Notícia

04.08.2021

A Iberdrola lidera o consórcio Flexener para pesquisar novas tecnologias que consolidem um sistema elétrico 100% renovável

  • Siemens-Gamesa, Ingeteam R&D Europe, Indar, OSI Digital Grid Solutions, Balantia e Wallbox pesquisarão junto à Iberdrola novas tecnologias de geração renovável e redes — mais bidirecionais e flexíveis — para facilitar a integração da energia verde no sistema elétrico
  • O projeto representa uma oportunidade para promover soluções no âmbito do veículo elétrico e do autoconsumo

Iberdrola liderará el consorcio Flexener con la participación de Siemens-Gamesa, Ingeteam R&D Europe, Indar, OSI Digital Grid 

A Iberdrola vai liderar o consórcio Flexener com a participação da Siemens-Gamesa, Ingeteam R&D Europe, Indar, OSI Digital Grid Solutions, Balantia e Wallbox, tendo como principal objetivo pesquisar novas tecnologias em áreas como a geração de energia renovável e sua integração no sistema de distribuição elétrica (redes), sistemas de armazenamento e gestão flexível da demanda para garantir uma transição energética eficiente.

A iniciativa, que será realizada entre 2021 e 2023 e terá um orçamento total de 7,6 milhões de euros destinados integralmente à pesquisa e ao desenvolvimento, faz parte do programa Missões do Centro para o Desenvolvimento Tecnológico Industrial (CDTI), organismo que depende do Ministério da Ciência e Inovação da Espanha.  

O projeto representa o compromisso público-privado para impulsionar um esquema de PD&I colaborativo que acelere o cumprimento dos objetivos de transição energética. Também destaca a necessidade de aumentar os investimentos em redes elétricas acima dos níveis de décadas anteriores para possibilitar uma recuperação verde.

A pesquisa sobre a digitalização das redes permitirá desenvolver sistemas cada vez mais bidireciona¬is para transformar a relação do cliente com a energia, tornando-o participante de um consumo mais autônomo e responsável; mais robustos para garantir a inclusão de mais energias renováveis; e mais flexí¬veis uma vez que incorporam múltiplos pontos de geração próximos dos lugares de consumo. O projeto representa uma oportunidade para promover soluções na área dos veículos elétricos ou do autoconsumo, destinadas a desempenhar um papel decisivo na consolidação de novos modelos de desenvolvimento como as cidades inteligentes.


Investimentos para acelerar os objetivos de descarbonização

Após investir 120 bilhões de euros nas duas últimas décadas, a Iberdrola é líder energética global com uma capacidade em energia renovável instalada de mais de 35.000 MW, convertendo seu parque de geração em um dos mais limpos do setor energético.

Ciente do potencial das redes elétricas na transição, a Iberdrola investiu 2 bilhões de euros nos últimos anos para digitalizar 11 milhões de ¬medidores na Espanha, assim como prossegue com esse processo em outros mercados para continuar promovendo as redes inteligentes e garantir a incorporação maciça das energias renováveis. Até 2025 a Companhia instalará mais de 21 milhões de medidores inteligentes nos mercados onde está presente.

A Iberdrola desenvolve um plano de investimento histórico de 150 bilhões de euros até 2030 – que será de 75 bilhões até 2025 –, através do qual triplicará sua capacidade em energia renovável e dobrará os ativos de redes aproveitando as oportunidades da revolução energética que as principais economias do mundo enfrentam. Na Espanha esses investimentos chegam a cerca de 14,3 bilhões de euros até 2025.

Acesso a informação legal