal da Escócia, Nicola Sturgeon, no lançamento da associação estratégica no dia 29 de agosto de 2019.

Na metade de seu percurso, a iniciativa já forneceu 82 MWh de energia aos veículos elétricos, o que significa realizar quase 300.000 milhas (mais de 480.000 km) com transporte limpo e sustentável. Se esta quilometragem tivesse sido realizada por veículos a gasolina e diesel, teriam sido emitidas até 50 toneladas de CO2, o que teria requerido 2.400 árvores para absorver o CO2 da atmosfera.

Iniciativas de atividade empresarial

A Iberdrola se tornou a primeira empresa espanhola em subscrever a iniciativa EV100 Link externo, abra em uma nova aba. de The Climate Group Link externo, abra em uma nova aba., englobada por empresas de todo o mundo comprometidas com acelerar a transição para os veículos elétricos (EV nas siglas em inglês) e com converter o transporte elétrico no novo standard até 2030.

Em função deste acordo, a Iberdrola eletrificará toda a sua frota de veículos na Espanha e no Reino Unido (3.500) e facilitará a recarga para seu pessoal até 2030. A nossa empresa já se comprometeu a instalar na Espanha até 16.000 pontos de recarga em residências e 9.000 nos centros de trabalho até 2021, assim como já começou a eletrificar seus veículos de menos de 3,5 toneladas Link externo, abra em uma nova aba. no Reino Unido.

A companhia também quer cumprir esses objetivos no Brasil, México e Estados Unidos, dependendo das características e da evolução dos mercados de EV em cada um desses países.

Continue lendo

Iniciativas para empregados

A Iberdrola renovou a iniciativa Veículo Elétrico para Empregados dentro do seu Plano de Mobilidade Sustentável, para que os colaboradores possam se deslocar de forma sustentável. Lançado em 2016, a iniciativa se estendeu ao Reino Unido beneficiando um maior número de colaboradores do grupo.

Continue lendo

Iniciativas para fornecedores

Em sua estratégia para a promoção do transporte sustentável e incentivar a eletrificação do transporte, a Iberdrola se tornou o sócio estratégico do IFEMA (Instituição de Feiras de Madri) para estimular com diferentes ações a mobilidade sustentável e um plano de transporte ao trabalho. A primeira das iniciativas foi a implementação — coincidindo com o início da COP25 — do primeiro estacionamento sustentável e público disponível em um recinto de feiras na Espanha. Este parking permite a recarga simultânea de 34 veículos elétricos e faz parte de outras iniciativas que ambas as entidades desenvolverão em conjunto, como é o caso da organização e participação em atividades para a divulgação e a promoção da mobilidade elétrica.

Continue lendo
#ancla

OUTRAS INICIATIVAS DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

  • SP Energy Networks, a subsidiary of the Iberdrola group's British subholding, has awarded £1.5 million to First Glasgow, Scotland's largest bus company, to put the first large electric buses into service in Glasgow. The two new vehicles will run the route between Milton and the city centre, serving over 200,000 passengers a year.

    Ônibus elétrico financiado pela SP Energy Networks.
    Ônibus elétrico financiado pela SP Energy Networks.

    Além disso, SP Energy Networks financiará durante três meses o ônibus que conecta vários museus da região — o único elétrico atualmente em funcionamento —, enquanto trabalha com os operadores para assegurar que o serviço continue sendo oferecido.

    A SP Energy Networks também concedeu financiamento à Community Transport Glasgow, a primeira organização de transporte cívico da Escócia, para substituir seus antigos veículos Diesel por uma nova frota de micro-ônibus elétricos e com baixas emissões de carbono para que atendam às necessidades de mobilidade de seus mais de 75.000 usuários idosos, deficientes e pessoas que façam parte de grupos vulneráveis.

    Esses subsídios fazem parte do fundo Green Economy Fund da empresa, que possui 20 milhões de libras para impulsionar a economia verde na Escócia.

