NotíciaVolver

20/07/2020

Dessa forma, se reconhece o valor das mais de 150 medidas implementadas pelo grupo na pandemia

Iberdrola, primeira empresa em certificar, junto à AENOR, seu protocolo contra a COVID-19 em âmbito mundial

  • Após ser a primeira multinacional do Ibex 35 (principal índice da Bolsa espanhola) em conseguir tal reconhecimento no último mês de junho, agora é ampliado a todas as suas filiais no mundo: Iberdrola España, ScottishPower, AVANGRID, Neoenergia, Iberdrola México e Iberdrola Energía Internacional
  • Dessa forma, ratifica tanto a manutenção da saúde e a segurança das pessoas quanto a qualidade do fornecimento de energia

A Iberdrola já é a primeira empresa que conseguiu certificar em âmbito mundial, junto à AENOR (Associação Espanhola de Normalização e Certificação), seu protocolo de atuação contra a COVID-19. Assim sendo, estende a todas as filiais do grupo - Iberdrola España, ScottishPower, Avangrid, Neoenergia, Iberdrola México e Iberdrola Energía Internacional - o reconhecimento que a sociedade holding já recebera no último mês de junho, tornando-se então a primeira multinacional do índice Ibex 35 em certificar a excelência de suas medidas contra a pandemia.

O certificado concedido pela AENOR, com data de 15 de julho, avaliza o protocolo de atuação implementado pela Iberdrola para enfrentar a pandemia do coronavírus, garantindo tanto a segurança e a saúde das pessoas quanto a manutenção e a qualidade do fornecimento de energia elétrica.

Dessa forma, se reconhece o valor das mais de 150 medidas implantadas pela Iberdrola em âmbito global para apoiar todos os seus Stakeholders durante a emergência sanitária: colaboradores, fornecedores, acionistas e sociedade em geral.

Para tal, a AENOR considera diversos aspectos: gestão de riscos específicos na organização, gestão da saúde no trabalho, boas práticas de limpeza e higiene, medidas organizacionais, medidas de proteção, treinamento, informação e comunicação e gestão da crise e continuidade das operações.

No que se refere ao negócio do grupo, o certificado também foi validado para as atividades de produção, transmissão, distribuição e comercialização de energia e outras atividades de todas as empresas do grupo Iberdrola, que atualmente possui mais de 35.000 funcionários em 23 países.

Entre tais iniciativas constam a aquisição e posterior doação de artigos médico-hospitalares básicos por um montante global de 30 milhões de euros ou o reforço da rede para garantir o fornecimento de eletricidade nos centros hospitalares.

Além do esforço, por exemplo, da Iberdrola para manter funcionando a cadeia de suprimentos, antecipando a adjudicação de pedidos no valor de quase 4 bilhões de euros a mais de 10.000 fornecedores durante o primeiro trimestre do ano, o dobro que no mesmo período de 2019.


Iberdrola, com o emprego e a segurança do fornecimento

Durante a crise da COVID-19 a Iberdrola voltou a enfatizar seu compromisso com a manutenção e a criação de emprego de qualidade, após anunciar a contratação de milhares de profissionais ao longo de 2020.

A empresa também compatibilizou desde o primeiro momento a necessidade de continuar prestando um serviço essencial para a sociedade, tal como o fornecimento elétrico, com a de proteger a segurança e a saúde de todos os seus trabalhadores.

A Iberdrola, que considera o bem-estar do capital humano um pilar estratégico, foi a primeira multinacional que obteve, há menos de um ano, o certificado de Empresa Saudável da AENOR para todas as empresas do grupo nos 25 países onde está presente.

 

 

Acesso a informação legal