PROJETOS SOCIAIS E SENSIBILIZAÇÃO

Destinamos mais de um milhão de euros ao nosso Programa Social 2021

Mais de 30 projetos foram selecionados na nona edição do Programa Social da Iberdrola, que é dirigido aos grupos sociais mais vulneráveis com o objetivo de criar parcerias com entidades sem fins lucrativos que contribuam para atingir metas concretas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O Programa Social 2020 escolheu 33 projetos para desenvolvê-los com 47 entidades sociais.

O Programa Social 2021 escolheu 34 projetos dedicados a pessoas em situação de vulnerabilidade afetadas pela crise da COVID-19, aos quais destinará 1,2 milhão de euros que beneficiarão aproximadamente 50.000 pessoas.

A edição deste ano priorizou a ajuda a um dos grupos sociais mais vulneráveis durante a pandemia: a infância. Cerca da metade (43 %) dos projetos selecionados se destinam a combater a pobreza infantil e promover uma educação inclusiva.

Uma quarta parte (23 %) tem como objetivo a inclusão social e profissional de pessoas com deficiências e os restantes projetos selecionados (17 % em cada categoria) se dividem entre os que foram pensados para combater a desigualdade e a violência de gênero e os que visam o âmbito da saúde e do bem-estar.

COMPROMETIDOS COM OS ODS DA ONU

A iniciativa responde ao compromisso do grupo Iberdrola com a sociedade e está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas para 2030, integrados à estratégia empresarial da empresa. O Programa Social da Iberdrola concentra, de forma mais específica, seus esforços no cumprimento dos objetivos número 1 (fim da pobreza), número 3 (saúde e bem-estar), número 4 (educação de qualidade), número 5 (igualdade de gênero) e número 10 (redução das desigualdades).

De sua criação em 2010, o Programa Social da Fundación Iberdrola España destinou mais de dez milhões de euros a iniciativas sociais no país e ajudou um total de 375.000 pessoas. Além disso, permitiu criar 1.300 empregos direitos (230 neste ano), além da participação de 2.250 voluntários.

III PRÊMIOS IBERDROLA À COOPERAÇÃO ENERGÉTICA INTERNACIONAL

A Iberdrola e a associação empresarial Club de Excelencia en Sostenibilidad entregaram em novembro de 2019, pelo terceiro ano consecutivo, os Prêmios Iberdrola à Cooperação Energética Internacional, os quais estão em consonância com o objetivo 7.1 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Ditos prêmios reconhecem projetos que garantem o acesso universal a serviços energéticos acessíveis, confiáveis e modernos.

Os ganhadores foram:

  • Ferrovial — categoria Setor Privado: Grande Empresa e PME — pelo seu projeto Binômio Água-Energia, que consiste na reabilitação e ampliação de um aqueduto e na instalação de um sistema de bombeamento solar fotovoltaico com o objetivo de reconstruir a paz em El Salado (Colômbia).
  • Instituto Tecnológico de Canarias — categoria Setor Público: Administração e Empresas Públicas — pelo projeto Clima-RISK (Adaptação às mudanças climáticas, prevenção e gestão de riscos), uma iniciativa de cooperação técnica e institucional entre as ilhas Canárias e Mauritânia, Senegal e Cabo Verde para fortalecer as capacidades logísticas e de gerenciamento de riscos no caso de desastres ambientais nestes países da África.
  • Obra Social 'la Caixa' — categoria Terceiro Setor: organizações sem fins lucrativos e não governamentais — pelo seu programa Work4Progress, que promove microempresas de transporte com triciclos ou rickshaws que funcionam com energia elétrica, liderados e dirigidos por mulheres.
    A Fundação EKI recebeu uma menção especial nesta categoria pelo seu programa de fornecimento, financiamento — 20 anos sem juros — e instalação de sistemas solares fotovoltaicos para escolas e centros de saúde na África Subsaariana.

PRÊMIOS IBERDROLA PARA A SOLIDARIEDADE 2019

A Iberdrola realizou no dia 28 de novembro de 2019 a sua Jornada Solidária, onde o Presidente do Grupo, Ignacio Galán, e o Presidente da Fundação Iberdrola, Fernando García entregaram os III Prêmios Iberdrola à Solidariedade em reconhecimento ao trabalho feito por algumas das associações com as quais a empresa colabora. A jornada reuniu 18 de entidades sociais num debate sobre O risco da exclusão social no caso de uma desaceleração econômica.

Neste ano os prêmios foram para as seguintes instituições:

  • Luta contra a pobreza e a exclusão social: llunday Haritz Berri.
  • Redução das desigualdades e educação inclusiva: Fundação Down Madrid.
  • Saúde e Bem-estar: Fundação Caballo Amigo.

