Notícia

22.10.2020

Continua avançando rumo à liderança global nesta tecnologia

Iberdrola participa do leilão de energia eólica de Nova York com seu projeto ‘offshore’ Liberty Wind

  • A proposta foi apresentada por meio de sua filial Vineyard Wind e significaria a implantação de 1.300 MW eólicos offshore
  • Esta nova instalação poderia fornecer energia limpa para 700.000 moradias do estado e contribuir para o compromisso de Nova York com a criação de empregos verdes

A Iberdrola, via sua filial Vineyard Wind, participou com seu projeto Liberty Wind do segundo leilão de capacidade eólica convocado pelo Estado de Nova York. Mais concretamente, este projeto significaria a implantação de uma capacidade total de até 1.300 megawatts (MW), os quais poderiam fornecer energia limpa para cerca de 700.000 residências e empresas de Nova York.

Especificamente, a proposta apresentada pela Companhia para desenvolver seu projeto Liberty Wind oferece seis opções para a construção desta grande instalação. Uma delas, tal como foi submetida, representaria o maior compromisso de lucro econômico direto que nunca antes havia sido proposto no setor da energia eólica offshore dos Estados Unidos. Desta forma, o projeto Liberty Wind ajudaria a reforçar a liderança de Nova York em termos de criação de empregos verdes e igualdade de oportunidades.

Nesta linha, o recente pedido de propostas por parte da New York State Energy Research and Development Authority (NYSERDA) faz parte do esforço geral do estado de chegar a 9.000 MW de geração de energia eólica offshore até 2035.

“Estamos satisfeitos de apresentar o Liberty Wind aos legisladores de Nova York e esperamos construir contando com uma ampla participação da comunidade, uma marca diferenciadora do nosso negócio de energia eólica offshore nos Estados Unidos”, afirmou Lars T. Petersen, CEO da Vineyard Wind. “Como pioneiros da energia eólica offshore no país, consideramos que estabelecer precedentes positivos para dito desenvolvimento trará novas e melhores regras para toda a indústria, regras que sejam capazes de garantir que as comunidades locais recebam os maiores benefícios possíveis com os impactos mínimos", acrescentou.



Iberdrola: rumo à liderança global em energia eólica offshore

A Iberdrola continua progredindo rumo à liderança global em energia eólica offshore, antecipando-se ao setor como já o fizera com a eólica onshore há 20 anos. O Grupo, liderado por Ignacio Galán, possui uma carteira de aproximadamente 13.000 MW em direitos offshore, aos quais devemos acrescentar os 9.000 MW de opções na Suécia. No encerramento do terceiro trimestre de 2020, a Companhia agregou 14.000 MW novos à sua carteira (aproximadamente, 90% desses megawatts são de energia eólica offshore), que já ultrapassa mais de 70.000 MW no mundo.

A Iberdrola possui, no encerramento de setembro, uma potência instalada desta tecnologia de 1.258 MW, com instalações como os parques de East Anglia ONE no Reino Unido ou o de Wikinger nas águas alemãs do mar Báltico.

Nos Estados Unidos, o Grupo, via sua filial Vineyard Wind, avança com os parques offshore de Vineyard Wind ONE (800 MW de capacidade em frente às costas do estado de Massachusetts), Park City Wind (também nas águas de Massachusetts e com uma capacidade de 804 MW) e Kitty Hawk (Virgínia), em uma fase mais preliminar.