NotíciaVolver

18/11/2020

Assina um acordo com a empresa norueguesa Nel para construir e desenvolver eletrolisadores de grande tamanho na Espanha

Iberdrola se une ao primeiro fabricante mundial de eletrolisadores para converter a Espanha em líder tecnológico e industrial de hidrogênio verde

  • Para materializar o acordo, a Iberdrola, junto à empresa Ingeteam, localizada no País Basco, criou a Iberlyzer, uma companhia que se dedicará a fabricar, instalar e fazer a manutenção de eletrolisadores
  • A Iberlyzer iniciará sua operação no próximo ano e fornecerá mais de 200 MW de eletrolisadores em 2023, com um investimento inicial de cerca de 100 milhões de euros, criando emprego direto para 150 pessoas
  • O acordo reforça o projeto de hidrogênio verde da Iberdrola e da Fertiberia, que prevê o desenvolvimento de 800 MW - em quatro projetos - e um investimento de 1,8 bilhão de euros, e contribuiria para o desenvolvimento da cadeia de valor e para a criação de quase 4.000 empregos.

A Iberdrola e a Nel - fabricante líder de eletrolisadores no mundo - através de sua filial Nel Hydrogen Electrolyser, somam suas capacidades para converter a Espanha em uma referência tecnológica e industrial do hidrogênio verde. As empresas assinaram um acordo para desenvolver eletrolisadores de grande tamanho e promover a cadeia de valor dessa tecnologia na Espanha.

A empresa norueguesa Nel é o maior fabricante de eletrolisadores do mundo com operações comerciais em mais de 80 países. É uma empresa global que se dedica ao hidrogênio, oferecendo soluções ótimas para produzir, armazenar e distribuir hidrogênio a partir de energias renováveis. A sua origem remonta a 1927 e suas soluções de hidrogênio satisfazem toda a cadeia de valor, desde as tecnologias de produção de hidrogênio até as estações de abastecimento de hidrogênio. Suas ações estão listadas na bolsa Oslo Stock Exchange.

Além disso, e para materializar o projeto, a Iberdrola, junto à empresa Ingeteam, localizada no País Basco, constituiu a Iberlyzer, com o objetivo de se converter na primeira fabricante de eletrolisadores em larga escala da Espanha.

Essa empresa dará início às suas operações no próximo ano, tendo como meta fornecer mais de 200 MW de eletrolisadores em 2023. Essa produção - que representa mais de 50 % dos objetivos da capacidade instalada de eletrolisadores na Espanha na referida data - se destinará ao segundo projeto da parceria entre a Iberdrola e a Fertiberia, que produzirá hidrogênio verde para a usina de Palos de la Frontera em Huelva.

O Grupo Ingeteam, fornecedor habitual da Iberdrola tanto em termos nacionais como internacionais, está especializado na conversão de energia elétrica, com operações em todo o mundo e possui estabelecimentos permanentes em 24 países, dando emprego para mais de 4.000 pessoas.

O projeto industrial da Iberlyzer significará um investimento de cerca de 100 milhões de euros e criará 150 vagas de emprego qualificado e direto.

“A iniciativa permitirá acelerar a produção de hidrogênio verde na Espanha, criando uma nova indústria com um alto potencial de crescimento, como é o caso da fabricação de eletrolisadores. Continuamos avançando com nosso plano que visa situar a Espanha e a Europa na vanguarda mundial dessa tecnologia, através da qual se reduzirá a dependência energética e o consumo de combustíveis fósseis e incentivará a revitalização econômica e social do país”, explicou Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

“Para nós é uma grande oportunidade poder trabalhar estreitamente com a Iberdrola em projetos de eletrolisadores em larga escala. A Iberdrola já contribuiu com sucesso para o desenvolvimento da indústria eólica e agora está fazendo a mesma coisa com o hidrogênio. Dar visibilidade a volumes significativos de compra e trabalhar juntos no desenvolvimento da cadeia de valor em grandes projetos contribuirá de forma considerável para a redução de custos dessa tecnologia", indicou Jon André Løkke, CEO da Nel.

“Estamos orgulhosos de participar juntamente com a Iberdrola deste novo e entusiasmante projeto. Desde o nosso início temos trabalhado com eles no campo das energias renováveis; primeiro com a eólica, depois com a solar fotovoltaica e, desde hoje, com a criação da empresa Iberlyzer, nos situamos na liderança do desenvolvimento da indústria do hidrogênio verde”, indica Adolfo Rebollo, CEO da Ingeteam.


Iberdrola: líder tecnológico e industrial no setor do hidrogênio verde

Recentemente, a Iberdrola e a Fertiberia apresentaram uma parceria que contemplaria o desenvolvimento de 800 MW de hidrogênio verde em quatro fases nas usinas da Fertiberia de Puertollano (Ciudad Real) e Palos de la Frontera (Huelva) até 2027. A iniciativa representa um investimento de 1,8 bilhão de euros nos próximos sete anos e poderia tornar a Espanha líder industrial no setor do hidrogênio verde e o primeiro país com 100 % de produção completamente verde de amônia para fertilizantes.

A capacidade de produção de hidrogênio verde desse plano equivaleria a 20 % do objetivo nacional - que prevê a instalação de 4GW até 2030 - e conseguiria que cerca de 25 % do hidrogênio atualmente consumido na Espanha não gerasse emissões de CO2. Com esses projetos se contribui para o desenvolvimento da cadeia de valor, criando quase 4.000 empregos qualificados - 2.000 deles já em 2023 - através de 500 fornecedores locais.

O projeto, que é fruto da colaboração privada e pública, nasce com a mesma ambição mostrada pelo Governo espanhol em seu Roteiro do hidrogênio renovável e responde aos critérios estabelecidos pelo Fundo de Recuperação Europeu, cujo apoio será essencial para a execução das três últimas fases do projeto.


O maior complexo de hidrogênio para uso industrial da Europa

Essa iniciativa de inovação começou com a implantação do maior complexo de hidrogênio verde para uso industrial da Europa, que estará funcionando praticamente em menos de um ano na localidade de Puertollano (Ciudad Real), após um investimento de 150 milhões de euros. O projeto consistirá em uma usina solar fotovoltaica de 100 MW, um sistema de baterias de íon-lítio com uma capacidade de armazenamento de 20 MWh e um dos maiores sistemas de produção de hidrogênio com eletrólise (20 MW). Seu desenvolvimento e construção criarão 700 postos de trabalho e, uma vez em funcionamento, evitará a emissão de 39.000 tCO2/ano.

Para esse projeto, a Iberdrola selecionou a Nel Hydrogen Electrolyser, uma divisão da Nel ASA, como fornecedora preferencial para a construção do sistema de produção de hidrogênio via eletrólise.

Acesso a informação legal