'START-UP' CHALLENGE: PROTEÇÃO DA AVIFAUNA EM REDES ELÉTRICAS

Como melhorar a convivência das redes aéreas com a fauna e a flora?

Visando minimizar o impacto das linhas elétricas no meio ambiente, especialmente na avifauna, a Iberdrola lançou um novo Start-up Challenge para encontrar soluções inovadoras que melhorem sua coexistência.

A Iberdrola possui mais de 1,1 milhão de km de linhas elétricas de transmissão e distribuição de eletricidade que se estendem entre os Estados Unidos, Brasil, Reino Unido e Espanha. Essa rede é composta por mais de 4.400 subestações de alta e média tensão e por mais de 1,5 milhão de transformadores de distribuição de média e baixa tensão. Tudo isso construído e operado para fornecer um serviço de alta qualidade e confiabilidade para um total de 31 milhões de pontos de fornecimento de eletricidade.

Além disso, o grupo é pioneiro na digitalização de suas redes através do desenvolvimento de smart grids, da integração de soluções de armazenamento e da instalação de estações de recarga para veículos elétricos.

Todo esse trabalho é feito de forma paralela com um grande esforço para minimizar o impacto dessas instalações no meio ambiente. Nesse sentido, o desafio lançado pela Iberdrola, através de seu Programa internacional de 'Start-ups' - PERSEO, foca na busca de soluções inovadoras que permitam reduzir esse impacto.

O PROBLEMA

 Devido à sua estrutura e localização, os apoios elétricos — elementos fundamentais para a transmissão e distribuição da energia elétrica — se convertem em perfeitos pontos de observação para as aves em busca de descanso e alimentos. As aves, quando pousam nos mesmos correm o risco de eletrocussão.

 Além disso, os cabos das linhas aéreas às vezes estão na trajetória de seus voos. Tudo isso pode levar à perda de biodiversidade e, em algumas situações, desencadear riscos de incêndios.

 Por outro lado, a vegetação que se situa perto das áreas de servidão ambiental é removida para evitar a proximidade com as linhas e, dessa forma, prevenir possíveis incidentes a terceiros e à rede.

Portanto, a Iberdrola está trabalhando para melhorar as soluções existentes para que as proteções da avifauna e as ações de corte e poda sejam mais eficientes e duradouras.

O QUE BUSCAMOS

 Soluções técnicas que evitem a eletrocussão e a colisão das aves com materiais duradouros e que facilitem a operação e manutenção das linhas.

 Soluções que permitem um manejo mais sustentável da vegetação.
 

O período de inscrição terminou em 27 de julho e as propostas estão sendo avaliadas. A avaliação das ofertas será realizada por especialistas em rede de MT e sustentabilidade das diferentes regiões, que as analisarão com base em critérios de escalabilidade, projeto compatível com as instalações elétricas e material adequado. O projeto será desenvolvido em colaboração com os técnicos especialistas da área de redes da Iberdrola.

Cronograma do Start-up Challenge: proteção da avifauna em redes elétricas.
 

 Bases legais [PDF]