 

PRINCIPAIS PROJETOS E INICIATIVAS

  • Contra o câncer

    O grupo Iberdrola está firmemente comprometido com a luta contra esta doença e trabalha com diferentes organizações para a difusão de campanhas de informação e conscientização, com o objetivo final de aumentar a ajuda necessária para continuar as pesquisas contra o câncer.

    CORRIDA CONTRA O CÂNCER

    Na Espanha, a Iberdrola voltou a unir-se com a Associação Espanhola Contra o Câncer (AECC) como principal patrocinadora da IX "Valladolid En Marcha" (IX Valhadolid em Movimento), realizada no último domingo, dia 08 de novembro. A corrida começou no dia 25 de outubro e é #ACorridaMaisLonga até o momento, pois supera os 10.300 quilômetros virtuais, o que significa o mesmo número de pessoas inscritas. Você pode colaborar adquirindo a camiseta de edição limitada na loja tienda.aecc.es/camiseta-valladolid/.

    A passada VII Corrida Madri Em Ação Contra o Câncer e a COVID-19 levantou 60.000 € para o atendimento de pacientes oncológicos afetados pelo coronavírus. De 19 a 25 de abril, as 10.000 pessoas inscritas nesta iniciativa puderam, desde suas casas, participar dos desafios diários e compartilhar o resultado em seus perfis em redes sociais, o que tornou esta prova solidária a mais longa da história.

    AECC.

    VII Corrida Madri Em Ação Contra o Câncer e a COVID-19.

    Esta ação faz parte do acordo de colaboração com a Associação Espanhola Contra o Câncer (AECC), que Iberdrola renovou até 2021 e que tem como objetivo principal a pesquisa para um melhor diagnóstico e tratamento do câncer, além de realizar outras atividades de conscientização como as corridas contra o câncer.

    DIA INTERNACIONAL DE COMBATE AO CÂNCER DE MAMA

    Por ocasião do Dia Internacional de Combate ao Câncer de Mama, comemorado no dia 19 de outubro, o grupo Iberdrola expressa seu compromisso com essa iniciativa de conscientização e prevenção através de diferentes ações. "Queremos visibilizar essa doença que afeta tantas pessoas e reafirmar nosso compromisso de continuar contribuindo para a pesquisa oncológica", afirmou o presidente da companhia, Ignacio Galán.

    As atletas das 16 federações que a Iberdrola apoia alertam sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama.

    As atletas das 16 federações apoiadas pela companhia gravaram um vídeo alertando sobre a importância de fazer revisões periódicas para a detecção precoce do câncer de mama. Sob o lema A prevenção salva vidas, os funcionários da Iberdrola também vestiram a camiseta rosa nos escritórios de Madri para mostrar o apoio das #PessoasIberdrola na luta contra essa doença que, segundo a Associação Espanhola Contra o Câncer (AECC), é o tumor mais frequente nas mulheres ocidentais.

    A prevenção salva vidas.

    Sob o lema 'A prevenção salva vidas', os colaboradores da Iberdrola se vestiram de rosa para mostrar o apoio das #PessoasIberdrola na luta contra o câncer de mama.

    Além disso, a Torre Iberdrola de Bilbau e o Campus Iberdrola foram iluminados com essa cor.

    Campus Iberdrola e a Torre Iberdrola.

    O Campus Iberdrola e a Torre Iberdrola de Bilbau foram iluminados em rosa para expressar o compromisso do grupo na luta contra o câncer de mama.

    OUTRAS INICIATIVAS CONTRA O CÂNCER

    Também no âmbito desse convênio, a Iberdrola lançou em 2016. Juntos contra o câncer, uma iniciativa solidária e pioneira na Espanha, pela qual a companhia elétrica oferece aos seus clientes a possibilidade de colaborar mensalmente com a AECC através de sua conta de eletricidade ou de gás. Além disso, a Iberdrola se compromete a contribuir com a mesma soma de dinheiro escolhida pelo cliente, que pode ser de 0,25, 0,50 ou 1 euro ao mês. A campanha foi pensada para os clientes da Iberdrola na Espanha que estão no mercado livre, aproximadamente 7,5 milhões.

    Juntos contra o câncer, reforçando nosso compromisso. Locução do vídeo (versão em espanhol) [PDF]

    Após o primeiro ano em funcionamento, a empresa conseguiu a adesão de cerca de 78.000 clientes para essa ação.

    No Brasil, a Neoenergia comemora desde a década de 1990 o chamado outubro rosa, um mês onde as pessoas, instituições, ONGs, empresas e monumentos da filial brasileira adotam a cor rosa como forma de fortalecer a campanha de prevenção e conscientização sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama.
     

    Cristo.


