Notícia Volver

05/12/2023

Assinamos aliança com a Masdar para coinvestir 15 bilhões em energia eólica 'offshore' e hidrogênio verde na Alemanha, Reino Unido e EUA

  • Após o bem-sucedido acordo de investimento no Baltic Eagle, na Alemanha, o primeiro marco dessa aliança é um coinvestimento no projeto eólico offshore East Anglia 3, de 1.400 megawatts (MW), no Reino Unido. 

A Masdar, o grupo de energias renováveis dos Emirados de Abu Dhabi, e a Iberdrola anunciaram esta manhã na COP28 um acordo estratégico para investir conjuntamente até 15 bilhões de euros. Após a assinatura, as duas empresas avaliarão o desenvolvimento de novos projetos de energia eólica offshore e hidrogênio verde na Alemanha, no Reino Unido e nos Estados Unidos, depois o bem-sucedido acordo de coinvestimento já em vigor no Baltic Eagle, na Alemanha.

O primeiro marco dessa aliança será o coinvestimento no projeto eólico offshore East Anglia 3 de 1.400 megawatts (MW) do Reino Unido, que está nos estágios finais de negociação e poderá ser assinado até o final do primeiro trimestre de 2024. A participação da Masdar nesse parque eólico pode chegar a 49%.

A previsão é que o East Anglia 3, que já está em construção, entre em operação no quarto trimestre de 2026. Em julho de 2022, a Iberdrola assinou contratos por diferença (CfD) com o governo do Reino Unido para a venda de energia do parque a um preço que aumentará de acordo com a inflação. O projeto fornecerá energia para mais de 1,3 milhão de residências no Reino Unido e criará 2.300 empregos.

Além da transação do East Anglia 3, as duas empresas trabalharão para investir conjuntamente em futuros projetos de energia eólica offshore e hidrogênio verde na Europa e em outros mercados. O trabalho já está em andamento para identificar outras oportunidades, com previsão de que o valor total do investimento em energia eólica offshore e hidrogênio verde chegue a 15 bilhões de euros. Esse projeto, anunciado na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28), nos Emirados Árabes Unidos, demonstra o forte compromisso de ambas as empresas com a aceleração da transição energética global.

O presidente executivo da Iberdrola, Ignacio Galán, afirmou: "Agora que 118 governos já se comprometeram na COP28 a triplicar a capacidade de energia renovável até 2030, atingir essa meta exigirá uma ação imediata dos governos e do setor privado. Após décadas de compromisso com as energias renováveis, redes e armazenamento, essa parceria inovadora com a Masdar demonstra mais uma vez nossa determinação em continuar aumentando os investimentos".

"A combinação de nossa experiência em energias renováveis e solidez financeira com a da Masdar nos permitirá desenvolver mais megawatts de energia limpa de forma mais rápida, competitiva e segura. Temos o prazer de estender nossa aliança com um parceiro líder e de longo prazo como a Masdar, que já está resultando na instalação de um novo parque eólico offshore na Alemanha, no Reino Unido e em todo o mundo".

O Dr. Sultan Al Jaber, Ministro da Indústria e Tecnologia Avançada dos Emirados Árabes Unidos, Presidente da Masdar e Presidente da COP28, disse: "Damos as boas-vindas a essa parceria em que dois pioneiros globais em energia limpa, a Masdar e a Iberdrola, se unirão para usar seus conhecimentos e recursos para promover a energia renovável na Europa e em todo o mundo. Na COP28, sabemos que o mundo precisa triplicar a capacidade global de energia renovável até 2030 para manter 1,5°C dentro do alcance. Parcerias sólidas, como a que existe hoje entre a Masdar e a Iberdrola, nos impulsionarão em direção a esse objetivo".

