investimentos

Investidores qualificados, varejistas, profissionais... A Companhia trabalha para desenvolver projetos que atraiam investimentos e investidores para o setor energético.

TeInteresa
  • Os bônus verdes estão destinados especificamente ao financiamento ou refinanciamento de projetos verdes, isto é, sustentáveis e socialmente responsáveis em áreas tão diversas como: energias renováveis, eficiência energética, transportes limpos ou gestão responsável dos resíduos. A Iberdrola se consolidou como o maior grupo emissor de bônus verdes do mundo; e no início de 2021, realizou a emissão do maior bônus verde híbrido da história, no valor de 2 bilhões de euros. Entre 75-81 % do plano de investimento 2020-2025 da Iberdrola — com uma dotação orçamentária de 75 bilhões de euros até 2025 que aumentarão até 150 bilhões em 2030 — está alinhado à taxonomia da União Europeia para a mitigação das mudanças climáticas.

  • O plano de investimento da Iberdrola para o período 2020-2025 — agora ampliado até 2030 — reafirma sua aposta nas energias renováveis. Portanto, dos 75 bilhões de euros previstos para 2025, 90 %, serão destinados a investimentos orgânicos (68 bilhões) e, destes, 51 % (cerca de 34,68 bilhões) irão para a área de energias renováveis, que chegará a 60 gigawatts (GW) de potência instalada em 2025, dobrando a capacidade atual. Com a ampliação para 150 bilhões de euros até 2030, a companhia prevê atingir uma potência instalada de energia renovável de 95 GW, partindo de uma posição única com uma das maiores carteiras renováveis do setor, superior a 74 GW.

    A progressiva eletrificação dos usos energéticos, impulsionada pela descarbonização da economia, permitirá que a Iberdrola aumente sua base de clientes. O grupo, que planeja investir mais de 6 bilhões de euros em seu negócio de Geração e Clientes entre 2020 e 2025, chegará a 60 milhões de contratos com clientes no final desse período, e antecipou um cenário para 2030 onde calcula que sua base de clientes chegará a 70 milhões. A Iberdrola oferecerá soluções inteligentes e inovadoras no âmbito residencial (bomba de calor, armazenamento de energia, mobilidade elétrica e autoconsumo) e industrial (smart solutions, eletrificação de processos e hidrogênio verde): soluções que colocarão os clientes no centro, tornando-os responsáveis pelo uso da energia.

  • O grupo Iberdrola considera as redes como um fator-chave para a eletrificação da economia e dinamização dos países onde está presente. Por isso, situa os ativos regulados — junto às energias renováveis — no centro de sua estratégia, tal como demonstra seu plano de investimento para o período 2020-2025, que atinge a cifra de 150 bilhões de euros. Só entre 2020 e 2025 a Companhia destinará ao Negócio de Redes mais de 27 bilhões de euros (40% do investimento orgânico previsto nesse período), de tal modo que sua base de ativos regulados atingirá a cifra de 47 bilhões de euros em 2025, multiplicando por 1,5 vezes seu valor atual.

    Descubra mais artigos interessantes relacionados