  • O grupo energético internacional Iberdrola uniu-se ao Corporate Partnership Board Link externo, abra em uma nova aba. do Fórum de Transporte Internacional (International Transport Forum, ITF) para trabalhar em assuntos relacionados com a sustentabilidade, descarbonização do transporte, inovação e diversidade no quadro de pessoal.

    O ITF é uma organização intergovernamental composta por 60 países que facilita o diálogo global para melhorar o transporte. Atua como um think-tank para seus estados-membros e organiza uma conferência anual com os ministros do setor. O Corporate Partnership Board é a plataforma do ITF que foi criada para interagir com o setor privado e enriquecer o debate de políticas sobre o transporte global com uma perspectiva empresarial.

  • A Iberdrola se uniu a um grupo de trabalho inovador na Espanha, criado pela Universidade Pontifícia ICAI-ICADE Comillas com o objetivo de contribuir para a mudança do paradigma ambiental no setor de transportes.

    O Observatório de Veículos Elétricos e Mobilidade Sustentável (OVEMS) Link externo, abra em uma nova aba. oferecerá uma plataforma de coleta de dados rigorosa, pesquisa aplicada e avaliação técnica que pode ser usada como elemento de apoio durante o desenvolvimento e estabelecimento de padrões de viabilidade de mobilidade elétrica e sustentável na Espanha. Isso tudo será garantido com a experiência consolidada da da Escola Superior Técnica de Engenharia (Comillas ICAI) Link externo, abra em uma nova aba. e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IIT) Link externo, abra em uma nova aba. nos Setores de Energia e Eletricidade, bem como com a experiência do Comillas ICADE em negócios, legislação e assuntos fiscais e com todas as outras áreas da Universidade em relação à sociologia e psicologia. A universidade e especialistas externos vão atuar em parceria com o OVEMS e outras empresas e atores dos setores de transporte e energia.

    Suas principais áreas de atividade são:

    • Divulgação informações relacionadas a veículos elétricos e tecnologias de mobilidade sustentável com relatórios emitidos para indústrias e instituições.
    • Desenvolver teses de graduação ou mestrado para os diferentes títulos da Pontifícia Universidade Comillas.
    • Realização de diferentes eventos, como seminários, em parceria com a indústria, que serão usados como um centro para discussão e divulgação das últimas tendências de mobilidade sustentável.
    • Consolidação de um grupo de observação e pesquisa que participa de projetos de pesquisas nacionais e internacionais.

O FUTURO DA MOBILIDADE SUSTENTÁVEL URBANA

A mobilidade elétrica incentivará a poupança de energia via um transporte mais eficiente e limpo. Os espaços públicos serão beneficiados, pois não haverá fumaça. As pessoas também aproveitarão, pois ficarão livres da poluição associada ao transporte a gasolina ou diesel. A mobilidade elétrica é ecológica e responsável com o planeta. Contamos para você como será o transporte do futuro e O que é preciso para promover a mobilidade sustentável?

Plan_Movilidad_Sostenible_Logro_ODS_746x419_POR

O FUTURO DA MOBILIDADE SUSTENTÁVEL URBANA

A mobilidade elétrica incentivará a poupança de energia via um transporte mais eficiente e limpo. Os espaços públicos serão beneficiados, pois não haverá fumaça. As pessoas também aproveitarão, pois ficarão livres da poluição associada ao transporte a gasolina ou diesel. A mobilidade elétrica é ecológica e responsável com o planeta. Contamos para você como será o transporte do futuro e O que é preciso para promover a mobilidade sustentável?

Semana_Europea_Movilidad

Com a Semana Europeia da Mobilidade

Iberdrola apoia a Semana Europeia da Mobilidade, reafirmando seu compromisso com a mobilidade sustentável e a eletrificação do transporte como recursos eficientes para combater as mudanças climáticas.
Puntos_Recarga

Percorra a Espanha de ponta a ponta com seu veículo elétrico

A Iberdrola tem a intenção de instalar estações de recarga de veículos elétricos nas principais rodovias e autopistas da Espanha, bem como nos espaços de acesso público das principais cidades.
app_recarga

App de recarga colaborativa para veículos elétricos

A Iberdrola lançou o primeiro app completamente pensado para a recarga colaborativa de veículos elétricos. A solução coloca em contato os usuários de veículos elétricos com os proprietários de pontos de recarga que desejam alugá-los.

