NotíciaVolver

28/04/2020

Iberdrola acorda com os sindicatos o processo de regresso escalonado de seus funcionários

  • O marco de atuação satisfaz as premissas de segurança e saúde dos trabalhadores e o caráter essencial do serviço prestado pela Companhia à sociedade. Tudo isto com a perspectiva de facilitar a conciliação da vida pessoal e profissional

A Iberdrola e todos os sindicatos com representação na empresa chegaram a um acordo unânime sobre o Plano de Reintegração dos trabalhadores da Companhia na Espanha. Seu propósito é minimizar o risco de exposição no contexto da crise sanitária da COVID-19 e abarca três âmbitos: higiene, EPIs e distância interpessoal.

As medidas do acordo - que se somam às mais de 150 já implantadas - começariam a ser aplicadas, em princípio, a partir do dia 11 de maio* e conforme ao calendário e às diretrizes do governo. Ditas medidas garantem a consecução de duas premissas básicas para a Companhia: a segurança e a saúde dos seus trabalhadores e o caráter essencial do serviço prestado pela sociedade, facilitando, na medida do possível, a conciliação entre a vida pessoal e profissional. As medidas, que se adaptarão a condições e regulamentações específicas, evoluirão em conformidade com a crise sanitária.


Trabalho remoto, distância interpessoal de segurança e elementos de proteção

Entre as medidas acordadas para o regresso escalonado, o acordo estabelece a manutenção do home office rotativo para mais de 70% do pessoal, bem como a garantia da distância interpessoal de segurança entre postos de dois metros. Para tal, a Companhia concebeu uma distribuição específica em cada centro. Da mesma forma, seguirá fornecendo máscaras e outros equipamentos de proteção aos funcionários que precisem no exercício de seu trabalho.

As medidas de proteção funcionarão também nos espaços comuns, com o fechamento temporário de serviços não essenciais, como é o caso das cantinas, lanchonetes, etc. Além disso, serão instaladas divisórias naqueles postos de trabalho de atendimento ao público.


Sinalética e recomendações 

Em todos os centros de trabalho serão instalados cartazes e sinais com informações sobre as regras básicas de proteção. Estarão relacionadas com a manutenção da distância de segurança interpessoal, recomendações do uso das escadas, informações sobre ocupação de elevadores e indicações gerais de higiene e proteção.

Em conformidade com o caráter estratégico e essencial do serviço prestado pela Companhia serão realizados exames nos funcionários, de forma gradual, testes de negatividade do vírus e nível de defesas (serológicos). Trata-se de uma iniciativa coordenada pelo Serviço Médico da Iberdrola que mantém os protocolos internos de atuação estabelecidos contra a COVID-19.

A Companhia seguirá mantendo ou, se for o caso, reforçando, as medidas de limpeza e desinfecção implantadas em seus centros de trabalho desde o começo de março, assim como a limitação de reuniões presenciais, visitas externas e viagens.

A Iberdrola facilitará a seus funcionários um documento, antes de seu regresso, com recomendações de atuação desde a saída do domicílio até a chegada no posto de trabalho e vice-versa, visando minimizar a exposição ao coronavírus.

 

 

 

*Data determinada até o momento presente para o final do Estado de Alarme

 

Acesso a informação legal