Com o Museu Guggenheim Bilbao

MUSEU GUGGENHEIM BILBAO

Apoiamos o Museu Guggenheim Bilbao desde sua criação

O notável trabalho de mecenato da Iberdrola se materializa de forma muito especial com a permanente colaboração da companhia com o Museu Guggenheim Bilbao, do qual é patrocinador desde sua inauguração.

Respondiendo a este compromiso, Iberdrola apoya distintas exposiciones e iniciativas del museo Link externo, abra em uma nova aba., entre las que destacan las siguientes:

'ALICE NEEL: AS PESSOAS PRIMEIRO'

A americana Alice Neel retratou o contexto social e político de sua época, assim como a maternidade, a perda e a nudez. A exposição Alice Neel: as pessoas primeiro, primeira retrospectiva da artista na Espanha, ficará no Guggenheim Bilbao até o dia 6 de fevereiro de 2022.

Alice Neel em seu estúdio em Nova York (aproximadamente 1960) e Maria grávida (1964).
Alice Neel em seu estúdio em Nova York (aproximadamente 1960) e Maria grávida (1964).

 

 

'BILBAU E A PINTURA'

Quase trinta obras com cenas da vida e dos costumes da cidade de Bilbau do final do século XIX e alvorecer do XX puderam ser vistas no museu até o passado agosto. A mostra Bilbau e a pintura, com curadoria de Kosme de Barañano e patrocinada pela Iberdrola, reuniu diferentes pintores da época que, com seus traços imbuídos do impressionismo francês e das vanguardas, refletem o transcendental processo de modernização da cidade.

Muestra_Bilbao_Pintura_Guggenheim
A exposição mostra a Bilbau que passa de vila a grande cidade.

 

'OLAFUR ELIASSON. NA VIDA REAL'

O artista dinamarquês-islandês Olafur Eliasson desembarcou no Guggenheim, em colaboração com a Iberdrola, com uma proposta multimídia na qual incentivou o espectador a refletir sobre sua compreensão e percepção do mundo físico que nos rodeia.

Olafur
Olafur Eliasson, 'Beleza' (1993) / Foto: Anders Sune Berg / Museum of Contemporary Art, Los Ángeles / © 1993 Olafur Eliasson.

A mostra Olafur Eliasson. Na vida real, que pôde ser visitada de 14 de fevereiro de 2020 a 11 de abril de 2021, chamou nossa atenção para algumas das questões mais transcendentais da atualidade através de peças realizadas entre 1990 e 2020 — esculturas, fotografias, pinturas e instalações que jogam com reflexos e cores — e que questionam a forma como percebemos o meio em que estamos inseridos e como nos desenvolvemos no mesmo. Para isso, ele usa materiais como musgo, água, gelo glacial, névoa, luz ou metais refletores.

'OBRAS-PRIMAS DA KUNSTHALLE BREMEN: DE DELACROIX A BECKMANN'

O Museu Guggenheim Bilbao acolheu a mostra Obras-primas da Kunsthalle Bremen: de Delacroix a Beckmann Link externo, abra em uma nova aba.. Patrocinada pela Iberdrola, narrava a história desta galeria de arte alemã e sua precoce dedicação à arte moderna, evidenciando a íntima relação entre a arte alemã e a francesa dos séculos XIX e XX.

Van_Gogh
Vincent van Gogh, 'Campo com papoulas' (1889).

Na mostra, que ficou aberta até o dia 16 de fevereiro de 2020, mostrou a singular história e o discurso artístico deste museu inaugurado em 1894 que se caracteriza pelo seu sólido compromisso cívico, pela intensa relação entre o colecionismo privado e a tutela institucional, bem por um avançado trabalho de pesquisa profissional e de divulgação da arte moderna.

 Mais informação

'GIORGIO MORANDI E OS ANTIGOS MAESTROS'

O Museu Guggenheim Bilbao apresentava em abril de 2019 Uma olhada para trás: "Giorgio Morandi e os Antigos Maestros" Link externo, abra em uma nova aba., uma extensa viagem pelo trabalho de um dos grandes pintores italianos do século XX que revelava a relação entre suas pinturas de natureza-morta e algumas suas principais influências na história da arte.

Morandi
Giorgio Morandi, 'Natureza-morta', 1956.

