Neorruralismo o que é e em que consiste?

NEORRURALISMO

Neorruralismo, um fenômeno que retorna após a pandemia para revitalizar as pequenas povoações

#transformação social #sociedade

O desejo de recuperar o contato com a natureza e de se afastar dos massificados núcleos urbanos aumentou desde o confinamento e das restrições decorrentes da pandemia de COVID-19. Dessa forma, o fenômeno do neorruralismo se revitalizou em todo o mundo, ou seja, o êxodo da cidade para as pequenas povoações em busca de estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis.

Os neorrurais fogem da cidade para o campo em busca de um ambiente mais saudável e sustentável.
Os neorrurais fogem da cidade para o campo em busca de um ambiente mais saudável e sustentável.

O confinamento, as restrições e as ameaças de novos surtos em virtude da pandemia de COVID-19, reavivaram no inconsciente coletivo o desejo de escapar. Esse desejo assume muitas formas, mas para a maioria a mais acessível é se afastar das cidades para se instalar nas zonas rurais. Agora que as tecnologias da informação e da comunicação (TIC) abriram caminho para o home office e como temos as smart villages, onde não falta Internet de banda larga, tudo se tornou mais simples do que nunca.

O ÊXODO URBANO (NEORRURALISMO)

Da mesma forma que a Primeira Revolução Industrial, quando houve um fluxo de migração do campo para a cidade, a Quarta Revolução Industrial, marcada pela digitalização, abre as portas para o fenômeno contrário: o neorruralismo, ou seja, a migração da cidade para o campo em busca de uma maior qualidade de vida. Embora existam antecedentes, como o movimento romântico do século XIX, o neorruralismo na sociedade moderna surgiu no final dos anos 60 nos Estados Unidos e na Europa, promovido por membros da contracultura que fugiam para o mundo rural em busca de um reencontro físico e espiritual com a natureza.

O mundo rural, por sua vez, se alimenta desse fenômeno, pois os neorrurais têm consciência ecológica e não chegam aos seus destinos com a intenção de alterá-los, mas sim de reabilitá-los Um exemplo são as pessoas que completam seu êxodo com a abertura de negócios voltados para o turismo rural ou aquelas que estabelecem ecovilas para criar pequenas comunidades marcadas por um estilo de vida sustentável. Iniciativas como essas favorecem o repovoamento e a reativação econômica de povoações abandonadas e em risco de desaparecer em todo o mundo.

MOTIVAÇÕES DOS NEORRURAIS

O neorruralismo, como já comentamos, não é um fenômeno novo, mas alguns sociólogos preveem um novo auge devido à pressão que a pandemia de COVID-19 exerceu sobre a sociedade e a necessidade de encontrar válvulas de escape. Em qualquer caso, há outras motivações:

Ecologismo e autorrealização

Alguns neorrurais renegam da vida na cidade, insistindo nos benefícios do natural, do orgânico, do local e do artesanal em todos os âmbitos: alimentação, roupa, medicina, etc. Fiéis a esses princípios, se exilam em zonas rurais tentando levar uma vida o mais sustentável possível, em harmonia com o ambiente e trabalhando a terra para serem autossuficientes.

Economia e empreendimento

Por um lado, a vida no campo é mais barata, especialmente os aluguéis. Por outro, nos últimos anos tem ocorrido um aumento dos negócios focados no "rural", seja na forma de casas rurais ou de atividades ao ar livre, o que facilita o surgimento de empreendedores dispostos a combinar sua paixão pela natureza com sua profissão.

Busca de refúgio

Sem ter necessariamente fortes crenças ecológicas, algumas pessoas se cansam do estresse da vida urbana e buscam refúgio em pequenas povoações ou zonas isoladas, por vezes na comunidade da qual são originários. Da mesma forma, também há famílias que consideram o campo um lugar mais seguro para criar seus filhos. A pandemia de COVID-19 exacerbou essa tendência.

Os perfis dos neorrurais.
Os perfis dos neorrurais.

 VER INFOGRÁFICO: Os perfis dos neorrurais [PDF] Link externo, abra em uma nova aba.

MORAR NO CAMPO: VANTAGENS E DESVANTAGENS

As vantagens da vida rural estão ligadas às motivações que impulsionam cada indivíduo a mudar-se para esse mundo e que se traduzem, geralmente e de forma resumida, em uma melhor qualidade de vida. Contudo, a vida no campo tem seus inconvenientes, os quais podem acabar superando os benefícios. Entre os quais, destacamos:

 Menor oferta de lazer

no mundo rural, por exemplo, a oferta cultural — shows, cinemas, teatros, exposições — é inferior e algo tão humano como o tédio pode ser uma razão para acabar fazendo as malas e voltar para a cidade.

 Menor oferta de serviços

O transporte público é ineficiente e uma emergência médica pode se tornar um problema devido à distância existente para chegar aos centros de saúde. Algo parecido acontece com as escolas e situações desse tipo dificultam a vida das pessoas acostumadas a um maior conforto.

 Menor oferta de trabalho

A expansão das TIC e o auge do home office abriram a porta à vida rural para muita gente que de outra forma não poderia ter deixado a cidade. No entanto, isso não muda o fato de que o número de trabalhos que pode ser desempenhado no campo seja limitado.

Além desses problemas há outros inconvenientes inesperados, como os cortes de fornecimento ou de conexão à Internet cujo conserto pode ser demorado ou as colheitas que se perdem devido às intempéries meteorológicas. Situações que sempre estão à espreita dos neorrurais recordando-lhes que já não moram na cidade, tanto para o bem quanto para o mal.

ATIVIDADES RELACIONADAS AO NEORRURALISMO

O boom do neorruralismo também pode se associar ao desenvolvimento de novas atividades econômicas ligadas ao mundo rural. Entre as quais, podemos atualmente destacar:

  • Turismo rural: costuma estar dividido em hoteleiro, esportivo e cultural, embora muitas vezes possam ser combinados.. As casas rurais são há anos a alternativa perfeita para quem deseja se desconectar do mundo urbano durante um fim de semana. O turismo esportivo também oferece aos mais urbanos a oportunidade de se reconectar com a natureza e, ao mesmo tempo, praticar uma atividade física, como caminhadas, canoagem ou escalada. Por outro lado, as excursões a pequenas povoações com um rico patrimônio histórico são cada vez mais procuradas por turistas que desejam descobrir recantos especiais.
  • Agricultura ecológica: graças à crescente demanda por produtos orgânicos, é uma das atividades mais difundidas entre os neorrurais. Desde casas unifamiliares ou comunidades com hortas para colher seus próprios alimentos até jovens que consideram essa forma de agricultura uma profissão e uma oportunidade de negócio, por isso, cada vez mais pessoas optam por essa atividade.