Estaciones autosuficientes de recarga de bicis en Madrid (Versão em español)

Iberdrola ha colaborado con la Empresa Municipal de Transportes de Madrid (EMT) y el Ayuntamiento de la ciudad en el diseño e instalación de las tres primeras estaciones autosuficientes de recarga de la red de bicicletas eléctricas de la capital, BiciMAD. (Versão em español)
bilbaobizi

Bilbau terá 100 novas bicicletas elétricas

A Iberdrola assinou um acordo com a BilbaoBizi para renovar uma parte das bicicletas municipais e construir um novo ponto de empréstimo em Larraskitu.
Coche eléctrico.

Alianza con Mercadona por la movilidad sostenible en Portugal (Versão em español)

Iberdrola ha instalado 40 puntos de recarga en 20 establecimientos de Mercadona situados en los distritos de Aveiro, Braga, Oporto y Viana do Castelo. (Versão em español)
Enchufe_Recarga

ScottishPower pisa no acelerador do transporte elétrico

A filial do grupo no Reino Unido colabora com comunidades e associações estratégicas para alcançar seus planos de emissões líquidas zero, está substituindo os veículos de sua frota por outros elétricos e incentiva seus funcionários a passarem para o veículo elétrico.
strathclyde

Primeiro centro de recarga pública em Strathclyde

A SP Energy Networks, filial da Iberdrola no Reino Unido, inaugurou o primeiro centro de recarga elétrica pública no parque nacional de Strathclyde, nos arredores de Glasgow. É o primeiro dos 40 centros previstos em colaboração com a associação PACE e o governo escocês.
Bicis_Trabajadores

Bicicletas elétricas para os trabalhadores essenciais

Durante a COVID-19, a rede de bicicletas elétricas de Glasglow presenteou os trabalhadores essenciais com quase 1.000 assinaturas mensais. A ScottishPower, filial da Iberdrola, é a patrocinadora dessa frota de bicicletas, a primeira na cidade.
Semana_Movilidad_Naturaleza

Mobilidade de emissão zero para todos

Iberdrola aderiu à Semana Europeia da Mobilidade 2020 (16-22 setembro), que neste ano abordou a importância de promover um ambiente urbano inclusivo e neutro em carbono para atingir os ambiciosos objetivos estipulados pelo European Green Deal.
Moving_For_Climate_Now

Moving for Climate NOW, a melhor iniciativa de divulgação

O projeto da Iberdrola Moving for Climate NOW foi reconhecido como a melhor iniciativa de divulgação na segunda edição dos Climate Leaders Awards, promovidos pelo The Climate Reality Project, pelo combate contra as mudanças climáticas.
Electrificacion

A eletrificação: fundamental para uma economia sustentável

O setor elétrico é o vetor energético disponível que melhor pode incluir as energias renováveis. Por essa razão, a Iberdrola apoia a descarbonização da economia por meio de uma maior eletrificação.
proyecto_zero

Os desafios da mobilidade sustentável

Mais pontos de recarga para veículos elétricos, espaços para a distribuição de mercadorias e coordenação público-privada são a chave para ter cidades mais sustentáveis, conforme apontado no terceiro encontro do Projeto Zero, organizado pela Iberdrola e pelo jornal El País.
Movilidad_Urbana

Para onde irá a mobilidade urbana?

