CONTRIBUIÇÃO FISCAL

A contribuição tributária total do grupo Iberdrola no mundo chegou a quase 8,156 bilhões de euros em 2019

A contribuição tributária direta do grupo Iberdrola no mundo chegou a 8,156 bilhões de euros durante o exercício passado, 217 milhões a mais do que em 2018. É o que expõe o Relatório de transparência fiscal 2019 elaborado pela companhia pelo segundo ano consecutivo. Dito relatório contém, como novidade, informações pormenorizadas sem precedentes no índice da bolsa espanhola IBEX 35.

Esta quantia global inclui tanto os tributos próprios quanto os arrecadados pelo grupo, sendo similar ao total de investimentos realizados pela Iberdrola no ano passado: 8,158 bilhões de euros. O relatório também demonstra que 43 % do lucro da companhia foi destinado ao pagamento de impostos, porcentagem que sobe até 50 % no caso da Espanha.

De fato, a Espanha foi o país com maior contribuição, com 43,3 % do total (3,529 bilhões de euros). Seguido pelo Brasil (2,57 bilhões), Estados Unidos (963 milhões), Reino Unido (639 milhões), México (258 milhões) e o resto dos países (197 milhões).

CONTRIBUIÇÃO TRIBUTÁRIA TOTAL DO GRUPO IBERDROLA (Exercício 2019)
PAÍS TOTAL IMPOSTOS PRÓPRIOS TOTAL IMPOSTOS ARRECADADOS TOTAL CONTRIBUIÇÃO LÍQUIDA
Espanha 1.500 2.029 3.529
Reino Unido 357 282 639
E UA 665 298 963
Brasil 177 2.393 2.570
México 221 37 258
Resto 21 176 197
TOTAL 2.941 5.215 8.156

Dados oferecidos em milhões de €.

 

COMPROMETIDOS COM UMA FISCALIDADE RESPONSÁVEL

Com a elaboração do Relatório de transparência fiscal 2019: nosso compromisso com a sociedade [PDF], a Iberdrola visa destacar a relevante contribuição fiscal do grupo em todo o mundo“imprescindível para o sustento dos gastos públicos”, conforme palavras do presidente da empresa, Ignacio Galán —, especialmente na Espanha, onde as rubricas de tributos energéticos (729 milhões de euros) e de Imposto de Sociedades (367 milhões) são muito importantes.

Ignacio Galán, presidente do grupo Iberdrola

A Iberdrola tenciona converter sua contribuição aos cofres públicos em uma fiscalidade responsável por meio de medidas como a tomada de decisões razoáveis, a cooperação reforçada com as Administrações Tributárias e a transparência nas informações fiscais a terceiros

Um componente fundamental do dividendo social do grupo Iberdrola é nossa contribuição para as cargas tributárias, de acordo com a lei e em consonância com as expectativas dos diferentes países onde operamos e da sociedade em geral. A contribuição das grandes empresas para a sustentação dos sistemas fiscais é imprescindível para garantir a melhor prestação possível de bens e serviços essenciais, e na Iberdrola estamos plenamente cientes da relevância do cumprimento dessa responsabilidade.

Com a publicação do Relatório de transparência fiscal avançamos substancialmente em nossas práticas de transparência, tornando públicas todas as informações fiscais que possam ser relevantes para nossos Stakeholders: acionistas, fornecedores e pessoas às quais fornecemos energia, as Administrações Públicas e organismos reguladores, nossa equipe humana, os meios de comunicação e a sociedade em geral.

CERTIFICAMOS O NOSSO SISTEMA DE 'COMPLIANCE' TRIBUTÁRIO

Além disso, esta segunda edição inclui duas importantes novidades:

  • Somos a primeira empresa espanhola em conseguir o certificado da AENOR (Associação Espanhola de Normalização e Certificação) pelo seu sistema de gestão de compliance tributário, conforme os requisitos estipulados na Norma UNE 19602.
  • Incluímos de forma voluntária as informações relativas à distribuição de lucros, impostos e atividades econômicas por jurisdição fiscal do Relatório País por País do grupo Iberdrola 2019, colocando à disposição da sociedade em geral as mesmas informações proporcionadas às Administrações Tributárias.

A execução de uma atividade responsável, o compromisso com a sociedade e a transparência inspiram nossa tarefa diária em matéria fiscal e constituem, igualmente, o quadro de referência para a elaboração deste relatório.

 Nossos compromissos