VANTAGENS E DESVANTAGENS DE TELETRABALHO

O teletrabalho ou como conciliar a vida familiar e a produtividade

#sociedade #alto rendimento #emprego

À primeira vista parece que o trabalho em home office só tem vantagens: uma maior conciliação entre a vida profissional e familiar, redução das despesas empresariais e, inclusive, aumento da produtividade. Porém, nem todos os setores ou profissões podem permitir essa situação. Na era do coronavírus, analisamos essa modalidade de trabalho, compartilhamos dicas para melhorar o desempenho e recomendamos ferramentas que irão ajudá-lo (la) no dia a dia.

O trabalho em home office não é uma modalidade nova, mas a crise do coronavírus — que confinou milhões de trabalhadores nas suas casas — fez com que muitas pessoas descobrissem essa modalidade de trabalho. À primeira vista pode parecer simples a adaptação a essa forma de trabalho, mas, como quase tudo na vida, tem seus prós e contras. Se perguntarmos se o trabalho em home office veio para ficar, só o tempo poderá dizer. Contudo, podemos abordar vários pontos que nos ajudarão a estar confortáveis para tirar o máximo proveito da situação.

O QUE É TELETRABALHO

Para encontrar uma definição para o trabalho em home office, também denominado trabalho remoto, o melhor é verificar o que é junto a um organismo de referência como a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Para a OIT, o trabalho em home office é uma forma de atividade profissional à distância, ou seja, realizado em um local que não seja um escritório central ou as instalações de uma fábrica, e que com a ajuda das TICs (Tecnologias da Informação e da Comunicação) facilitam simultaneamente a separação física e a comunicação.

O desenvolvimento das TICs durante os últimos anos tem sido fundamental para que o trabalho em home office se converta em uma opção perfeitamente viável tanto para as empresas quanto para os funcionários. Os possíveis pontos negativos dessa modalidade, tal como a falta de comunicação ou coordenação, foram resolvidos com as múltiplas ferramentas existentes no mercado e orientadas para tornar o trabalho em home office mais eficiente.

Nesse contexto, e ainda que possa parecer evidente, convém recordar que o trabalho em home office tem suas limitações e que nem todas as empresas ou todos os profissionais podem atualmente optar por ele. No entanto, existem profissões ideais para o trabalho em home office: programadores, designers, community managers, redatores, tradutores, professores — o boom do e-learning tornou possível a aprendizagem à distância —, consultores, ilustradores, contadores, etc. Ressaltemos também que nem todos os países do mundo têm o mesmo nível de acesso às TICs.

VANTAGENS DO TELETRABALHO

O trabalho em home office possui uma série de vantagens tanto para os funcionários quanto para as empresas e a sociedade. A seguir, elencamos algumas delas:

 Para os funcionários

  • Permite uma maior flexibilidade horária e reduz o estresse.
  • Facilita a conciliação entre a vida familiar e profissional.

 Para as empresas:

  • Redução das despesas ao minimizar o espaço e a logística do escritório.
  • Maior produtividade ao diminuir as interações supérfluas entre os funcionários.

 Para a sociedade:

  • Redução da poluição ao haver menos deslocamentos de carros e transportes públicos.
  • Com o descongestionamento das vias de circulação acontecem menos acidentes de trânsito.

Quis sao os países que dao maior importancia a conciliasao?#RRSSQuis são os países que dão maior importância à conciliação?

DESVANTAGENS DO TELETRABALHO

Nem tudo o que reluz é ouro quando falamos de trabalho em home office. Também há vários inconvenientes para os funcionários, empresas e sociedade. Alguns deles são:

 Para os funcionários:

  • O sedentarismo cresce e podem aumentar os problemas físicos, como a dor nas costas.
  • Aumenta o risco das pessoas não conseguirem se desconectar, de trabalharem mais horas do que as habituais.

 Para as empresas:

  • A identificação do funcionário com a empresa pode diminuir com o aumento do isolamento.
  • O controle do desempenho dos funcionários se torna mais complexo ao ser feito à distância.

 Para a sociedade:

  • Redução das relações interpessoais que são a base da sociedade.
  • Aumento das diferenças sociais ao existir uma desigualdade no acesso às TICs.

DICAS PARA LIDAR COM O TRABALHO EM HOME OFFICE

A adaptação ao trabalho em home office não é uma tarefa fácil e depende da personalidade de cada um de nós. O que ao princípio pode parecer accessível, com o passar dos dias pode se tornar entediante. Por isso, damos uma série de dicas para tirar o máximo proveito:

 Seja disciplinado e imponha-se uma rotina, com horários e hábitos rigorosos.

 Crie um espaço organizado, confortável e que você sinta como seu para trabalhar.

 Separe as obrigações profissionais das de lazer. Ou seja, desconecte-se em determinadas horas.

 Evite o sedentarismo. Por exemplo, a cada certo tempo levante-se e alongue seus músculos.

 Fale com as pessoas com as quais convive para que respeitem seu espaço de trabalho.

 Entre em contato com seus colegas para evitar o isolamento e facilitar o trabalho em equipe.

Dicas para trabalhar em home office.#RRSSDicas para trabalhar em 'home office'.

 VER INFOGRÁFICO: Dicas para trabalhar em home office [PDF]

FERRAMENTAS PARA TELETRABALHO

Tal como comentamos anteriormente, as TICs são fundamentais para o desenvolvimento do trabalho em home office. A seguir, enumeramos algumas das ferramentas que facilitarão suas tarefas e se tornarão imprescindíveis em seu cotidiano:

  • Teams: plataforma de trabalho colaborativo que, em sua versão gratuita, oferece chats, videoconferências, 10 GB para armazenamento de arquivos de equipe, etc.
  • Trello: software de gestão que permite que as equipes organizem e atribuam tarefas, sigam o progresso dos projetos e criem fluxos de trabalho.
  • Skype: sua versão gratuita permite fazer videoconferências com até 50 pessoas. Além disso, também permite gravá-las e compartilhar monitor com os demais usuários.
  • Quip: um editor de textos que permite criar, editar e compartilhar documentos online. Também inclui um chat dentro do painel onde é possível fazer comentários.
  • Loomio: este app facilita a tomada de decisão. Os usuários são convidados a participarem e se cria um tema de discussão onde cada um pode expor suas ideias e planos de ação.
  • Tinypulse: com um sistema de pesquisas aleatórias semanais, essa ferramenta coleta informações sobre o estado de ânimo dos funcionários.