Patrocinada pela Iberdrola, essa mostra —que pode ser visitada de 12 de abril a 6 de outubro de 2019— reuniu pela primeira vez uma ampla seleção de pinturas excepcionais de Morandi e algumas das obras dos Antigos Maestros que influenciaram sua técnica artística por quatro décadas, desde o período entre guerras até o início dos anos 1960.

 Mais informações sobre a exposição

'ALBERTO GIACOMETTI. RETROSPECTIVA'

O Museu Guggenheim Bilbao recebeu, até 24 de fevereiro de 2019, a exposição Alberto Giacometti. Retrospectiva, dedicada a um dos artistas mais influentes do século XX e um dos principais escultores de toda a história.

Alberto_Giacometti
Alberto Giacometti, 1951.

Organizada pelo Museu Guggenheim Bilbao e pela Fundação Giacometti de Paris e com o patrocínio da Iberdrola, a exposição reuniu mais de 200 esculturas, pinturas e desenhos que sintetizam as mais de quatro décadas de carreira do genial artista suíço: desde seus primeiros trabalhos vinculados ao Cubismo e ao Surrealismo até suas estilizadas e rugosas figuras de múltiplas escalas feitas em uma fase mais madura da sua trajetória profissional.

Alberto Giacometti (1901-1966) sempre impregnou suas criações com uma grande profundidade e reflexão. A figura humana é um de seus principais temas, e grande parte de suas obras é inspirada nas pessoas aoseu redor, especialmente seu irmão Diego, sua esposa Annette, seus amigos e suas amantes.

 Comunicado à imprensa (Versão em espanhol) [PDF] Link externo, abra em uma nova aba.

Por conta da inauguração da exposição e coincidindo com o 21º aniversário do Museu Guggenheim Bilbao, a Iberdrola concedeu entradas gratuitas ao museu durante os dias 20 e 21 de outubro de 2018.

'BILL VIOLA. RETROSPECTIVA'

De 30 de junho a 9 de novembro de 2017, a obra de Bill Viola (Nova York, 1951) retornou mais de uma década depois ao museu de Bilbao com uma viagem por toda trajetória do artista Link externo, abra em uma nova aba. pioneiro no desenvolvimento da videoarte.

Avanzando_Cada_Dia

'Avançando a cada dia (Going Forth By Day)', 2002. Instalação de vídeo e som. Locução do vídeo (Versão em espanhol) [PDF]

A retrospectiva revelou a evolução do trabalho de Viola ao longo de 40 anos de carreira e a transformação de sua linguagem, que coincide com o revolucionário desenvolvimento da tecnologia e das técnicas audiovisuais, cujos avanços foram sendo incorporados de maneira progressiva em sua produção criativa.

'REFLEXÕES'

Para comemorar os 20 anos do Museu Guggenheim Bilbao, do dia 11 a 14 de outubro de 2017, o emblemático edifício de Frank Gehry se tornou a tela de uma impressionante intervenção artística graças a 'Reflexões', um espetáculo de video mapping em grande escala que contou com a colaboração da Iberdrola. A iniciativa, aberta e gratuita ao público, percorre duas décadas de história e criatividade em Bilbao por meio de luz, textura e movimento.

Reflections
A Iberdrola iluminou o Museu Guggenheim Bilbao para celebrar o 20º aniversário do museu.

'FRANCIS BACON: DE PICASSO A VELÁZQUEZ'

De 30 de setembro de 2016 a 8 de janeiro de 2017, a Iberdrola patrocinou a 'Francis Bacon: de Picasso a Velázquez', que reuniu uma valiosa seleção de cerca de 80 obras avaliadas entre as mais importantes do artista britânico. Junto de diversas obras já apresentadas, a exposição conta com o trabalho de mestres clássicos que influenciaram a carreira de Francis Bacon.

Francis_Bacon_Triptico
Francis Bacon, Três Estudos para uma Crucificação, 1962.

A exposição mergulhou nas marcas deixadas pelas culturas espanhola e francesa no trabalho de Bacon, um francófilo efervescente e grande entendido da arte dos grandes maestros clássicos espanhóis, como Velázquez, Zurbarán El Greco ou Goya.

 Comunicado à imprensa [PDF] Link externo, abra em uma nova aba.

Além disso, com o objetivo de tornar a arte acessível para todos, a companhia patrocinou os primeiros dias de portas abertas do Guggenheim. Essa foi a primeira vez que uma entidade privada permitiu que os visitantes entrassem de graça, incentivando todos a visitarem o museu em Bilbao.