NotíciaVolver

21/01/2021

Através de um acordo de compra e venda de longo prazo (PPA) de energia elétrica 100% renovável proveniente da usina fotovoltaica Francisco Pizarro que a Companhia está construindo na Extremadura espanhola

Iberdrola e Danone se unem para promover a criação da maior usina fotovoltaica da Europa

  • Com uma potência instalada de 590 MW e um investimento de 300 milhões de euros, a usina de Francisco Pizarro evitará a emissão de mais de 245.000 toneladas de CO2/ano e contribuirá para a transição ecológica do país
  • Graham Packaging e Salvesen Logística, fornecedores da Danone España, também uniram ao acordo
  • A parceria reforça a estratégia de desenvolvimento de projetos renováveis da Iberdrola na Espanha através de contratos bilaterais, que promovem um fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis para grandes clientes, comprometidos com um consumo sustentável
  • O acordo reforça o compromisso da Danone de ter emissões líquidas nulas até 2050, pois toda a energia elétrica renovável que a empresa usará em suas instalações e fábricas virá desse convênio

A Iberdrola e a Danone somaram forças em seus compromissos de sustentabilidade com a assinatura de um acordo de compra e venda de energia de longo prazo (PPA, Power Purchase Agreement), que impulsionará a construção da maior usina fotovoltaica da Europa.

A iniciativa consolida a estratégia renovável da Danone no longo prazo e permite que 100% da energia elétrica renovável já utilizada em suas instalações e fábricas provenha desse projeto solar. O acordo garantirá o fornecimento de eletricidade verde de longo prazo para todas as fábricas da Danone e seus mananciais na Espanha, situados nas Astúrias, Barcelona, Girona, Guadalajara, Granada, Madri e Valência, assim como para seus centros logísticos e escritórios. Graham Packaging e Salvesen Logística também participam dessa parceria.

O acordo entre as duas empresas estabelece que a Iberdrola, a partir de abril de 2022, fornecerá energia limpa para os 29 pontos de abastecimento da Danone na Espanha durante 10 anos. O volume de energia fornecido através desse PPA chegará a 73GWh/ano. A Danone completará seu consumo com outro contrato anual de energia verde com a Iberdrola até 104 GWh/ano.

A energia elétrica 100% renovável fornecida virá do projeto Francisco Pizarro - a maior usina fotovoltaica projetada na atualidade na Europa, com 590 MW de capacidade -, que a Iberdrola está construindo entre os municípios de Torrecillas de la Tiesa e Aldeacentenera em Cáceres, na região da Extremadura espanhola. Uma vez em funcionamento em 2022, a usina evitará anualmente a emissão na atmosfera de mais de 245.000 toneladas de CO2, reforçando a competitividade dessa tecnologia para a proteção do meio ambiente e a mitigação do aquecimento global.

Sua construção contribuirá para a criação de empregos, pois se prevê que serão necessários mais de 1.200 profissionais nos momentos de picos de trabalho, dinamizando o tecido industrial da comunidade. O projeto representa um investimento superior a 300 milhões de euros.

A usina Francisco Pizarro faz parte da estratégia de investimento em projetos de geração de energia renovável da Iberdrola na Espanha, assim como de sua aposta em contratos bilaterais para promover o fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis entre grandes clientes comprometidos com um consumo sustentável.

“Os PPAs permitem abrir muitas oportunidades para o desenvolvimento dos projetos renováveis que estão transformando o presente e o futuro energético da Espanha e contribuindo para a recuperação econômica. Os contratos de compra e venda de energia de longo prazo proporcionam estabilidade aos investimentos e se tornaram uma excelente ferramenta para gerenciar o fornecimento elétrico de grandes consumidores, comprometidos com um consumo limpo e sustentável. Esses acordos demonstram a competitividade das energias renováveis e sua capacidade para fornecer energia a preços acessíveis e estáveis”, explicou Ángeles Santamaría, CEO da Iberdrola España.

Para a Danone, a saúde das pessoas e do planeta estão intimamente relacionadas e isso se reflete em sua visão “One Planet. One Health”. “Queremos avançar rumo a uma nova forma de fazer negócios que considere não só a conta de resultados, mas também o impacto econômico e social de nossa atividade”, afirmou Paolo Tafuri, diretor-geral da Danone Iberia. “Esta iniciativa nos ajudará a tornar realidade nossos ambiciosos compromissos ambientais, metas que fazem parte de nossa estratégia global e que afetam toda a nossa cadeia de valor”, concluiu.


Energias renováveis para uma recuperação verde

A Iberdrola possui uma vasta experiência no âmbito dos PPAs em todo o mundo e gerencia acordos de compra e venda de energia de longo prazo em mercados como a Espanha,

Reino Unido, Estados Unidos, México e Austrália, provenientes de projetos eólicos e fotovoltaicos de mais de 6.500 MW. Na Espanha, a Companhia promoveu essa modalidade com caráter pioneiro junto a empresas de diferentes setores: bancos, telecomunicações, setor cervejeiro, distribuição e marcas relacionadas ao esporte e empresas farmacêuticas.

Saiba mais: Você sabe o que é um PPA e quais são suas principais vantagens?

A Iberdrola não tem dúvidas de que a transição energética pode atuar como um agente indutor fundamental para a transformação do tecido industrial, a recuperação verde da economia e a criação de empregos. Para tal, a Companhia lançou um plano de investimento histórico de 75 bilhões de euros para o período 2020-2025 com o objetivo de dobrar sua capacidade renovável e aproveitar as oportunidades da revolução energética que as principais economias do mundo enfrentam.

Os investimentos na Espanha para o referido período chegarão a aproximadamente 14,3 bilhões de euros e a metade dessa cifra - mais de 7 bilhões de euros - será destinada ao desenvolvimento de novos projetos renováveis, enquanto mais de 4,5 bilhões serão para fortalecer e continuar digitalizando as redes elétricas.

Após vinte anos promovendo a transição energética, a Iberdrola é líder em energias renováveis na Espanha, com uma capacidade instalada de mais de 16.700 MW renováveis até setembro de 2020; um volume que no mundo chega a mais de 33.000 MW, convertendo seu parque de geração em um dos mais limpos do setor energético.

Com emissões de CO2/kWh que já são dois terços inferiores em relação à média europeia, a estratégia de investimento em energias limpas e redes levará a Iberdrola a ser uma companhia “neutra em carbono” na Europa em 2030.


Acelerando seus objetivos de sustentabilidade

Essa parceria contribuirá para alcançar os compromissos de sustentabilidade da Danone. Desde 2007, a Companhia se esforça para reduzir sua pegada de carbono em seu âmbito de responsabilidade direta, atingindo uma redução de 50% desde então, assim como trabalha em sua estratégia de diminuição de emissões estabelecendo cinco objetivos: reduzir em 50% as emissões no total de sua atividade até 2030; fomentar soluções para um carbono positivo; eliminar o desmatamento em sua cadeia de suprimentos até 2020; desenvolver a resistência em seu ciclo de alimentos e água; e oferecer soluções para uma alimentação mais saudável e sustentável.

Recentemente, a divisão da empresa Águas Danone anunciou que ambiciona conseguir o objetivo de ter emissões nulas já em 2025. Para atingir essa ambiciosa meta implementará projetos de medição, redução e compensação.

Tanto a divisão de produtos lácteos e de origem vegetal quanto a divisão de Águas da Danone possuem a certificação B Corp na Espanha, que reconhece as empresas que cumprem os mais altos padrões de desempenho social e ambiental, de transparência e de responsabilidade legal.

Acesso a informação legal