NotíciaVolver

24/05/2021

Cummins escolhe a Espanha para sua usina de eletrolisadores de 1 GW e se associa com a Iberdrola para liderar a cadeia de valor do hidrogênio verde

A Cummins Inc. (NYSE: CMI), líder mundial em energia, reuniu representantes institucionais do Governo da Espanha e da região de Castela-La Mancha e sua parceira Iberdrola - uma das maiores companhias energéticas do mundo - para anunciar seus planos de investimento na Espanha, especificamente na região de Castela-La Mancha, onde situará uma das maiores usinas de eletrolisadores para a produção de hidrogênio verde do mundo. O investimento na Espanha ocorre após a decisão da Iberdrola e da Cummins de se associarem em projetos de produção de hidrogênio em larga escala na Espanha e Portugal.

Ambas as empresas selaram o acordo que permitirá acelerar o desenvolvimento de oportunidades no mercado ibérico de eletrolisadores, promovendo a cadeia de valor do hidrogênio verde e convertendo a Espanha em líder tecnológico e industrial nesse segmento de atividade. A parceria contribui para posicionar a Cummins como fornecedora líder de sistemas de eletrolisadores para projetos de larga escala na região Ibéria e a Iberdrola como empresa desenvolvedora líder de projetos de eletrolisadores e fornecedora de hidrogênio para clientes industriais. 

"A Espanha oferece um contexto local sólido e dinâmico para a produção de hidrogênio verde, por isso estamos entusiasmados com o fato de investir aqui e aumentar significativamente nossa capacidade de fabricação na Europa", comentou Tom Linebarger, presidente e CEO da Cummins. "Nossa parceria com a Iberdrola nos conectará com uma importante empresa de energia limpa e nos posicionará de forma estratégica para sermos líderes europeus na produção de hidrogênio verde. O acordo é apenas o começo de nossa expansão em novos mercados, proporcionando novas tecnologias limpas aos nossos clientes e apoiando os esforços para tornar realidade o Acordo Verde da União Europeia. Enquanto as regiões de todo o mundo avançam no objetivo de atingir a emissão zero, a Cummins se une ao esforço global para conseguir a neutralidade em carbono e acelerar a economia do hidrogênio, sendo este o exemplo mais recente.”

Ignacio Galán, presidente e CEO de Iberdrola, explicou que "esta iniciativa vai acelerar a produção de hidrogênio verde na Espanha criando uma nova indústria, a da fabricação de sistemas eletrolisadores, com um alto potencial de crescimento. Continuamos avançando em nosso ambicioso plano de situar a Espanha e a Europa na vanguarda mundial dessa tecnologia, reduzindo a dependência energética e o consumo de combustíveis fósseis, ao mesmo tempo que incentivamos a revitalização econômica e social do país". "Saudamos a escolha de implementar o projeto em uma região que valorizamos e onde mantemos uma presença e um compromisso histórico. Esta iniciativa conjunta contribuirá para o desenvolvimento econômico, industrial e de criação de empregos de qualidade na região e reforçará nossa grande aposta inovadora em uma tecnologia decisiva para a descarbonização da indústria", acrescentou.

Neste momento estão sendo analisadas possíveis localizações na província de Guadalajara (Castela-La Mancha) para a usina de eletrolisadores PEM da Cummins, que receberá um investimento de 50 milhões de euros e onde se realizarão a montagem e os testes de sistemas para uma produção de 500 MW/ano com o objetivo de aumentar sua capacidade para mais de 1GW/ano. A usina, que inicialmente terá 22.000 m2, segundo as previsões estará operacional em 2023 e criará 350 novos postos de trabalho, conforme aumente a produção. A Cummins está aumentando rapidamente suas capacidades para proporcionar tecnologias de hidrogênio verde em escala, fundamentais para a transição energética global no mundo. A empresa instalou mais de 600 eletrolisadores em 100 países de todo o mundo.

Como parte dessa parceria, o projeto de hidrogênio verde em Palos de la Frontera, de 230 MW, (Huelva, Andaluzia, Espanha), que a Iberdrola realizou para o fabricante líder de fertilizantes, Fertiberia, se converterá em uma referência para grandes projetos de eletrólise. Nesse contexto, a Iberdrola identificou a Cummins como empresa fornecedora de eletrolisadores para essa iniciativa. Com a experiência adquirida nesse empreendimento, a Iberdrola e a Cummins irão colaborar conjuntamente na concepção de soluções para grandes projetos de eletrólise. A Cummins e a Iberdrola já trabalham no projeto de uma estação de abastecimento de hidrogênio em Barcelona (Espanha) e preveem oportunidades de colaboração mais ambiciosas no futuro.

O projeto da Cummins para a construção de uma instalação de eletrolisadores de última geração na Espanha é o resultado do forte apoio dos governos de Castela-La Mancha e da Espanha. Da mesma forma, com o apoio da Espanha, essa usina e a parceria com a Iberdrola permitirão acelerar a capacidade do hidrogênio verde para desempenhar um papel fundamental na redução das emissões de gases de efeito estufa da indústria para cumprir os objetivos de limitação do aumento da temperatura global, estabelecidos no Acordo de Paris e no Acordo Verde da União Europeia. Além disso, ajudará a implantar as estratégias de hidrogênio na Espanha e na Europa. A usina também permitirá que a Cummins alcance a neutralidade em termos de carbono até 2050, tal como se expõe em sua estratégia de sustentabilidade Planeta 2050.

A Iberdrola apresentou 53 projetos relacionados com o hidrogênio verde ao programa Next Generation EU, que ativariam investimentos de 2,5 bilhões de euros para conseguir uma produção anual de 60.000 tn. A capacidade de produção de hidrogênio verde equivaleria a 20% do objetivo nacional (capacidade instalada de 4GW em 2030) e garantiria que cerca de 25% do hidrogênio atualmente consumido na Espanha não gerasse emissões de CO2. A previsão é que este e outros projetos de hidrogênio da Iberdrola promovam o crescimento econômico e a criação de empregos, contribuindo para a geração de aproximadamente 4.000 postos de trabalho qualificados em 500 fornecedores locais.

Em Castela-La Mancha, a Iberdrola controla 2.376 MW de energia renovável - eólica e fotovoltaica -, o que a converte na terceira comunidade autônoma espanhola com mais megawatts verdes instalados pela Iberdrola na Espanha. Recentemente, a Companhia concluiu três projetos fotovoltaicos na região, representando um total de 150 MW, e está construindo a usina fotovoltaica de Puertollano (100 MW).

Acesso a informação legal