Ranking Merco Talento

Iberdrola, empresa líder do setor energético em termos de atração e retenção de talentos

Liderança Emprego Competências profissionais

De acordo com o ranking Merco Talento 2022, a Iberdrola foi reconhecida como a segunda empresa com maior capacidade de atração e retenção de talentos na Espanha. Além disso, obtivemos o primeiro lugar no setor de energia, gás e água, totalizando já 17 anos consecutivos nas primeiras posições. Para as pessoas, a atratividade de nossa empresa é consequência de um firme compromisso com a igualdade, o equilíbrio entre vida pessoal e profissional e formação.

Trabalhadores em uma turbina eólica
Trabalhadores da Iberdrola em uma turbina eólica.

O objetivo do MercoLink externo, abra em uma nova aba.  é incentivar a melhoria da gestão de recursos humanos nas empresas, por isso, desde o ano 2000, conta com um dos índices mais importantes em âmbito mundial: o ranking Merco Talento. A classificação, baseada em uma metodologia multistakeholder com diversas métricas e elementos de avaliação, permite compreender melhor as aspirações dos trabalhadores, além de alinhar valores e objetivos pessoais e corporativos. Portanto, o ranking Merco Talento se converteu em um termômetro de visibilidade e atração para as empresas, uma vez que mede a opinião de diversos públicos-alvo.

De acordo com o ranking Merco Talento 2022Link externo, abra em uma nova aba. , a Iberdrola obteve o segundo lugar na lista das 200 empresas com maior capacidade de atração e retenção de talentos na Espanha. Além disso, em termos setoriais, alcançamos o primeiro lugar no setor de energia, gás e água, totalizando 17 anos consecutivos nas primeiras posições.

Sem dúvida alguma, a atração e retenção de talentos é atualmente uma questão pendente em âmbito global para inúmeras empresas. Mas afinal, o que as diferencia? Por que é tão complicado e, ao mesmo tempo, tão importante atrair pessoas qualificadas que compartilhem determinados valores? O que inclina a balança dos candidatos? 

Apostamos na igualdade, na conciliação e na formação

O grande fator de diferenciação para o sucesso das empresas no século XXI é a gestão de talentos. Bill Gates, fundador da Microsoft, não exagerou quando disse que se 20 pessoas concretas deixassem sua empresa, ela iria à falência. Essa é apenas uma história, mas reflete a importância de colocar as pessoas no centro dos negócios e entender o capital humano como o principal ativo de uma companhia.

Portanto, é vital para qualquer empresa gerenciar a diversidade e a inclusão no local de trabalho, um aspecto que resulta em compromisso, satisfação e aumento do talento e da qualidade de liderança. Uma empresa diversificada atrai e retém os melhores talentos disponíveis e consegue inovar mais, o que lhe permite ser mais produtiva e aberta à sociedade.

Na Iberdrola, fornecemos energia a milhões de pessoas em dezenas de países e contamos com uma força de trabalho de mais de 40.000 funcionários. Operar nessa escala implica um alto nível de responsabilidade em tudo o que fazemos e reforça nosso compromisso de criar ambientes onde todas as pessoas se sintam livres, independente de suas origens, valores ou cultura. Para a empresa, cada funcionário é um ativo estratégico cujos esforços e talentos contribuem para a criação de valor sustentável.

 

Ignacio S. Galán, Presidente executivo do Grupo Iberdrola

Existem milhares de pessoas que desempenham um trabalho profissional e dedicado, porque acreditam no que fazem. As empresas são as pessoas

Nesse sentido, consideramos a diversidade e a inclusão uma prioridade estratégica para o crescimento sustentável e, por isso, zelamos pelo respeito a esses valores tanto dentro da companhia quanto em nossos relacionamentos externos.

Contamos com uma Política de igualdade, diversidade e inclusão que inclui as melhores práticas internacionais e, desde sua aprovação em 2018, conseguimos importantes progressos com nossos funcionários, clientes, fornecedores e a sociedade em geral, conforme consta anualmente em nosso Relatório anual de Diversidade e Inclusão, disponível em nossa página de Relatórios anuais.

Atualmente, somos uma equipe multicultural com um objetivo comum: criar valor sustentável para a empresa, para nossos clientes e acionistas e para a sociedade como um todo. Nossa cultura corporativa está baseada em quatro pilares fundamentais:

Conciliação e igualdade

Estamos comprometidos com a igualdade, a qualidade de vida e a excelência profissional, e dispomos de medidas específicas para tornar isso possível.

Diversidade e inclusão

Somos a soma de culturas e talentos, e é por isso que contamos com diversas políticas globais em vigor para evitar a discriminação e garantir o respeito à diversidade.

Formação e talento

Garantimos a disseminação do conhecimento, a aprendizagem contínua e o intercâmbio cultural, conforme descrito em nossa Política de gestão do conhecimento.

Saúde e segurança ocupacional

Buscamos a melhoria contínua em todas as áreas da gestão da prevenção de riscos ocupacionais para promover um ambiente de trabalho seguro e saudável.

Dados do ranking Merco Talento

Para a elaboração do ranking, o Merco Talento contou com a opinião de 27.638 funcionários, 6.309 estudantes universitários e de formação profissional, 859 ex-alunos de escolas de negócios, 8.001 cidadãos, 210 gerentes de recursos humanos, 92 líderes sindicais, 49 especialistas em RH e headhunters, mais de 837.676 menções analisadas no Merco Talento Digital, em colaboração com a Nethodology, e, como novidade, acrescentou a participação de 86 professores. 

Além disso, foi realizada uma análise das políticas de gestão de talentos de 87 empresas e uma análise da marca do empregador por meio do LinkedIn e da conversa gerada na esfera digital dessas empresas. No total: 43.331 pesquisas, 6 perspectivas e 11 fontes de informação.

Esses públicos avaliam as empresas em relação a três valores-chave que determinam sua atratividade em termos profissionais:

  1. Qualidade do Trabalho: salário coerente, desenvolvimento profissional, equilíbrio entre vida pessoal e profissional, etc.
  2. Marca Empregadora: setor atrativo, admirada por valores, gestão e resultados, etc.
  3. Reputação Interna: valores éticos e profissionais, igualdade e diversidade, etc.