O carro elétrico, a condução automática, a digitalização e a economia colaborativa mudarão profundamente a mobilidade nas grandes cidades.
Bici_Electrica

Bicicleta elétrica: o veículo elétrico mais vendido

As vendas de bicicletas elétricas não param de aumentar, e mais de 700 grandes cidades têm sistemas de bicicletas elétricas compartilhadas.
Carriles_Bici

Descubra as ciclovias do futuro

Por terra, mar ou ar, as ciclovias do futuro serão mais seguras para os ciclistas, ajudarão a reduzir a poluição e a evitar os inúmeros acidentes que acontecem atualmente.
#ancla

BENEFÍCIOS DA MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

Andar de carro elétrico tem numerosas vantagens para nosso ambiente e nossa saúde. Além disso, é dez vezes mais barato que um automóvel que funcione com combustíveis fósseis e pode ser recarregado na estrada em 20/30 minutos ou inclusive em casa. Traz consigo menores custos de manutenção e o pagamento de menos impostos (até 75 % de poupança em tributos). Também contribui para frear as mudanças climáticas e pode ir a qualquer lugar, sem restrições.

A IBERDROLA CONTRA AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS E SUA GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE

 Change the Change

 Centros educativos de energias renováveis

 Apoio aos acordos contra as mudanças climáticas

 Seleção Espanhola de Futebol Feminino e Sustentabilidade

 Gestão da sustentabilidade

 Índices de sustentabilidade

MUDANÇAS CLIMÁTICAS E TRANSPORTE

A seguir, no seguinte podcast nos explicam quanto contaminam os meios de transporte que funcionam com combustíveis fósseis e quais são as consequências das fumaças nocivas. Além disso, podemos ficar sabendo sobre os progressos dos meios de locomoção na história e as características de cada tipo de transporte. Descubra quais são os diferentes tipos de mobilidade sustentável e o que você pode fazer para lutar contra as mudanças climáticas.

Toda a informação sobre

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

O que é a mobilidade sustentável? Qual é seu objetivo?

O conceito de mobilidade sustentável se refere àquela que satisfaz as necessidades de se deslocar livremente, podendo estabelecer relações sem sacrificar valores ecológicos e humanos (atuais ou futuros). Visa melhorar a qualidade do ambiente, não só tomando como base a redução de emissões nocivas dos transportes, mas também pretende proteger pedestres, ciclistas e pessoas com mobilidade reduzida. Além disso, proporciona um acesso universal a lugares comuns por meio do transporte público e internaliza os custos socioeconômicos dos meios de locomoção.

O que é a mobilidade sustentável?

A mobilidade sustentável surge para contrapor os efeitos negativos ocasionados por um tipo de modelo de transporte que polui o ar, consome energia em excesso e prejudica a saúde dos cidadãos.

é um desafio energético e ambiental que ajudará a melhorar o bem-estar social, econômico e também o transporte nas cidades.

Estamos falando da forma mais ecológica possível de transporte: abandonar os combustíveis fósseis, responsáveis pela maior descarga de CO2 na atmosfera e culpados por 4,5 milhões de óbitos/ano, conforme os últimos relatórios. Para unir mobilidade e sustentabilidade, devemos apostar nos carros elétricos, no carsharing e nos meios de transporte público. Para que isto seja possível, são necessárias políticas de mobilidade pensadas para o respeito ambiental e a implementação de um plano de mobilidade que aposte na frota verde, nas restrições nos núcleos urbanos de veículos poluentes e na construção de vias e circuitos para veículos não motorizados.

Qual é o plano de mobilidade sustentável proposto pela Iberdrola?

