Onde é mais eficiente instalar um aerogerador?

INSTALAÇÃO DE AEROGERADORES

Onde é mais eficiente instalar um aerogerador?

#informática

A incerteza quanto ao comportamento do vento é o principal handicap para instalar um parque eólico, especialmente em lugares de orografia complexa. Onde e como colocar os aerogeradores para aproveitar ao máximo esse recurso? A supercomputação tem a resposta.

Tendo em vista reduzir tal incerteza, a Iberdrola trabalhou junto ao Centro Nacional de Supercomputação (Barcelona Supercomputing Center, BSC) no projeto Sedar (Simulação Eólica de Alta Resolução), um software de simulação que permite prever com antecedência, antes de sua construção, a capacidade de produção de um parque eólico terrestre ou marinho durante toda a sua vida útil.

Graças a avançadas técnicas de supercomputação, o sistema calcula as localizações que são ideais para a instalação dos aerogeradores, otimizando a concepção do complexo eólico para maximizar a geração de energia. Dessa forma, é possível melhorar a eficiência do parque eólico, reduzir os custos de construção e minimizar os riscos quando se trata de investir em um determinado projeto.

Um modelo informático de tal envergadura exige uma máquina de alta capacidade e que ofereça muitos recursos. Para seu desenvolvimento foi utilizado o supercomputador mais importante da Espanha e um dos mais potentes do mundo, graças aos seus 50.000 processadores: o MareNostrum.

MareNostrum, a joia da coroa do BSC
MareNostrum, a joia da coroa do BSC

O projeto Sedar foi iniciado em 2013 e dois anos depois a Iberdrola inaugurou o primeiro parque eólico concebido com esse sistema: Pier II (México). Localizado a cerca de 2.500 metros de altitude no sul do país, o parque Pier II é composto por 66 megawatts (MW) de capacidade e fornece energia renovável a 25.000 casas.

Parque eólico Pier II (México).

A Iberdrola ampliou o desenvolvimento desse projeto com o BSC através da iniciativa HPC4E, financiada conjuntamente pela União Europeia e pelo governo do Brasil, assim como está utilizando esse software para a concepção de 15 parques eólicos terrestres no Brasil, México e Estados Unidos.

 Inovação