NotíciaVolver

18/03/2020

Acontecerá no dia 2 de abril na Torre Iberdrola de Bilbau sem presença física dos acionistas, representantes ou convidados

A Iberdrola realizará sua Assembleia Geral de Acionistas de forma não presencial

  • Apoiando as medidas aprovadas pelo Governo para manter a atividade de investimento e industrial e na luta contra o COVID-19, a Iberdrola se converte na primeira empresa listada em utilizá-las.
  • O Conselho de Administração do grupo estabeleceu hoje ampliar os canais de participação à distância para que todos os seus acionistas possam acompanhar a reunião e exercer seu direito de voto ou de delegação

O Conselho de Administração da Iberdrola estabeleceu hoje a aplicação de uma série de medidas que permitirão realizar sua Assembleia Geral de Acionistas de forma não presencial no próximo dia 02 de abril em primeira convocatória e, dessa forma, manter sua atividade de investimento e industrial, apesar do avanço do coronavírus COVID-19.

A Iberdrola, que apoia o pacote de medidas aprovadas ontem pelo Governo da Espanha para conciliar a continuidade da vida societária das empresas com a luta contra a propagação da doença, se converte assim na primeira empresa listada em utilizá-las.

Portanto, a reunião anual será realizada na Torre Iberdrola de Bilbau e não haverá presença física de acionistas, representantes ou convidados, tudo isso com o objetivo de garantir sua saúde e a de todos os profissionais e fornecedores envolvidos em sua organização.

Com o objetivo de garantir a participação à distância de todos os acionistas na Assembleia Geral, o Conselho de Administração da Iberdrola também estabeleceu ampliar os canais disponíveis para tal finalidade, que já podem ser consultados em www.iberdrola.com.

Através dessas vias, os acionistas da Sociedade poderão presenciar a reunião anual, assim como exercer seu direito de voto e delegação à distância.

Isso lhes permitirá receber seu prêmio de presença na Assembleia Geral de Acionistas, que equivale a 0,005 euros brutos por ação ou, o que é a mesma coisa, 1 euro para cada 200 ações.

Acesso a informação legal