PROFISSIONAIS STEM

Educação STEM: as carreiras com maior demanda e futuro

#treinamento #emprego #jovens #economia

O acrônimo STEM engloba as carreiras relacionadas à ciência, tecnologia, engenharia e matemática. A nova era digital e a aceleração dos avanços tecnológicos fizeram os profissionais STEM serem os mais demandados em todo o mundo.

STEM.

O relatório The Future of Jobs Employment, Skills and Workforce Strategy for the Fourth Industrial Revolution [PDF] —World Economic Forum, 2016— já sugeria que as mudanças disruptivas nos modelos de negócios causariam um profundo impacto no mercado de trabalho nos próximos anos.

Em 2022, o Relatório LinkedinExternal link, opens in new window.  Jobs on the Rise indica que 20 dos 25 empregos de crescimento mais rápido estão em profissões STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática). Estes empregos são fundamentais para novos modelos de negócio, com um aumento anual das posições disponíveis.

Diante desse cenário de mudança, os estudantes formados nas disciplinas STEM estarão nas melhores posições. Além das empresas tecnológicas, setores como o de energia, de saúde ou bancário precisarão capacitar seus profissionais para se dedicar em atividades relacionadas à análise de dados, inovação e cibersegurança em uma economia cada vez mais global e digital.

IB_Futuro_Trabajos_Prevision_Empleo_Neto_POR

 VER INFOGRÁFICO: O futuro dos trabalhos, previsão de emprego líquido por áreas de trabalho [PDF]

O CRESCIMENTO DO EMPREGO NÃO AUMENTA A BASE DA EDUCAÇÃO STEM

Os Estados Unidos já contam com mais de nove milhões de trabalhadores dedicados aos empregos vinculados à tecnologia, engenharia e ciência, o que representa mais de 6 % da força de trabalho do país. O emprego nesses setores aumentou na última década muito mais rapidamente em comparação com todos os outros ramos profissionais: 24,4 % contra 4,0 % do emprego não STEM, de acordo com os valores do Departamento de Comércio norte-americano. A tendência continuará nos próximos anos, com um valor de 11 % na década de 2020, de acordo com o instituto de estatísticas dos EUAEnlace externo, se abre en ventana nueva. , com a criação de profissões que ainda não existem ou que estão começando a ser formadas agora: piloto de drones, agregador de talento ou tecnólogo financeiro são apenas alguns exemplos.

No entanto, o aumento de profissionais com graduação em disciplinas STEM avança em um ritmo mais lento do que a demanda das empresas americanas. Na Europa, o déficit de talento é ainda mais palpável. Estima-se que a demanda por engenheiros e matemáticos aumentará 14 % até o fim da década, e as empresas terão dificuldades em preencher todas essas vagas.

É o caso do Reino Unido, onde um relatório da IETEnlace externo, se abre en ventana nueva.  (Institution of Engineering and Technology) indica que existe uma escassez de 173.000 trabalhadores, quase 10% dos empregos previstos não são preenchidos. Além disso, o número de estudantes admitidos em carreiras na engenharia e na indústria tecnológica não aumentou. Devido a isto, o próprio governo britânico criou um plano para tentar chegar a 200.000 pessoas formadas até 2030.

IB_Futuro_Trabajos_Factores_Tecnologicos_Cambio_POR

 VER INFOGRÁFICO: O futuro dos trabalhos, fatores tecnológicos da mudança [PDF]

Relatórios, como o publicado pela Agência de Estatísticas do Trabalho do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos, alertam que a escassez de profissionais qualificados será sentida com mais intensidade nas áreas de tecnologia e economia sustentável. Por isso, as principais empresas desses setores estão envolvidas em iniciativas que promovem a pesquisa científica e tecnológica e incentivam os jovens a optarem pelas carreiras STEM.

Dessa forma, bolsas de estudo ou programas que promovem a igualdade de oportunidades nas áreas da ciência, tecnologia, engenharia e matemática ajudam a criar uma mão de obra jovem e qualificada, o que beneficiará os profissionais, as empresas e a sociedade em geral. A Iberdrola México está trabalhando no programa Impulso STEMEnlace externo, se abre en ventana nueva.  para promover o estudo da engenharia entre os jovens de Oaxaca.

Atualmente, também estão sendo realizados esforços para incentivar as mulheres a entrar nas carreiras da STEM. Para isso, a Iberdrola criou a Cátedra Mulher STEM Mobilidade SustentávelEnlace externo, se abre en ventana nueva. , que procura investigar as razões da baixa participação em estudos relacionados com áreas científicas e tecnológicas.

 Programa Universidades Iberdrola

 Programa Internacional de Bolsas de Estudo 2022/23