direitos humanos

A defesa daqueles direitos inerentes aos seres humanos sem distinção de raça, sexo, nacionalidade, etnia, língua ou religião começa com a difusão de iniciativas que promovam as condições para a convivência em um ambiente de liberdade, justiça é paz.

TeInteresa
  • A crise da COVID-19 fez com que algumas das crises humanitárias que assolam o planeta ficassem em segundo plano, embora a pandemia as tenha exacerbado. Crises que vão desde conflitos armados até desastres naturais que se proliferam devido às mudanças climáticas. A seguir, conheceremos essas outras realidades.

  • A autoestima, a ambição e as expectativas das meninas são as primeiras vítimas dos estereótipos de gênero. Portanto, erradicar os clichês e seus comportamentos associados deveria ser prioritário para qualquer sociedade e deve começar nas escolas. Algumas iniciativas defendem a introdução de referências femininas nas salas de aula como primeiro passo.

    A tecnologia revolucionou nossa forma de consumir, de nos relacionar e informar. No entanto, também é útil para resolver problemas sociais e ambientais. A conhecida como tecnologia social está ajudando-nos a conseguir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

  • O avanço desenfreado da tecnologia fez com que nossos hábitos e condutas se transformassem, surgindo desafios e dilemas inéditos que podem colocar em risco nosso futuro como sociedade digital. A solução? Um novo conjunto de princípios éticos baseado na origem da mudança: a Internet.

    Descubra mais artigos interessantes relacionados