O CEO da Masdar, Mohamed Jameel Al Ramahi, disse: "Estamos muito satisfeitos por trabalhar mais uma vez com nosso parceiro estratégico, a Iberdrola, enquanto exploramos o desenvolvimento de um dos maiores parques eólicos offshore do Reino Unido e outros projetos na Europa. Com recursos eólicos abundantes, o Reino Unido e a Europa são mercados importantes para a Masdar. Como nosso objetivo é atingir 100 GW até 2030, a Masdar está concentrada no desenvolvimento de projetos inovadores desde os estágios iniciais para fortalecer nossa experiência em energia eólica offshore. Trabalhamos no Reino Unido há mais de uma década, sendo pioneiros em projetos de referência, incluindo o primeiro parque eólico offshore flutuante do mundo. Na COP28, enquanto o mundo busca triplicar a capacidade de energia renovável para garantir um futuro mais verde, projetos como o parque eólico offshore East Anglia 3, de 1.400 MW, mostram como podemos criar empregos, abastecer residências e reduzir as emissões".

Iberdrola, líder em energia limpa

A Iberdrola é a maior empresa elétrica da Europa e uma das duas maiores do mundo, atendendo a uma população de mais de 100 milhões de pessoas em todo o mundo. A empresa conta com 150 bilhões de euros de ativos totais, 41.000 MW de energias renováveis em operação e 1,2 milhão de quilômetros de redes em todo o mundo.

A Iberdrola tem mais de 10 bilhões de euros em projetos eólicos offshore em construção que estão progredindo de acordo com o plano, todos com financiamento e cadeia de suprimentos garantidos.

No projeto de Vineyard Wind (EUA), de 800 MW, já está em andamento a instalação da turbina do que será o primeiro parque eólico offshore em escala comercial do país, com previsão de que o parque comece a gerar energia em breve.

Em julho deste ano, a Iberdrola conectou à rede o parque eólico offshore de Saint-Brieuc, na França, o primeiro projeto eólico offshore de grande escala na região da Bretanha.

Além disso, o parque eólico Baltic Eagle, na Alemanha, está em construção e entrará em operação em 2024. O East Anglia 3, no Reino Unido, e o Windanker, na Alemanha, também estão programados para iniciar a produção em 2026.

Esses projetos se somarão aos 1.258 MW de energia eólica offshore já em operação, incluindo o West of Duddon Sands, no Mar da Irlanda, o Wikinger, no Mar Báltico alemão, e o East Anglia ONE, no sul do Mar do Norte. O investimento nesses projetos chega a 4 bilhões de euros.

Masdar, o impulsionador de energia limpa dos Emirados Árabes Unidos

Como líder em energia limpa dos Emirados Árabes Unidos e uma das empresas de energia renovável que mais cresce no mundo, a Masdar tem fomentado o desenvolvimento e a implantação de tecnologias de energia renovável e hidrogênio verde para enfrentar os desafios globais de sustentabilidade. Fundada em 2006, a Masdar desenvolveu projetos em mais de 40 países para ajudá-los a atingir suas metas de energia limpa e a promover o desenvolvimento sustentável.

A Masdar tem investido em projetos de energia limpa no Reino Unido e na Europa desde 2013, incluindo investimentos significativos no setor de armazenamento de energia em baterias, fundamental para superar os problemas de intermitência. No ano passado, a Masdar adquiriu a Arlington Energy, sediada em Londres, desenvolvedora de sistemas de armazenamento de energia por bateria que colocou em operação mais de 170 MW de ativos. Na costa da Escócia, a Masdar desenvolveu o primeiro parque eólico offshore flutuante do mundo, o projeto Hywind de 30 MW. Há uma década, a Masdar e seus parceiros lançaram o parque eólico offshore London Array, de 630 MW, o maior do mundo na época. A Divisão Global de Eólica Offshore da Masdar está sediada em Londres e a empresa está seguindo uma estratégia de se unir a projetos de grande escala e em estágio inicial para fortalecer ainda mais sua experiência como desenvolvedora de energia eólica offshore.

A Masdar é propriedade conjunta da Abu Dhabi National Oil Company (ADNOC), da Mubadala Investment Company (Mubadala) e da Abu Dhabi National Energy Company (TAQA) e, sob essa propriedade, a empresa tem como meta uma capacidade de portfólio de energia renovável de pelo menos 100 GW até 2030 e uma capacidade de produção anual de hidrogênio verde de até um milhão de toneladas até o mesmo ano.