Notícia Volver

05/10/2023

Ignacio Galán entrega os primeiros reconhecimentos internacionais da empresa por trabalho voluntário

Cerca de 25% da nossa força de trabalho participa de ações de voluntariado

  • Mais de 10 milhões de pessoas em 24 países já se beneficiaram das ações de solidariedade promovidas pela empresa em colaboração com organizações sociais e humanitárias.
  • Funcionários de diferentes países foram premiados por seu envolvimento na integração de grupos vulneráveis, na melhoria do meio ambiente e no desenvolvimento sustentável.

Cerca de 25% da força de trabalho do Grupo Iberdrola participa anualmente das ações solidárias organizadas pela empresa no âmbito de seu Programa de Voluntariado. Desde o seu lançamento em 2006, cerca de 10 milhões de pessoas foram beneficiadas pelas ações promovidas pela empresa em 24 países diferentes.

Somente no último ano, o número de voluntários aumentou em mais de 30%, chegando a 17.000 pessoas, que investiram mais de 62.000 horas de trabalho em 750 atividades promovidas pela Iberdrola.

Em reconhecimento ao seu corpo internacional de voluntários, o Grupo Iberdrola realizou hoje um evento em Madri para reconhecer os profissionais mais destacados por sua participação nos projetos de voluntariado da empresa.

Os prêmios, entregues pelo presidente-executivo do Grupo Iberdrola, Ignacio Galán, foram concedidos a profissionais da Espanha, Brasil, México e Grécia que participaram ativamente de programas de voluntariado ambiental, formação e integração de grupos vulneráveis, promoção do desenvolvimento sustentável ou fomento do uso seguro e saudável da eletricidade, que representam os principais eixos do Programa de Voluntariado da Iberdrola.

Em seu discurso, Galán agradeceu a todos os voluntários por sua solidariedade e compromisso e defendeu que nas empresas "os aspectos sociais devem ter o mesmo peso que os econômicos". O presidente-executivo da Iberdrola também lembrou a todos de sua responsabilidade "de deixar um mundo melhor do que aquele que herdamos". "Não vamos passar esta vida destruindo, mas sim construindo um mundo melhor, que inclua aspectos como a luta contra as mudanças climáticas, mais igualdade de oportunidades e justiça social como base de nossas relações", afirmou.

Nesse evento, o presidente-executivo da Iberdrola esteve acompanhado por alguns dos presidentes e representantes das organizações sociais com as quais colabora para o desenvolvimento de seu Programa de Voluntariado, como a Associação Espanhola conta o Câncer, a Associação Envera, a Fundação Tomillo, a Fundação ECODES e a Fundação Prodis.

Como parte desse evento, o Banco de Alimentos também quis reconhecer o trabalho solidário da Iberdrola, dando o nome da empresa a um dos corredores do armazém de sua sede em Madri. O presidente-executivo Galán recebeu a placa "Calle Iberdrola" das mãos do presidente da Fundação Banco de Alimentos de Madri, Francisco García, que destacou que "a colaboração de uma empresa do porte da Iberdrola é um apoio extremamente importante para atender às necessidades que estamos tentando cobrir, que são muito amplas".

Voluntariado pioneiro, diversificado e global

Esta primeira edição dos reconhecimentos internacionais de voluntariado do Grupo Iberdrola faz parte da Semana Internacional do Voluntariado, organizada todos os anos de maneira simultânea nos principais países onde a companhia opera suas atividades. Sob o lema "Juntos construímos o mundo que queremos", a empresa realizará até 130 atividades solidárias para as quais já se inscreveram mais de 8.000 voluntários.

Com seu Programa Internacional de Voluntariado, o Grupo Iberdrola pretende motivar seus profissionais a participarem de projetos sociais destinados principalmente a grupos vulneráveis, à melhoria do meio ambiente e ao desenvolvimento sustentável.

O programa de voluntariado da Iberdrola foi o único de uma empresa espanhola a ser reconhecido como prática pioneira pelas Nações Unidas em seu relatório Transforming Lives and Communities, publicado em setembro de 2021. Esse programa já foi premiado pela IMPACT2030 com o Prêmio de Inovação 2018, em reconhecimento às suas ações inovadoras para o avanço dos ODS por meio de seu capital humano.