    No Reino Unido, a ScottishPower colabora com a Cancer Research UK para arrecadar fundos para a cura de qualquer forma de câncer. Essa colaboração garantiu a arrecadação de 20 milhões de libras, graças a uma ampla gama de iniciativas e eventos, entre os quais se destacam: o patrocínio de A race for life e Stand Up for Cancer, as taxas do Help Beat Cancer e os aportes de inúmeros colaboradores e fornecedores.

  • Contra a violência de gênero

    A Iberdrola se junta ao Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher, comemorado no dia 25 de novembro, com a campanha Não se cale, onde atletas das federações que a empresa apoia chamam a atenção para a necessidade de denunciar os casos de violência de gênero que presenciarmos, ligando para o número 016.

    Não se cale. Se presenciar violência de gênero, ligue para o número 016 e denuncie.

    Em 2018, a Iberdrola colaborou na campanha Não olhe para o outro lado, implementada pelo Ministério do Interior para conscientizar todos os cidadãos sobre a necessidade de combater e prevenir esse problema social.

    A campanha foi apresentada pelo ministro do Interior, Fernando Grande-Marlaska, junto à diretora de Compliance da Iberdrola, Dolores Herrera. "Todos temos que tornar nosso o lema dessa campanha — "Não olhe para o outro lado" — e deixar de sermos testemunhas para sermos protagonistas ativos, neste caso, da conscientização, para tentar acabar com esse grave problema social", declarou Herrera.

    Iberdrola contra a violência de gênero

    O ministro do Interior, Fernando Grande-Marlaska, apresentou a campanha junto à diretora de Compliance da Iberdrola, Dolores Herrera (ao centro).

    A campanha "Não olhe para o outro lado" é uma iniciativa pioneira de realidade virtual promovida pelo Ministério do Interior e pelo Ministério da Presidência, por meio da Delegação contra a Violência de Gênero, composta por três vídeos gravados em tecnologia 360º. Os vídeos mostram diversas formas de maus-tratos à mulher, o que permite que o espectador seja testemunha ativa dos fatos. Acolaborou com sua execução.

    A campanha é composta por três vídeos. Neles, o espectador assume a perspectiva da vítima, dos jovens e das testemunhas. Locução do vídeo (versão em espanhol) [PDF]

    A Iberdrola fomenta a igualdade em todos os níveis, assim como a proteção e o empoderamento das mulheres, já que essa questão é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável prioritários para se alcançar uma sociedade melhor para todos.

    A empresa aderiu à iniciativa Empresas por uma sociedade livre de violência de gênero, lançada pela Delegação do Governo contra a Violência de Gênero em 2012, com o objetivo de aproveitar o potencial que a empresa tem como agente de conscientização social.

    Da mesma forma, em sua Política de igualdade de oportunidades e conciliação, a Iberdrola inclui uma seção dedicada à luta contra a violência de gênero por meio do estabelecimento de programas específicos que, além de acompanhar e proteger as vítimas, incluem medidas de proteção, apoio e informação.

  • Com as mulheres e as meninas na ciência

    A Iberdrola colabora com a Universidade de Salamanca (USAL) no dia 11 de fevereiro na comemoração do Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência. Pelo terceiro ano consecutivo, em 2020 a companhia acompanha mais uma vez a universidade na elaboração de um variado e amplo programa de atividades composto por, entre outros, palestras de divulgação, exposições, visitas a centros de pesquisa, encontros científicos e exposições.

    As atividades — que se estenderão até o dia 28 de fevereiro — estão pensadas para todos os públicos e acontecerão nos diferentes centros de pesquisa da USAL e instituições interessadas, com o objetivo de reivindicar o papel das mulheres ao longo da história, assim como suas contribuições no campo da ciência e da pesquisa.

    Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciencia na USAL.

    Apresentação do programa de atividades do Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência na USAL.

    Entre as atividades, se destacam a exposição Mulheres que mudaram a história, onde a artista Pilar Vega Pérez mostra os rostos e dá nomes a muitas das mulheres que, durante os séculos, transformaram o nosso mundo em âmbitos como a política, escritura, música, esporte, cinema, literatura ou ciência.

    O colóquio Encontros rápidos com pesquisadoras oferecerá a possibilidade de participar de diferentes mesas para falar com pesquisadoras e poder comentar seus trabalhos e resolver dúvidas. Da mesma forma, o grupo de pesquisa Grial e o Observatório de Conteúdos Audiovisuais promoveram um Café da manhã com cientistas, onde alunos de ensino secundário encontrarão várias pesquisadoras da Universidade de Salamanca. A I Jornada Mulher na ciência: apresentação e análise de projetos fará uma seleção de projetos nacionais para o incentivo das vocações científicas entre as meninas.

    Os meninos também poderão participar de atividades como a visita-workshop Uma letra, uma história — onde realizarão um jogo como método de aprendizagem das profissões importantes que desempenharam as mulheres ao longo dos anos — ou o acampamento urbano Dias sem colégio, onde será revelada aos meninos uma seleção de mulheres cientistas relevantes.

