competências profissionais

As empresas demandam determinadas competências profissionais. Desde habilidades técnicas até habilidades emocionais (soft skills). Comentamos aqui como adquiri-las, desenvolvê-las e colocá-las em prática com sucesso.

TeInteresa
  • As habilidades comportamentais (soft skills) abrangem uma série de competências sociais que facilitam a relação das pessoas com seus semelhantes. Embora estejam muito vinculadas à própria personalidade, podem ser aprimoradas e, apesar de seu caráter intangível, são muito valorizadas pelas empresas atualmente. Entre eles podemos mencionar a inteligência emocional, a gestão da mudança ou o pensamento crítico.

  • O job hopping é uma tendência que cresce exponencialmente no mercado de trabalho e que se refere principalmente aos profissionais que mudam de emprego com freqüência e voluntariamente. Eles são conhecidos como job hoppers e seu objetivo é uma busca constante por novos desafios. Embora raramente se estabeleçam em uma empresa, a menos que lhes seja oferecida a possibilidade de saltar internamente, as empresas começaram a valorizá-las positivamente.

    Conforme o ranking Merco Talento 2020, a Iberdrola foi reconhecida como uma das quatro empresas com maior capacidade para atrair e manter talento na Espanha. Além disso, obteve o segundo lugar no setor de energia, gás e água, totalizando já 14 anos consecutivos nas primeiras posições. Para as pessoas, a atratividade da empresa é consequência de sua aposta na igualdade, conciliação e treinamento.

  • Entre as principais tarefas de um líder empresarial está a de conseguir que a sua equipe acredite no projeto, que fique motivada e que saiba tirar o melhor de cada membro do time em prol dos objetivos corporativos. O problema é que não há uma fórmula mágica e, consequentemente, temos um amplo leque de estilos de liderança.

    Descubra mais artigos interessantes relacionados

    No ambiente de trabalho existem muitos estilos de liderança, mas atualmente um deles se destaca sobre os demais: o transformacional, que tem o objetivo de inspirar e motivar seus colaboradores, fomentar sua criatividade e incentivar seu desenvolvimento profissional. Através da influência que exerce como modelo a seguir, induz a transformação da empresa e de seus membros, que o seguem de forma voluntária e em prol de um objetivo comum.