NotíciaVolver

25/11/2020

As seis candidaturas vencedoras colocam a mulher como foco central e estão relacionadas ao esporte-base, participação em competições, integração social, inclusão, ações de visibilidade e projetos solidários durante a COVID-19

Iberdrola entrega seus primeiros Prêmios SuperA em reconhecimento às iniciativas da sociedade civil que promovem a igualdade através do esporte

  • O Júri de Honra - composto por treze personalidades de destaque do mundo do esporte - selecionou, de um total de 400 candidaturas, os projetos MAAVI Foundation Club de Fútbol (Andaluzia), Fomento Igualdad de Género (Castela e Leão), Mujer, vida y esporte (Saragoça), Mucho por hacer (Castela-La Mancha), FUTFEM.COM e Juntas Venceremos
  • Ignacio Galán destacou que “além de ser um direito primordial, a igualdade também é um dos fundamentos essenciais para construir um mundo mais próspero para todos”. Em suas palavras dirigidas aos premiados ressaltou que, com o lançamento dos prêmios SuperA, a empresa decidiu contribuir com os sonhos de vocês, “para que além de chegar à meta que os levou a tê-los, vocês também sejam um exemplo para tantos outros sonhadores e sonhadoras”
  • Os Prêmios Iberdrola SuperA contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 5 (igualdade de gênero) e 3 (saúde e bem-estar) da Agenda 2030 das Nações Unidas para 2030

Em um evento transmitido ao vivo por streaming, a Iberdrola realizou na tarde de hoje a cerimônia de entrega da I edição dos Prêmios Iberdrola SuperA que reconhece seis iniciativas da sociedade civil por sua contribuição para a promoção da igualdade de gênero e empoderamento da mulher através da prática esportiva.

Os projetos vencedores em suas seis categorias e selecionados entre um total de 400 candidaturas apresentadas foram os seguintes:

  • OMAAVI Foundation Club de Fútbol de Roquetas de Mar (Almeria) foi reconhecido com o prêmio Iberdrola SuperA Social por seu trabalho para erradicar as desigualdades em uma área com níveis de imigração muito elevados.
  • O projeto Fomento Igualdad de Género foi premiado na categoria Iberdrola SuperA Base. A iniciativa, promovida pela Associação de Federações Esportivas de Castela e Leão, em colaboração com a gerência de Serviços Sociais e a Secretaria da Cultura e Turismo do Governo Regional de Castela e Leão, promove o esporte de meninas entre 11 e 16 anos e prevê chegar a mais de 3.000 estudantes.
  • A iniciativa Mujer, vida y esporte venceu na categoria Iberdrola SuperA Competição. Este clube de hóquei feminino de Saragoça, fundado e composto por mães de jogadoras infantis, já chegou a ter duas equipes em competições nacionais espanholas.
  • Na categoria Iberdrola SuperA Inclusão, o vencedor foi Mucho por hacer. Asociación de halterofilia que leva o esporte a pessoas que sofreram lesões de medula óssea. O projeto será realizado no Hospital Nacional de Paraplégicos (HNP) de Toledo, adaptando salas com material esportivo para melhorar a situação física de mulheres com esse tipo de lesão e outras deficiências motoras.
  • O FUTFEM.COM ganhou o prêmio Iberdrola SuperA Difusão. Trata-se de um portal de internet pioneiro de fala hispânica para a difusão do futebol feminino.
  • O Iberdrola SuperA+ foi para o projeto Juntas Venceremos. Plataforma online criada por jogadoras do campeonato Primeira Iberdrola para arrecadar fundos na luta contra a COVID-19.

Na cerimônia de entrega, Ignacio Galán explicou que “estamos há muitos anos colocando toda a nossa energia para alcançar a plena igualdade de gênero dentro de nossa empresa e também na sociedade. E hoje damos mais um passo. Nós, que sabemos muito de redes elétricas, queremos traçar outra rede, invisível mas igualmente sólida, para unir todos aqueles que estão dando uma contribuição diferenciada para avançar rumo à plena igualdade em um âmbito de tanto impacto quanto o esporte”.

O presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, também destacou que “além de ser um direito primordial, a igualdade também é um dos fundamentos essenciais para construir um mundo mais próspero para todos”. Em suas palavras dirigidas aos premiados ressaltou que, com o lançamento dos prêmios SuperA, a empresa decidiu contribuir com os sonhos de vocês, “para que além chegar à meta que os levou a tê-los, vocês também sejam um exemplo para tantos outros sonhadores e sonhadoras”

Esta seleção foi feita por um Júri de Honra composto por oito mulheres e cinco homens, todos eles reconhecidas personalidades do mundo esportivo: Amanda Sampedro, Carolina Marín, Conchita Martínez, Javier Fernández, Jesús Carballo, Manu Carreño, Marta Arce, Paloma del Río, Sandra Sánchez, Silvia Navarro, Talant Dujshebaev, Teresa Perales e Vicente del Bosque.

Os prêmios foram entregues pelo presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, que esteve acompanhado por Irene Lozano, presidenta do Conselho Superior do Esporte espanhol; Alejandro Blanco, presidente do Comitê Olímpico Espanhol; Miguel Carballeda, presidente do Comitê Paralímpico Espanhol; Marta Arce, medalhista paralímpica de judô; Amanda Sampedro, jogadora de futebol, e Carolina Marín, medalhista olímpica de badminton. No evento, conduzido por Paloma del Río, participaram as atletas Sandra Sánchez e Silvia Navarro, além de Vicente del Bosque; todos eles membros do Júri de Honra.

Os Prêmios Iberdrola SuperA, com uma dotação orçamentária total de 300.000 euros (50.000 euros por categoria), estão em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas, mais especificamente com o 5 (Igualdade de gênero e empoderamento das mulheres e meninas) e com o objetivo 3 (Saúde e bem-estar).


Iberdrola, pioneira na promoção do esporte praticado por mulheres

O incentivo ao esporte praticado por mulheres tornou-se uma alavanca fundamental para a Iberdrola, assim como a promoção da igualdade real entre homens e mulheres, um de seus valores essenciais. A Iberdrola tornou-se em 2016 a primeira empresa que fez uma aposta firme e global em prol da igualdade e empoderamento da mulher através do esporte. Atualmente, a companhia apoia um total de 16 federações: ginástica, triatlon, rúgbi, canoagem, badminton, futebol, handebol, voleibol, hóquei, tênis de mesa, atletismo, karatê, boxe, surfe, esportes de inverno e esgrima. A empresa também cede seu nome a 22 campeonatos, todos de categoria superior, assim como a 35 competições.

Paralelamente a isso, o fornecimento de recursos, instalações, serviços médicos e árbitros, a promoção e o patrocínio de iniciativas por parte da Iberdrola contribuíram para ampliar em 32% o número de atletas federadas nas referidas disciplinas - chegando a mais 300.000 mulheres - além de permitir que as atletas de elite espanholas que tenham feito suas carreiras esportivas em outros países possam voltar a competir na Espanha, ajudando a melhorar o nível e a visibilidade das competições nacionais.

Acesso a informação legal