Notícia

29.11.2021

As empresas Iberdrola Energía Internacional, Iberdrola Clientes Internacional e Iberdrola Renovables Internacional recebem os certificados AENOR (Associação Espanhola de Normalização e Certificação) referentes ao sistema de gestão antissuborn

  • A Iberdrola continua consolidando seu compromisso com as melhores práticas internacionais de compliance

 

A AENOR (Associação Espanhola de Normalização e Certificação) certificou as empresas Iberdrola Energía Internacional, Iberdrola Renovables Internacional e Iberdrola Clientes Internacional em conformidade com as normas ISO 37001:2016 (Sistema de Gestão Antissuborno) e UNE 19601:2017 (Sistemas de Gestão de Compliance Penal), através das quais se verifica que ditas empresas são possuidoras de um sistema de gestão antissuborno efetivo, assim como um sistema de gestão de compliance em matéria penal.

Estas normas constituem o padrão internacional que determina os requisitos e proporciona um guia para estabelecer, implementar, manter, revisar e melhorar os mecanismos para combater as práticas de suborno nas empresas e prevenir a realização de delitos no âmbito das mesmas. Desta forma, a Companhia reforça sua atuação no domínio da legalidade e protege-se contra a responsabilidade penal, além de outras responsabilidades e impactos (sanções, multas, danos sobre a reputação, etc.) que a realização desses atos ilícitos possa vir a provocar.

Além disso, o restante das empresas do Grupo Iberdrola na Espanha renovou essas mesmas certificações. Atualmente, todas as empresas do Grupo já possuem uma certificação da AENOR ou uma revisão externa equivalente de seus sistemas de compliance.

Assim sendo, a Iberdrola continua fazendo progressos em seu compromisso com as melhores práticas internacionais de compliance, dando visibilidade a alguns de seus valores, como são os princípios éticos, a transparência e a boa governança corporativa.

Entre as políticas de governança corporativa e compliance normativo do Grupo estão a Política para a prevenção de delitos e a Política contra a corrupção e a fraude, ambas aprovadas pelo Conselho de Administração da Companhia em dezembro de 2010 e 2016, respectivamente.

A primeira delas tem como objetivo transmitir a todos os executivos, funcionários da Iberdrola e terceiros que se relacionem com a Companhia uma mensagem contundente de oposição à realização de qualquer ato ilícito penal, assim como a vontade da empresa de combatê-los e de prevenir um eventual desgaste de sua imagem e reputação.

A segunda, na mesma linha, visa transmitir a firme oposição da Iberdrola contra a corrupção e a fraude em todas suas manifestações, bem como sua vontade de erradicá-la em todas suas atividades.

Neste contexto, a certificação das normas ISO 37001:2016 e UNE 19601:2017 concedidas pela AENOR evidencia uma vez mais o compromisso da Iberdrola com as melhores práticas internacionais no combate contra a corrupção e situa a Companhia como referência nesta matéria.

Acesso a informação legal