talento digital

A evolução das TICs (Tecnologias da Informação e Comunicação) impulsionou o desenvolvimento de um tipo de talento associado à digitalização e essas capacidades são cada vez mais demandadas. Apresentamos para você as últimas tendências.

TeInteresa
  • O deep learning ou aprendizagem profunda baseia-se em um conjunto de algoritmos relacionados ao machine learning e suas aplicações no mundo real são cada vez mais tangíveis (predição de resultados de negócio, evolução de assistentes virtuais, análise de imagens médicas, etc.), atraindo a atenção das empresas devido à sua capacidade para tirar o máximo proveito da inteligência artificial.

  • O smart contract, ou contrato inteligente, está escrito em linguagem virtual e tem a faculdade de ser executado e respeitado por si mesmo, de forma autônoma e automática, a partir de uma série de parâmetros programados. Guiado pela tecnologia blockchain, seu principal valor reside em reforçar a segurança, a transparência e a confiança entre os subscritores, evitando mal-entendidos, falsificações ou alterações e prescindindo de intermediários.

    O job hopping é uma tendência que cresce exponencialmente no mercado de trabalho e que se refere principalmente aos profissionais que mudam de emprego com freqüência e voluntariamente. Eles são conhecidos como job hoppers e seu objetivo é uma busca constante por novos desafios. Embora raramente se estabeleçam em uma empresa, a menos que lhes seja oferecida a possibilidade de saltar internamente, as empresas começaram a valorizá-las positivamente.

  • Durante a última década o setor da educação sofreu uma mudança profunda paralelamente à revolução digital, esboçando uma nova realidade nas salas de aula. Com o surgimento da EdTech (Educational Technology), um grande número de ferramentas e aplicativos foi desenvolvido e incluído no cotidiano de alunos e professores. Graças a eles, a experiência do aluno será cada vez mais personalizada.

    Descubra mais artigos interessantes relacionados

    Os seres humanos utilizam seus olhos para compreender o mundo que os rodeia. A visão artificial é uma disciplina científica cujo objetivo é conseguir que os computadores alcancem essa mesma capacidade, ou seja, garantir que as máquinas possam perceber e compreender uma ou várias imagens e agir de uma forma determinada. A seguir, enumeramos algumas de suas aplicações.