USINA FOTOVOLTAICA DE FRANCISCO PIZARRO

Francisco Pizarro, o maior projeto fotovoltaico da Europa

Por meio de sua filial na Espanha, o grupo Iberdrola apresentou para sua tramitação o projeto Francisco Pizarro, que — com seus 590 MWp de capacidade instalada — fornecerá energia limpa para 375.000 pessoas por ano e se tornará, após entrar em operação em 2022, a maior usina fotovoltaica da Europa.

Localização
Torrecillas de la Tiesa e
Aldeacentenera (Cáceres)

Capacidade total instalada
590 MWp

Investimento total
Mais de 300 milhões de euros

Entrada em operação
2022

Usina fotovoltaica de
Francisco Pizarro

O grupo Iberdrola dá mais um passo em sua estratégia de investimento em energias renováveis com o início do projeto Francisco Pizarro. Trata-se de uma nova usina fotovoltaica que contará com uma potência instalada de 590 MWp e que, uma vez em funcionamento em 2022, gerará energia limpa suficiente para abastecer 375.000 pessoas por ano, quantidade superior ao número de habitantes das cidades de Cáceres e Badajoz.

Esses números fazem Francisco Pizarro ser o maior projeto fotovoltaico da Europa e o maior implantado pela Iberdrola no mundo. Essa usina solar também supera outro grande projeto emblemático da empresa em Extremadura, a usina fotovoltaica Núñez de Balboa, cuja potência instalada é de 500 MWp.

A nova construção ocupará uma superfície de 1.300 hectares entre os municípios de Torrecillas de la Tiesa e Aldeacentenera — pertencentes à província de Cáceres —, que evitará a emissão para a atmosfera de 245.000 toneladas de CO2 por ano. O projeto, que foi apresentado ao Ministério de Transição Ecológica, contará com investimentos superiores a 300 milhões de euros e criará trabalho para 1.000 pessoas durante sua construção.

MAIS DE 2.000 MW EM CONSTRUÇÃO NA ESPANHA

Com Francisco Pizarro, a empresa eleva para mais de 2.000 os megawatts de energias renováveis em construção na Espanha, o que representa 70% da capacidade que o grupo prevê aumentar no país — 3.000 MW —, de acordo com seus planos de investimento para 2022.

A Iberdrola já possui 15.790 MW de potência renovável instalada na Espanha, dos quais 5.770 correspondem a energia eólica, o que a torna a líder em geração de energia eólica do país. O grupo planeja colocar em operação um total de 10.000 megawatts novos até 2030 como parte de sua estratégia de relançamento de energias limpas, que inclui investimentos de 8 bilhões de euros entre 2012 e 2022. Esse plano permitirá criar empregos para 20.000 pessoas, número praticamente 10 vezes superior se comparado com as vagas criadas atualmente para a geração tradicional na empresa.