NotíciaVolver

05/02/2021

Continua apostando nos mercados favoráveis ao investimento e em sua presença neste país, onde já opera com projetos renováveis, armazenamento e comercial

Iberdrola reforça sua aposta na energia eólica offshore: entra na Irlanda com uma carteira de 3 GW

  • Adquire uma participação majoritária em três projetos da DP Energy na costa Leste, Oeste e Sul do país, que participarão do próximo leilão offshore em 2025-2030
  • A Iberdrola já explora parques eólicos 'offshore' nas águas do Reino Unido e Alemanha, trabalha em novos empreendimentos no mercado britânico, Estados Unidos e França, completando assim sua carteira de mais de 30 GW com o Japão, Suécia, Polônia e agora a Irlanda

A Iberdrola volta a reforçar sua aposta na energia eólica offshore no início do ano com a entrada em um novo mercado, a Irlanda, que servirá de nova plataforma de crescimento para sua estratégia de expansão em energias renováveis. A Companhia chegou a um acordo com a DP Energy para a aquisição de uma participação majoritária de sua carteira offshore: 3 GW, distribuídos em três clusters com projetos na costa Leste, Oeste e Sul do país, que participarão do próximo leilão em 2025-2030.

O acordo também inclui a aquisição de uma participação majoritária da DP Energy, que se encarregará de desenvolver essa futura carteira eólica nos próximos anos.

Do mesmo modo, o acordo também inclui a aquisição por parte da Iberdrola de uma participação majoritária da empresa criada pela DP Energy encarregada de desenvolver essa carteira eólica offshore na Irlanda.

Os projetos que fazem parte do acordo são o parque Inis Ealga, na costa Sul de Co. Cork e o projeto Clarus, na costa Oeste de Co. Clare, ambos a serem desenvolvidos com tecnologia eólica offshore flutuante. O terceiro, o projeto Shelmalere, estará localizado em frente à costa Leste e será realizado com tecnologia eólica offshore de fundação fixa. Uma vez em operação, os projetos vão gerar energia verde para uma população equivalente a 2,6 milhões de residências irlandesas.


Posicionamento em mercados com potencial de crescimento

A operação permitirá que a Iberdrola avance em sua estratégia de diversificação geográfica em mercados com um cenário favorável para receber investimentos e se posicione na etapa inicial de desenvolvimento do mercado eólico offshore da Irlanda, com um grande potencial de crescimento nos próximos anos.

A Irlanda tem uma ambiciosa estratégia de mitigação das mudanças climáticas e transformação de sua matriz energética, que agora se baseia em gás, carvão e petróleo, assim como apoiou a consecução de seus objetivos energéticos no desenvolvimento de projetos eólicos offshore. Os planos do governo preveem a conexão de 5 GW dessa tecnologia até 2030 e os especialistas estimam um potencial de aproximadamente 40 GW.

A parceira da Iberdrola nessa estratégia, a DP Energy - promotora internacional com sede em Cork -, tem experiência na indústria renovável, conhecimento do mercado local e é uma companhia conhecida pela Iberdrola, pois desenvolve, junto à sua filial Infigen, o projeto híbrido Port Augusta, na Austrália.


Carteira de mais de 30 GW em projetos eólicos offshore

Esse acordo no mercado irlandês está em linha com a estratégia da Iberdrola de se consolidar como a maior companhia renovável do mundo, somando-se a outras transações realizadas pela Companhia nos últimos anos no segmento da energia eólica offshore.

Essas operações permitiram o desenvolvimento de parques no mar Báltico alemão (Wikinger e Baltic Eagle), no mar do Norte (East Anglia ONE e East Anglia Hub), no mar da Irlanda (West of Duddon Sands), na costa de Massachusetts (Vineyard Wind), em águas francesas (Saint Brieuc) e, mais recentemente, o acesso a capacidades em etapas iniciais de 9 GW na Suécia, mais de 3 GW no Japão e até 7,3 GW na Polônia. Na Dinamarca, a Iberdrola também chegou a um acordo para ir com a Total ao próximo leilão offshore do país com o parque eólico offshore Thor, cuja capacidade é de até 1 GW.

Após essa última transação, a Companhia aumenta sua carteira de projetos eólicos offshore no mundo para mais de 30 GW.


Reforço no mercado irlandês

Através dessa operação, a Iberdrola protagoniza na Irlanda sua primeira operação corporativa deste ano, depois de ter completado uma dezena em 2020, apesar dos desafios da COVID-19.

A Companhia também reforça sua presença no mercado renovável irlandês, onde opera há duas décadas e desenvolve projetos eólicos e de armazenamento de grande capacidade, além de implementar sua área de venda de energia.

Na Irlanda, a Iberdrola prevê um investimento de até 100 milhões de euros em novos projetos renováveis e de armazenamento até 2025. Entre suas atividades em desenvolvimento, destacam-se a repotencialização do parque eólico de Barnesmore, no condado de Donegal, e os projetos da Irlanda do Norte de Rigged Hill e Corkey; todos eles com armazenamento. Também está construindo a maior instalação de baterias do país, em Gorman (50 MW), que entrará em operação este ano.


Investimentos verdes para promover a recuperação econômica

A Iberdrola não tem dúvidas de que a transição energética pode atuar como um agente indutor fundamental para a transformação do tecido industrial, a recuperação verde da economia e a criação de empregos.

Para tal, a Companhia lançou um plano de investimento histórico de 75 bilhões de euros para o período 2020-2025, com o objetivo de dobrar sua capacidade renovável e aproveitar as oportunidades da revolução energética que as principais economias do mundo enfrentam.

Após vinte anos promovendo a transição energética com investimentos de 120 bilhões de euros, a Iberdrola é líder em energias renováveis com uma capacidade instalada de mais de 33 GW, o que converte seu parque de geração em um dos mais limpos do setor energético.

Com emissões de CO2/kWh, que já são dois terços inferiores em relação à média europeia, a estratégia de investimento em energias limpas e redes levará a Iberdrola a ser uma companhia neutra em carbono na Europa até 2030.

Acesso a informação legal