saúde

Saúde, forma física, resistência, agilidade, força, habilidade, flexibilidade... Apresentamos as últimas tendências para o/a ajudar a ter um estilo de vida mais saudável.

TeInteresa
  • O grupo focou em todos os seus Stakeholders para a gestão da crise decorrente da COVID-19. A taxa de incidência da doença entre os trabalhadores do grupo é muito menor do que a média dos países onde a empresa está presente. A AENOR reconheceu esse fato e concedeu à companhia o primeiro certificado, em âmbito global, pela sua gestão do coronavírus.

  • A pandemia e o confinamento nos lembraram a importância de ter uma rotina diária de exercícios adequada, inclusive na nossa própria sala. Parece que aquilo que começou como uma necessidade pode se tornar uma tendência diante do receio de frequentar academias, centros esportivos ou piscinas em prol da saúde. Além disso, graças aos múltiplos apps e plataformas digitais sobre esporte, agora é mais fácil do que nunca.

    Voltar ao trabalho depois das férias nunca é fácil, mas neste ano com a irrupção da pandemia de COVID-19 pode ser ainda mais difícil. A seguir, oferecemos algumas dicas para evitar a síndrome pós-férias tanto se você estiver trabalhando em casa quanto se tiver que retornar ao escritório. Se você pertencer ao segundo grupo, não se esqueça de seguir uma série de recomendações para minimizar o risco de contágio!

  • Na Europa de 2060, um de cada três habitantes terá mais de 65 anos. Uma tendência semelhante — aumento da esperança de vida e inversão da pirâmide demográfica — será seguida pelo resto dos países desenvolvidos do planeta. Portanto, as formas de consumo se modificarão e os idosos se tornarão o motor da chamada silver economy.

    Descubra mais artigos interessantes relacionados

    Com secas cada vez mais extremas, o planeta nos lembra continuamente que sem água não há vida. Além de ser imprescindível para a sobrevivência dos seres vivos que o habitam, este recurso também o é para o desenvolvimento socioeconômico, para a produção de energia ou para a adaptação às mudanças climáticas. Porém, atualmente, enfrentamos um enorme desafio: a poluição dos rios, mares, oceanos, canais, lagos e barragens.