A Iberdrola deseja liderar a transição para a mobilidade sustentável e a eletrificação do transporte. Para tal, oferece diferentes vantagens aos seus Stakeholders por meio do Plano de Mobilidade Sustentável Iberdrola. Situado no âmbito de sua Política de Gestão Sustentável, este plano estratégico de mobilidade realiza mais de 20 ações para promover o uso da energia limpa e terminar com as emissões de carbono dos veículos tradicionais que funcionam com combustíveis fósseis. Entre suas ações, se destacam aquelas que estão dirigidas aos seus funcionários: ajudas para adquirir um veículo elétrico, oferta de transporte coletivo, carpooling e incentivo do uso da bicicleta, entre outras. Do mesmo modo, em sua atividade empresarial também se inclui a frota verde, pontos de recarga elétrica em centros de trabalho, Serviço de Mobilidade de Operações e serviço carsharing, entre outros. O plano também oferece várias vantagens para seus clientes e fornecedores: o serviço de fatura eletrônica, que evita gastos de papel e tinta e anula as emissões derivadas dos transportes para entregar as faturas. E a calculadora de CO2, pensada para controlar estas últimas. Além disso, a Iberdrola está implementando para seus clientes o Plano Smart Mobility, que aposta na mobilidade elétrica (inclui tarifas especiais e a maior rede de estações de recarga rápida para veículos elétricos nas principais rodovias da Espanha).

Em que consiste o plano de mobilidade elétrica da Iberdrola?

A Iberdrola aposta na mobilidade elétrica via seu Plano Smart Mobility, que oferece uma mobilidade alternativa e coloca à disposição do interessado as últimas inovações em recargas para carros elétricos.

Percorrer a Espanha de ponta a ponta com um carro elétrico já é uma realidade graças à recarga rápida deste plano para veículos elétricos. O Plano Smart Mobility inclui a instalação de pontos de recarga, assim como de uma tarifa especial para carregar os veículos com eletricidade de origem verde. Inclui a instalação de quase 150.000 pontos de recarga e está pensado para todo o tipo de residências e empresas que apostam na mobilidade alternativa. A ideia é também disponibilizar este serviço a seus funcionários e clientes.

Os usuários podem realizar a recarga, quer sejam clientes ou não da Iberdrola, com o aplicativo para dispositivos celulares que a empresa desenvolveu: o app Recarga Pública Iberdrola. Os motoristas poderão geolocalizar, reservar e pagar suas recargas com o celular. O aplicativo possui um mapa verificado de todos os carregadores em via pública na Espanha (atualmente mais de 3.600 carregadores da Iberdrola e de outros operadores em 1.200 localizações).

Em que ponto está a mobilidade elétrica hoje em dia?

Os especialistas automotivos parecem coincidir em que o setor irá evoluir mais nos próximos cinco anos que na última metade do século. Cada vez são mais as ajudas para carros elétricos feitas pelos governos (Plano Moves na Espanha, por exemplo) e as restrições para veículos poluentes nos núcleos urbanos forçam a inevitável chegada do transporte elétrico. As vendas de veículos ligeiros elétricos puros seguem subindo, tendo em conta as novas medidas europeias de emissões de CO2: o número de emplacamentos de transporte elétrico deverá aumentar, pois parece ser a única opção para não ultrapassar as emissões de CO2 permitidas (atualmente são 95 g/CO2, mas em 2030 terão que se reduzir até 65).

Do mesmo modo, nos diferentes núcleos urbanos ao redor do mundo, existem à disposição dos habitantes opções de veículos com emissões zero para que se movam livremente (carros elétricos, bicicletas, patinetes) com preços módicos. A frota elétrica pública das cidades é cada vez maior e os pontos de recarga para este tipo de veículos crescem de forma exponencial.

Nós lhe contamos como será a mobilidade do futuro.

Quais são as boas práticas que podem ser promovidas para uma maior mobilidade sustentável?

Qualquer prática que quiser unir mobilidade e sustentabilidade deve apostar na promoção do transporte público, nos veículos não motorizados e na diminuição do uso do carro privado. Para ajudar a diminuir os índices de poluição ambiental, estas medidas são necessárias, pois este tipo de transportes são mais ecológicos e mais sustentáveis. O transporte público gera um impacto muito menor e a bicicleta, o patinete e outros veículos não motorizados, um impacto nulo.

Caso a escolha seja o veículo próprio, a decisão deveria ser por veículos elétricos (e-mobilidade) ou híbridos. Atualmente, existem diferentes ajudas para carros sustentáveis. A Iberdrola oferece o Plano de Veículo Elétrico, que além de ser ecológico com o planeta, é mais barato (90 % de poupança no consumo se comparado com um veículo diesel ou a gasolina).