    Além disso, a Iberdrola colaborou mais um ano com a Universidade do País Basco (UPV / EHU) na realização de um vídeo que destaca a falta de referências femininas na ciência.

    'Somos capazes', vídeo em colaboração com a UPV/EHU.

    A Iberdrola mantém uma aposta firme nos profissionais e equipes como uma das chaves do seu sucesso e tenta construir um marco favorável de relações baseado na igualdade de oportunidades entre homens e mulheres e na não discriminação. A Companhia tem uma Política de Igualdade de Oportunidades e Conciliação e desenvolve numerosas iniciativas para a conciliação profissional e familiar, com o objetivo de aumentar a presença feminina no setor energético e potencializar seu desenvolvimento integral.

  • Infância vulnerável

    As ONGs Save the Children e Médicos do Mundo acabam de abrir em Nuadibu (Mauritânia) o Centro de Proteção e Integração Social da Infância, o que foi possível graças ao financiamento da Iberdrola. O centro tem capacidade para atender 100 meninos e meninas vulneráveis, que são identificados e recebem ajuda para suas necessidades educativas.

    Entre os meninos e meninas favorecidos pelo centro há aqueles que fugiram de casa ou desejam emigrar, meninas em servidão doméstica, etc. O diretor da Fundação Iberdrola España, Ramón Castresana, destaca a importância de estabelecer parcerias multiagenstes para promover o desenvolvimento sustentável e avaliar os impactos positivos da iniciativa.

  • Com a Fundação Down Madrid

    Pelo quarto ano consecutivo, o Programa Social Iberdrola 2018 selecionou o projeto desenvolvido pela Fundação Down Madrid para aumentar a inclusão no mercado de trabalho dos jovens com deficiência intelectual e síndrome de Down. Graças ao apoio que a Iberdrola presta por meio de sua fundação na Espanha, desde o ano de 2014, foram beneficiados 300 jovens, que concluíram sua formação no centro ocupacional que a Down Madrid tem em Tres Olivos, na zona norte da capital.

    O presidente da Fundação Iberdrola España, Fernando García, e o diretor da Fundação Iberdrola España, Ramón Castresana, visitaram as instalações junto à presidente da Fundação Down Madrid, Inés Álvarez, e ao diretor do centro, José Manuel Araque. Lá, eles puderam comprovar a formação que recebem diariamente cerca de 60 jovens deficientes (de 22 a 35 anos) intelectuais e com risco de exclusão social.

    Cerca de 60 jovens com síndrome de Down recebem formação para ingressarem no mercado de trabalho. Locução do vídeo (versão em espanhol) [PDF]

    Por meio de uma metodologia de empreendimento social, a organização potencializa o desenvolvimento pessoal dos participantes do programa, oferecendo oportunidades de inclusão social por meio do trabalho. Graças aos cursos que recebem, esses jovens podem complementar a formação regulamentar estipulada e conseguir uma melhor preparação para o mercado de trabalho.

  • Com a Fundação Tomillo

    A Iberdrola, em colaboração com a Fundação Tomillo, realiza — desde 2012 — o projeto educativo "Luzes e Ação", que complementa a Formação Profissional Básica (FPB) de Eletricidade, Administração de Empresas e Informática de jovens estudantes madrilenos. A iniciativa busca aumentar suas possibilidades de inserção no mercado de trabalho e de empregabilidade.

    Além disso, todos os alunos reforçarão seus conhecimentos de inglês, um fator essencial para construírem seu futuro rumo à inserção no mercado de trabalho. Com esse projeto, a empresa reforça seu compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável número 4 (Educação de qualidade), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico) e 10 (Redução das desigualdades).

    Ignacio Galán con alumnos del proyecto 'Luces y Acción'.

    Ignacio Galán com alunos do projeto "Luzes e Ação".

    Por meio do programa de Voluntariado Corporativo da Iberdrola, diferentes profissionais da empresa das áreas de distribuição, geração e comercial, recursos humanos e prevenção de riscos ocupacionais participam da formação dos alunos, oferecendo aulas das matérias de Geração e Distribuição Elétrica, Eficiência Energética, Comunicação e Relação com o Cliente, Inserção no Mercado de Trabalho e Prevenção de Riscos Ocupacionais.

    Além disso, a Iberdrola colabora com a Fundação Tomillo em outro projeto educativo: Los Olivos (conjunto habitacional em Madri), que tem o objetivo de ajudar as crianças da região com diversas dificuldades para que melhorem seu desempenho na sala de aula, desenvolvam seu potencial e concluam com sucesso sua escolarização.
     

    Aluno da Fundação Tomillo Locução do vídeo (versão em espanhol) [PDF]

   

(*) Disponível na versão em espanhol.