investimentos

Investidores qualificados, varejistas, profissionais... A Companhia trabalha para desenvolver projetos que atraiam investimentos e investidores para o setor energético.

TeInteresa
  • O grupo Iberdrola considera as redes como um fator-chave para a eletrificação da economia e dinamização dos países onde está presente. Por isso, situa os ativos regulados — juntamente com as energias renováveis — no centro de sua estratégia, tal como demonstra seu plano de investimento para o período 2020-2025. A companhia destinará ao Negócio de Redes mais de 27 bilhões de euros (40 % do investimento orgânico previsto), de tal modo que sua base de ativos regulados atingirá a cifra de 47 bilhões de euros em 2025, multiplicando por 1,5 vezes seu valor atual.

  • Os bônus verdes são um tipo de dívida emitida por instituições públicas ou privadas que, diferentemente de outros instrumentos de crédito, comprometem o uso dos fundos obtidos com uma finalidade ambiental. Dessa forma, o dinheiro obtido se destina especificamente ao financiamento ou refinanciamento de projetos verdes. Entre 75-81% do plano de investimento 2020-2025 da Iberdrola — com uma dotação orçamentária de 75 bilhões de euros — está alinhado à taxonomia da União Europeia para a mitigação das mudanças climáticas.

    O plano de investimento histórico anunciado pelo grupo para o período 2020-2025 reafirma sua aposta nas energias renováveis. Portanto, dos 75 bilhões de euros previstos, 90 % serão destinados a investimentos orgânicos (68 bilhões) e, destes, 51 % (cerca de 34,68 bilhões) irão para a área de renováveis, que alcançará 60 gigawatts (GW) de potência instalada em 2025, dobrando a capacidade atual. Para concretizar o plano, a Iberdrola parte de uma posição única, com uma das maiores carteiras renováveis do setor, com 70,5 GW no total.

    Descubra mais artigos interessantes relacionados