NotíciaVolver

17/06/2020

Através de um PPA, a companhia de energia fornecerá eletricidade verde de longo prazo - gerada por um projeto eólico que está sendo construído em Aragão - a 13.500 pontos próprios da operadora

Iberdrola fornecerá energia 100 % renovável de longo prazo à Vodafone na Espanha

  • O acordo reforça a estratégia renovável da Iberdrola através de contratos bilaterais, que promovem um fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis para grandes clientes comprometidos com um consumo sustentável
  • A aliança representa um salto importante em relação ao cumprimento do marco estratégico de empresa sustentável e responsável com o planeta que estabelece que em 2025 toda a energia elétrica adquirida seja 100 % renovável e que suas emissões GHC se reduzam em 50 %. Mediante esse acordo, a Vodafone Espanha cumprirá 75 % de seu objetivo de adquirir energia elétrica de fontes renováveis em 2021

A Iberdrola e a Vodafone Espanha decidiram aliar-se em prol da sustentabilidade, fazendo um acordo de compra e venda de energia de fontes de geração limpa de longo prazo (PPA, Power Purchase Agreement).

O acordo reforça a estratégia renovável da Iberdrola através de contratos bilaterais, que promovem um fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis com grandes clientes comprometidos com um consumo sustentável. Por outro lado, a aliança permitirá que a operadora de telecomunicações consuma na Espanha energia de fontes renováveis e avance no cumprimento do marco estratégico de empresa sustentável e responsável com o planeta, que estabelece que até 2025 toda a energia elétrica adquirida seja 100 % renovável e que suas emissões GHC se reduzam em 50 %. Portanto, com esse acordo, a Vodafone Espanha cumprirá 75 % de seu objetivo de adquirir energia elétrica de fontes renováveis em 2021.

A Iberdrola fornecerá energia verde aos 13.500 pontos de fornecimento da rede própria da Vodafone na Espanha. O contrato será iniciado em janeiro de 2021 e uma parte do consumo - 140 GWh/ano de um total de 540 GWh/ano - será realizada através de um PPA, associado a um ativo renovável de nova construção, o projeto eólico Puylobo, que está sendo construído atualmente em Aragão. O restante, 400 GWh/ano, será fornecido mediante outro acordo, que garantirá o consumo verde através da entrega de GdOs de outros ativos renováveis da companhia elétrica.

Localizado no município de Borja, em Saragoça, o parque eólico Puylobo terá uma capacidade instalada de 49 megawatts (MW). Com um investimento de 50 milhões de euros, sua construção envolverá mais de 120 profissionais. A produção do parque, quando estiver em funcionamento, evitará a emissão de 32.000 toneladas de CO2/ano.

O parque eólico Puylobo faz parte da estratégia de investimento em projetos de geração de energia renovável da Iberdrola na Espanha, assim como de sua aposta em contratos bilaterais para promover o fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis entre grandes clientes comprometidos com um consumo sustentável.

“Os PPA oferecem muitas oportunidades para o desenvolvimento de projetos renováveis que estejam transformando o presente e o futuro energético em nosso país. Esses contratos de compra e venda de energia de longo prazo proporcionam estabilidade aos investimentos e se tornaram uma excelente ferramenta para gerenciar o fornecimento elétrico de grandes consumidores, comprometidos com um consumo limpo e sustentável. Também demonstram a competitividade das energias renováveis e sua capacidade para fornecer energia a preços acessíveis e estáveis”, explica Eduardo Insunza, Diretor de Grandes Clientes da Iberdrola.

“Nosso marco estratégico de empresa sustentável e responsável com o planeta define o objetivo de que, até 2025, 100 % de nossa energia elétrica adquirida deverá ser proveniente de fontes renováveis e as emissões de CO2 se reduzirão em 50 % em relação ao exercício 2016-17. A energia utilizada para o funcionamento da rede representa mais de 97 % de nosso consumo total, sendo portanto essencial a implantação de medidas de eficiência energética e o estabelecimento de acordos de compra de energia proveniente de fontes renováveis, tal como o contrato que assinamos hoje com a Iberdrola”, afirma Ismael Asenjo, Diretor-geral de Tecnologia da Vodafone Espanha.


Energias renováveis para uma recuperação verde

A Iberdrola é uma referência no âmbito dos PPA no mundo e gerencia acordos de compra e venda de energia de longo prazo em mercados da Espanha, Reino Unido, Estados Unidos e México, provenientes de projetos eólicos e fotovoltaicos de mais de 2.500 MW. Na Espanha, a Companhia foi pioneira em promover essa modalidade com empresas de diferentes setores: bancos, telecomunicações, setor da cerveja, distribuição e marcas relacionadas ao esporte.

A Companhia não tem dúvidas de que a eletrificação será a alavanca da recuperação econômica e do emprego no mundo pós-COVID; por isso, para este ano planeja fazer investimentos no mundo, no valor de 10 bilhões de euros, que permitirão mobilizar projetos, a atividade industrial da cadeia de valor e a inovação em áreas como a energia renovável, as redes inteligentes e os sistemas de armazenamento em larga escala.

A Iberdrola é líder em energias renováveis na Espanha, com uma capacidade eólica instalada de mais de 6.000 MW e de mais de 16.500 MW em energias renováveis; um volume que no mundo supera os 32.000 MW, convertendo seu parque de geração em um dos mais limpos do setor energético.

Mais informações: Você sabe o que é um PPA e quais são suas principais vantagens?  


Compromisso ambiental da Vodafone

Para a Vodafone, o respeito pelo meio ambiente significa desenvolver suas atividades de forma responsável, minimizando a pegada ambiental das operações e ajudando seus clientes e a sociedade a serem mais eficientes. A Vodafone tem certeza de que é necessário adotar medidas urgentes e sustentáveis para abordar as mudanças climáticas e que o sucesso empresarial não deve representar um custo para o meio ambiente. Prova desse compromisso é a recente assinatura por parte do Grupo Vodafone da declaração "Recover better" do Pacto Mundial das Nações Unidas, que pede para que os governos considerem os objetivos com base na ciência no momento de estabelecer o roteiro para chegar a emissões zero antes de 2050.

O compromisso da Vodafone de reduzir seu impacto ambiental ajuda a garantir um futuro sustentável para todos. Seu foco na eficiência energética, no uso de energias renováveis e na redução de resíduos ajudará a mitigar o impacto ambiental associado à crescente demanda de dados por parte dos clientes. No último exercício fiscal, a Vodafone Espanha, através de seus programas energéticos, de fomento do trabalho em home office e da economia circular, assim como do desenvolvimento de produtos e serviços para seus clientes, conseguiu evitar direta e indiretamente a emissão de 656.924 toneladas de CO2 na Espanha.