Notícia Volver

29/11/2023

Ignacio Galán participa da cerimônia de entrega dos prêmios Iberdrola Supera

  • Com um total de 300.000 euros, os prêmios reconhecem iniciativas de igualdade através do esporte. Andaluzia, Astúrias (dois), Ilhas Canárias, Galícia e País Basco, os projetos vencedores.

Os seis vencedores da 4ª edição dos Prêmios Iberdrola Supera foram anunciados hoje entre os mais de 900 projetos inscritos. Foi durante uma gala muito emotiva, com mais de 200 convidados, que foram homenageados seis projetos de grande importância social e com um denominador comum: promover a igualdade de gênero por meio de diferentes práticas esportivas.

Ignacio Galán, presidente da Iberdrola, participou nesta tarde da cerimônia de entrega de prêmios, que dará um apoio real aos vencedores. Trata-se de um concurso dotado de 300.000 euros, 50.000 para cada uma das categorias: Supera Base, Supera Competição, Supera Inovação, Supera Inclusão, Supera Social e Supera Difusão. 

Durante a cerimônia de premiação, apresentada pelos jornalistas Nico Abad e Margarita Álvarez, Galán agradeceu aos ganhadores por "contribuírem com suas iniciativas para a construção de uma sociedade mais justa e solidária, com base nos valores que a Iberdrola compartilha: os de esforço, superação e compromisso que, em suma, são também os da boa prática do esporte desde sua base". São prêmios profundamente sociais, estrelados por mulheres e meninas anônimas que realizarão projetos admiráveis. Somos realmente afortunados por podermos acompanhá-las". Dois dos grandes atributos que identificam a Iberdrola são o esporte feminino e a antecipação da transição verde.

Os prêmios serão utilizados para transformar em realidade os projetos das seis categorias do concurso: 

Supera Base, para a promoção do esporte de base entre meninas de até 16 anos, que foi concedido ao Clube C.D Guretxoko, do País Basco, por promover a presença e o protagonismo das mulheres em um esporte que, a priori, é dominado pelos homens.

Supera Competição, para ajudar na incorporação das mulheres nas competições, que promoverá o Club Balonmán Cañiza, da Galícia, para que possa melhorar as infraestruturas de treinamento da primeira equipe que compete na Divisão de Honra Prata Feminina de handebol.

Supera Inclusión, para a inserção de mulheres com habilidades especiais no esporte, que ajudará pessoas com mobilidade limitada e/ou distúrbios sensoriais a experimentar a emoção de mergulhar com Marina Muñoz, nas Ilhas Canárias.

Supera Social, que premia a integração de mulheres na sociedade por meio do esporte, e que foi destinado à Fundação EMET, na Andaluzia, para oficinas esportivas como terapia para mulheres vulneráveis em seus centros.

Supera Difusión, por promover a visibilidade do esporte feminino, que foi concedido ao Patronato deportivo municipal de Siero para divulgar a façanha de 78 mulheres asturianas que escalarão 78 cumes simultaneamente e que transmitirão sua ação em vídeo para promover a prática do esporte amador.

E, finalmente, o Supera Innovación, destinado a melhorar a prática esportiva por meio da ciência e/ou tecnologia, para o Club Patín Gijón Solimar (Astúrias), para que possa aplicar Inteligência Artificial e Realidade Virtual em suas sessões de treinamento para evitar lesões.

A decisão do Júri de Honra - composto por Susanna Griso, Sonsoles Ónega, Eli Pinedo, Ona Carbonell, Carolina Marín, Jesús Carballo, Manu Carreño, Marta Arce, Paloma del Río, Sandra Sánchez, Teresa Perales, Alexia Putellas, Lydia Valentín, Susana Rodríguez e Vicente del Bosque - foi realizada em uma gala muito emocionante, que foi encerrada com a apresentação da cantora Sole Giménez, e contou com a presença de muitos dos 32 Embaixadores Iberdrola, como Teresa Portela (canoagem), a atleta Desirée Vila e Loida Zabala (para-atletismo). 

O presidente do Conselho Superior de Esportes, Víctor Francos; a secretária-geral do Comitê Olímpico Espanhol, María Victoria Cabezas; e o presidente do Comitê Paralímpico Espanhol, Miguel Carballeda, entre outros, também não quiseram perder o evento. 

Desde 2016, a Iberdrola é a principal promotora do esporte feminino na Espanha. Apoia 32 Federações Nacionais, chegando a mais de 600.000 mulheres, ou seja, duas em cada três mulheres federadas, e tem mais de cem competições com o nome da própria Iberdrola, incluindo 32 ligas.