O setor do transporte deve participar das boas práticas para uma maior mobilidade sustentável: mudando suas frotas para veículos com emissões zero ou reorganizando o modelo (incentivando o carsharing, por exemplo).

Que ajudas podemos receber para adquirir um carro elétrico?

Recentemente, o Governo da Espanha lançou o Programa de Incentivos à Mobilidade Eficiente e Sustentável, conhecido como Plano Moves 2020. Concebido para gerenciar ajudas para a compra de veículos com emissões zero, o plano tem uma dotação de 100 milhões de euros e concede até 5.500 euros àqueles cidadãos que descartem seus carros velhos e poluentes e se decidam por um veículo elétrico. O Moves também subvenciona aportes para a compra daquelas pessoas que se decidam por um híbrido com conexão elétrica.

Em termos privados, são várias as empresas que oferecem a seus stakeholders importantes ajudas e subvenções para adquirir um carro elétrico. No caso da Iberdrola, o Plano de Mobilidade Sustentável disponibiliza ajudas econômicas para seus funcionários que queiram um veículo não poluente e formação em mobilidade sustentável. Além disso, a empresa instalou uma boa infraestrutura de recarga: em toda a Península Ibérica, já existem cerca de 150.000 pontos de recarga de veículos elétricos, com um app para todas as necessidades.

Em que consiste o plano de colaboração entre a Iberdrola e o OVEMS (Observatório do Veículo Elétrico e da Mobilidade Sustentável)?

Com o objetivo de contribuir para a mudança de paradigma ambiental no transporte, a Iberdrola se uniu ao Observatório do Veículo Elétrico e da Mobilidade Sustentável (OVEMS), criado pela Universidade Pontifícia de Comillas ICAI-ICADE. Este observatório faz pesquisas aplicadas, sendo uma plataforma de dados que realiza avaliações técnicas para dar suporte e acompanhar o desenvolvimento e a viabilidade da mobilidade elétrica e sustentável na Espanha.

Esta associação nacional de mobilidade sustentável conta com especialistas da própria universidade e outros em colaboração com empresas e agentes dos setores do transporte e da energia. Entre suas principais funções, está a divulgação de tecnologias do veículo elétrico e a mobilidade sustentável, a promoção de teses de final de curso e mestrados, a realização de eventos e a consolidação de um grupo de observação e pesquisa para projetos de âmbito nacional e internacional.

A importância da gestão do transporte para o meio ambiente

Os meios de locomoção são imprescindíveis para a nossa liberdade de movimentos e desempenham um papel essencial para a sociedade e a economia. Porém, o transporte é responsável por uma grande parte das emissões de gases de efeito estufa na atmosfera. Portanto, sua contribuição às mudanças climáticas é significativa.

Outros setores, produtores de energia e indústria, começaram a reduzir suas emissões em 1990; mas não podemos dizer a mesma coisa do transporte que, pelo contrário, as aumentou. Os meios de transporte provocam sérios impactos ambientais e a gestão ecológica do transporte para o cuidado do meio ambiente é ainda um assunto pendente (embora o paradigma esteja começando a mudar). é verdade que a poluição atmosférica provocada pelo transporte diminuiu um pouco na última década devido principalmente a novas normas que regulam a qualidade do combustível e regras europeias que controlam as emissões dos veículos. Mas a poluição segue sendo elevada.

Para que deixemos de ver as manchas semicirculares de poluição características dos núcleos urbanos, devemos realizar uma boa gestão da mobilidade que aposte na mobilidade sustentável. Apostar nos veículos elétricos, no carsharing, nos transportes não motorizados e nos transportes públicos. Só assim conseguiremos esses efeitos ecológicos que queremos, terminaremos com a poluição ambiental e poderemos falar de desenvolvimento sustentável.