PRODUTOS ORGÂNICOS

Dez coisas que temos que saber sobre os produtos orgânicos

Os produtos orgânicos, também conhecidos como biológicos ou ecológicos, são cultivados com um sistema de produção que combina as melhores práticas ambientais com a preservação dos recursos naturais. Vamos te contar todos os segredos sobre eles.

Cesta de produtos orgânicos.#RRSSCesta de produtos orgânicos.

A demanda por produtos orgânicos aumenta: o mercado mundial dos alimentos produzidos em agricultura orgânica é quatro vezes maior neste século. Em 2016, por exemplo, cresceu 13% na União Europeia (UE) e 24,8% na Espanha (The World of Organic Agriculture 2017).

O que é um produto orgânico?

Qualquer alimento cultivado respeitando os ciclos da natureza — sem pesticidas químicos, fertilizantes sintéticos ou transgênicos —, alternando os cultivos para aproveitar os nutrientes próprios da terra. Esse tipo de produção aumenta a produção de espécies locais resistentes a pragas e doenças. No caso da pecuária, os animais vivem em semiliberdade e o uso de antibióticos e hormônios é proibido.

Existem diferenças entre os produtos ecológicos, biológicos e orgânicos?

A legislação em vigor na União Europeia que regula os produtos ecológicos reconhece esses adjetivos como sinônimos. Da mesma forma, a Organização de Consumidores e Usuários entende que as diferenças existentes são meramente idiomáticas: em espanhol, o termo 'ecológico' se popularizou; em francês, fala-se mais de 'biológico' e, em inglês, de 'orgânico'.

Como posso diferenciá-los na hora de comprar?

Todos os produtos orgânicos produzidos na União Europeia têm um selo que garante que esses alimentos provêm da agricultura orgânica. As autoridades visitam uma vez por ano todos os produtores que têm o selo orgânico para se certificarem de que seus processos de produção respeitam as normas da UE.

O selo orgânico da UE.#RRSSO selo orgânico da UE.

 VER INFOGRÁFICO: O selo orgânico da UE [PDF]

Os produtos orgânicos são mais saudáveis?

De acordo com a Universidade de Stanford, "não há evidências de que sejam significativamente mais nutritivos e saudáveis do que os convencionais, embora tenha sido comprovado que o seu consumo reduz a exposição aos resíduos de pesticidas e às bactérias resistentes a antibióticos". Outro estudo publicado na prestigiada publicação British Journal of Nutrition concluiu que os alimentos orgânicos têm até mais 60% de antioxidantes, menos 87% de nitritos e menos 50% de cádmio.

Os produtos orgânicos têm um sabor melhor?

Os estudos científicos são pouco conclusivos: comprovar que eles têm um sabor melhor por conta de um método específico de produção — sem considerar outros fatores como a variedade de sementes ou a época da colheita — é quase impossível. A verdade é que o sabor é uma característica que depende principalmente do ponto de maturação do alimento, embora outros aspectos como clima e/ou nutrientes próprios da terra de cultivo também influenciem no sabor.

Por que esses produtos são mais caros?

De acordo com uma análise feita pela empresa de consultoria multinacional Everis, os produtos orgânicos são mais caros do que os convencionais. No caso dos países da União Europeia, essa diferença varia entre 9%, na Alemanha, e 74%, na Espanha. A razão para os preços elevados está nas condições de produção da agricultura orgânica: a alternância de cultivos e a sazonalidade, entre outros fatores, fazem com que esse tipo de produção seja menos rentável.

Vale a pena pagar pelo preço extra?

Sim, pelo componente ético de respeito pelo meio ambiente: a eliminação de pesticidas químicos e fertilizantes sintéticos reduz a contaminação dos solos e aquíferos. Da mesma forma, esse tipo de produção prioriza o consumo local e de proximidade.

Plantação orgânica de tomates.#RRSSPlantação orgânica de tomates.

O que é a dieta orgânica?

É a dieta baseada em alimentos orgânicos sazonais, que são comprados em mercados ou lojas por produtores locais, cozidos e processados em casa: marmeladas, conservas etc.

Quem consome esses produtos?

Na Espanha, por exemplo, segundo o último estudo do Ministério da Agricultura e Pescas, Alimentação e Meio Ambiente, os consumidores comprometidos com a sustentabilidade e com o meio ambiente escolhem produtos locais e se informam lendo os rótulos dos alimentos que compram sem darem relevância às marcas. A idade média do consumidor de produtos orgânicos é de 43,4 anos, e 53% são mulheres.

Os alimentos orgânicos mais procurados.#RRSSOs alimentos orgânicos mais procurados.

 VER INFOGRÁFICO: Os alimentos orgânicos mais procurados [PDF]

 Respeitamos o meio ambiente