Notícia

29.04.2021

O grupo Renault assina uma parceria com a Iberdrola para alcançar a pegada zero de carbono em suas fábricas

O Grupo Renault e a Iberdrola assinaram hoje um acordo de colaboração estratégico que implementará projetos destinados à redução de emissões de CO2 no consumo energético da Renault na Espanha e Portugal. Com base nesse acordo, a Iberdrola fornecerá ao fabricante energia verde de longo prazo, implantará soluções de eletrificação de calor e eficiência energética, analisará projetos renováveis on-site, assim como a eletrificação da mobilidade e da utilização de um segundo ciclo de baterias. A parceria permitirá que a Renault trabalhe o objetivo de alcançar a Pegada Zero de Carbono, conforme consta em seu Plano Estratégico Renaulution, o que possibilitará a utilização de energia elétrica verde em suas fábricas ou o uso do Big Data na gestão das eficiências energética, entre outras muitas coisas. O acordo reforça sua estratégia de liderança na eletrificação e demonstra como a descarbonização contribui para tornar um país mais competitivo e resiliente.

A Renault, empresa do setor automotivo líder indiscutível em veículos eletrificados, e a Iberdrola, companhia energética líder global em energias renováveis, assinaram uma parceria estratégica para a descarbonização das instalações da Renault durante os próximos três anos. O Grupo Renault na Espanha dá um passo firme no sentido de contribuir para o objetivo do Grupo Renault em âmbito internacional de reduzir em 50% as emissões geradas por suas instalações em todo o mundo até 2030. A Iberdrola, por sua vez, reforça assim seu papel ativo na estratégia de descarbonização da indústria e da economia.

José Vicente de los Mozos, diretor industrial do Grupo Renault e presidente diretor-geral da Renault Iberia, e Ignacio Galán, presidente da Iberdrola, assinaram nesta manhã nas instalações da fábrica de Carrocerias e Montagem da Renault em Valhadolid (Espanha) um acordo de colaboração entre ambas as empresas que alicerça as bases para a consecução da Pegada Zero de Carbono nas instalações da Renault.

Essa parceria permitirá que a Iberdrola se converta em fornecedora de energia renovável do fabricante automotivo através da assinatura de um acordo de longo prazo para 100% do consumo energético da Renault na Espanha. Da mesma forma, trabalharão conjuntamente em iniciativas como a eletrificação do calor dos processos térmicos, na análise de possíveis eficiências na gestão energética das instalações através do Big Data, na implantação de projetos renováveis on-site (usinas fotovoltaicas e eólicas em suas instalações), assim como na reutilização de baterias de veículos elétricos para armazenamento de energia e utilização no fornecimento energético à Renault.

Contempla-se também a análise e concepção de soluções de mobilidade elétrica e recarga tanto para uso interno das frotas próprias nas instalações quanto para carga vinculada (veículos de funcionários, terceiras empresas e clientes finais). No caso da carga vinculada, tais soluções serão integradas e oferecidas no âmbito do procedimento ZE READY TO CHARGE desenvolvido pelo Grupo Renault.

José Vicente de los Mozos, diretor Industrial do Grupo e presidente diretor-geral da Renault Iberia, comentou: “O Grupo Renault acredita firmemente em sua responsabilidade com o meio ambiente, portanto, um de seus objetivos é conseguir a pegada zero de carbono em suas fábricas, tornando-nos na empresa do setor automotivo mais comprometida com o meio ambiente. Para tal, a empresa estabeleceu acordos como o que assinamos hoje com a Iberdrola e que nos permitirá reduzir as emissões de CO2 de nossas instalações de uma forma inovadora e em linha com a tecnologia 4.0 com a qual já estamos funcionando. na empresa do setor automotivo mais comprometida com o meio ambiente. Ações como esta nos permitem continuar trabalhando para a competitividade futura de nossas instalações industriais”.

Para Ignacio Galán, presidente da Iberdrola, , o acordo demonstra o compromisso de ambas as empresas com a descarbonização. “Compartilhamos a mesma visão para alcançar uma economia livre de emissões e temos o mesmo objetivo. Hoje unimos nossas forças para reduzir, não só as emissões dos veículos durante sua vida útil, mas também as geradas durante sua fabricação. Estas serão as primeiras instalações de fabricação de automóveis neutras em carbono, com fornecimento de energia renovável, eletrificação do calor, segundo ciclo de vida de baterias e com a possibilidade de utilizar outras tecnologias, como é o caso do hidrogênio verde. Com parcerias como a anunciada hoje, a Iberdrola e a Renault disponibilizam seus recursos e conhecimentos a serviço de uma sociedade mais sustentável”, explicou.

Uma vez assinado o acordo, Galán e José Vicente de los Mozos visitaram as instalações onde são montadas as baterias dos veículos híbridos produzidos em Valhadolid e Palência (Espanha). Além disso, percorreram a linha de montagem da Fábrica de Carrocerias e Montagem onde se produz o Renault Captur híbrido eletrificado. Para finalizar, visitaram o Centro PD&I de Valhadolid que, com as adjudicações do plano estratégico Renaulution, terá responsabilidades sobre todos os novos produtos eletrificados que serão produzidos nas instalações espanholas.

Acesso a informação legal