GESTÃO DO TALENTO

'Coaching' e 'mentoring': como potencializar o talento humano?

#alto rendimento #competências profissionais #produtividade profissional

O coaching e o mentoring nos ajudam a crescer como profissionais e a conquistar nossos objetivos graças à figura de um mestre que nos guia e acompanha durante o processo de aprendizagem. De fato, as empresas que utilizam essas duas ferramentas para a gestão do talento humano são as mais bem avaliadas pelos trabalhadores.

'COACHING' E 'MENTORING' EMPRESARIAL

Poucas vezes estamos cientes de nosso verdadeiro potencial, por isso, desperdiçamos boa parte de nosso talento. Colocamos limites a nós mesmos, apesar de existirem apenas em nossa imaginação e esquecemos, ou inclusive desconhecemos, que temos pontos fortes e recursos extraordinários para crescer no âmbito profissional. Ferramentas empresariais como o coaching e o mentoring nos ensinam a derrubar as barreiras psicológicas e a explorar nossas capacidades mais ocultas.

A eficácia dessas duas disciplinas reside na administração personalizada do talento. Tanto o coaching quanto o mentoring potencializam as habilidades individuais e trabalham a motivação dos trabalhadores para melhorar o funcionamento do grupo e transforma-los em intraempreendedores. Essa filosofia conseguiu penetrar nas empresas e cada vez há mais departamentos de recursos humanos que dedicam uma atenção personalizada à gestão do talento.

Motivos para treinar o talento.#RRSSMotivos para treinar o talento.

Descubra os motivos para treinar o talento

1. Expectativas não cumpridas

Quando a empresa está longe de atingir os objetivos previstos.

2. Mudanças no organograma

Se vai haver mudanças importantes em âmbito estrutural ou organizacional.

3. Falta de talento

Quando houver carências específicas dentro da empresa que limitam os resultados.

4. Ambientes tóxicos

Se houver pessoas da equipe que pioram os relacionamentos dentro da empresa.

5. Falta de liderança

Quando um diretor é incapaz de extrair o melhor de cada integrante da equipe.

6. Desmotivação

Se a motivação ou a criatividade diminuir entre os empregados da empresa.

Ocultar informação

DIFERENÇAS ENTRE 'COACHING' E 'MENTORING'

Diferenças entre 'coaching' e 'mentoring'.#RRSSDiferenças entre 'coaching' e 'mentoring'.

 VER INFOGRÁFICO: Diferenças entre 'coaching' e 'mentoring' [PDF]

A ADMINISTRAÇÃO DO TALENTO E DOS FORMADORES

O habitual é que o coach venha do exterior e o mentor pertença à empresa, uma vez que necessita contribuir com sua experiência e conhecimento. Os resultados em ambos os casos dependerão da habilidade do guia, por isso é aconselhável contar com o apoio de um departamento de recursos humanos dentro da empresa. Atualmente existem programas de mentoring para capacitar mentores na própria organização.

Depois de formar os mentores é necessário escolher os empregados que participarão do mentoring, dando prioridade àqueles que demonstrarem um maior potencial e àqueles que fizerem parte de departamentos estratégicos. A partir daí o ideal seria estender progressivamente o processo por toda a organização até incluir o maior número possível de trabalhadores.

Se as empresas assumiram o treinamento como parte de sua visão corporativa, poderiam dar um grande salto de qualidade na gestão do talento. O coaching e o mentoring ajudam os empregados a reduzirem seu estresse, confiarem mais em si mesmos e serem mais leais, criativos e generosos no momento de abordar seu trabalho e de transmitir seus conhecimentos e experiências.
 

 O discurso motivacional

 Você sabe qual é seu grit?

 Impulsione sua carreira com o networking(*)

 

(*)Versão espanhola