Notícia Volver

28/07/2021

Acelera seus investimentos na região, onde desenvolve mais 200 MW fotovoltaicos em Cuenca e Ciudad Real (Espanha)

Iberdrola implementa sua primeira usina fotovoltaica em Castela-La Mancha

  • A construção do projeto Barcience (Toledo) envolveu 250 trabalhadores e vários fornecedores espanhóis · A usina vai gerar energia limpa para uma população equivalente a 25.000 residências/ano
  • Atualmente constrói 1.200 MW de energias renováveis e tem uma carteira de projetos de mais de 17.000 MW na região Ibéria · Em Castela-La Mancha a Companhia já opera 2.386 MW de energias renováveis

A Iberdrola acelera sua estratégia de energias renováveis em Castela-La Mancha com o início da implementação de sua primeira usina fotovoltaica nessa região autônoma. O projeto Barcience, situado no município toledano de Bargas, é integrado por 144.900 módulos e 50 MW de potência instalada. A usina vai gerar energia limpa para uma população equivalente a mais de 24.700 residências/ano, evitando a emissão de 15.000 toneladas de CO2/ano.

O projeto contou com um grande número de fornecedores espanhóis, tais como a Arteche, FCC-Abengoa, Mesa, Siemsa, Garoc e Reneergy, assim como envolveu 250 trabalhadores durante sua construção.

Para sua execução teve que enfrentar condições climáticas extremas devido à tempestade Filomena que passou pelo centro da Espanha, mas, apesar disso, os prazos previstos foram cumpridos. As gélidas temperaturas criaram uma camada de gelo na parte superior do parque – tanto no terreno quanto nas estruturas – que só foi descongelada após duas tempestades de água posteriores.


Acelera investimentos em energias renováveis nessa região autônoma

A Iberdrola continua apostando no desenvolvimento de energias renováveis em Castela La Mancha, uma região onde já tem em operação 2.386 MW, principalmente eólicos, que a situam como a terceira comunidade com mais potência ‘verde’ do Grupo na Espanha.

Além de Barcience, a Companhia também está construindo a usina fotovoltaica de El Romeral (50 MW) em Cuenca – entre as localidades de Alarcón e Olmedilla de Alarcón –, integrada por 144.900 módulos. Essa usina vai gerar energia limpa para uma população equivalente a mais de 24.500 residências/ano, evitando a emissão de 15.000 toneladas de CO2/ano.

Da mesma forma, também avança na execução da instalação fotovoltaica de Olmedilla (50 MW) – nos municípios de Cuenca de Valdeverdejo, Alarcón e Olmedilla de Alarcón –, que vai gerar energia limpa para uma população equivalente a mais de 30.000 residências/ano, evitando a emissão de 18.000 t CO2/ano.

Em Castela-La Mancha, a Iberdrola desenvolve outro projeto fotovoltaico em Ciudad Real (Puertollano), que fará parte e fornecerá energia limpa à maior instalação de produção de hidrogênio verde para uso industrial da Europa.

Com um investimento de 150 milhões de euros, Puertollano II se tornará o banco de ensaios de tecnologias inovadoras: junto à usina fotovoltaica de 100 MW será instalado um sistema de armazenamento com baterias e uma unidade de produção de hidrogênio verde através de eletrólise a partir de fontes 100% renováveis. Seu desenvolvimento e construção criarão 700 postos de trabalho e, uma vez em funcionamento, evitará a emissão de 39.000 tCO2/ano.  

Na Espanha, a Iberdrola está construindo atualmente 1.200 MW de energias renováveis e possui uma carteira de projetos de mais de 17.000 MW na região Ibéria.


Acelera seus investimentos para ajudar na recuperação verde

A Iberdrola, que lidera há duas décadas a transição energética, atua como agente indutor fundamental para a transformação do tecido industrial, a recuperação verde da economia e a criação de empregos. Para tal, a Companhia lançou um plano de investimento histórico de 150 bilhões de euros para a próxima década – 75 bilhões até 2025 – com o objetivo de triplicar sua capacidade em energias renováveis e dobrar os ativos de redes, aproveitando as oportunidades da revolução energética que as principais economias do mundo enfrentam.

Na Espanha, os investimentos até 2025 chegarão a 14,3 bilhões de euros, destinados principalmente à implantação de um ambicioso plano de energias renováveis e redes elétricas inteligentes. A Companhia é líder no setor das energias renováveis na Espanha com uma capacidade instalada de mais de 17.400 MW, que chegará a 25.000 MW até 2025 de acordo com seu plano de investimento.

Após fazer investimentos no valor de 120 bilhões de euros nos últimos vinte anos, a Iberdrola é líder em energias renováveis com 35.000 MW instalados no mundo; um volume que converte seu parque de geração em um dos mais limpos do setor energético.

Acesso a informação legal