Clean energy

A energia eólica 'offshore' flutuante tem o potencial de acessar 58% dos recursos eólicos dos EUA.

Progresso nos Estados Unidos

Ícone de um globo e uma folha.

O compromisso com a energia renovável nos Estados Unidos está em pleno andamento. Enquanto a Europa tem mais de 5.400 aerogeradores offshore em operação, os EUA têm apenas sete, todos elas localizadas na costa leste do país. 

Ícone do mar.

As altas velocidades do vento e as águas rasas do Oceano Atlântico tornam possível o desenvolvimento da atividade eólica na parte leste do país. O oposto ocorre com a costa oeste, onde a plataforma continental externa do Oceano Pacífico afunda rapidamente em profundidades de mais de 60 metros, o que faz com que o oceano seja inadequado para as tradicionais turbinas eólicas de fundo fixo. 

Ícone de uma turbina eólica no mar.

Entretanto, está surgindo uma solução para isso: o desenvolvimento da tecnologia eólica offshore flutuante. Foram identificados dois locais na Califórnia para o desenvolvimento flutuante em escala comercial. Juntos, eles poderiam contribuir com 4,6 GW de energia limpa para a rede, o suficiente para alimentar 1,6 milhões de lares nos EUA. As previsões globais preveem que o crescimento da energia eólica offshore flutuante aumentará dos atuais 100 GW para 250 GW até 2050. 

Ícone de um golfinho.

Esta tecnologia crescente consiste em instalar uma turbina de 1.500 toneladas, equivalente ao peso de cerca de 10 baleias azuis, em uma plataforma flutuante ancorada no fundo do mar.

Ícone de pessoas.

O maior parque eólico offshore flutuante em operação do mundo está em Kincardine, na Escócia, com uma capacidade de 50MW, que representa uma eletricidade suficiente para abastecer cerca de 55.000 lares escoceses.

Ícone de uma folha em duas mãos.

Novos projetos estão sendo planejados em toda a Europa e Ásia. Em 2022, um projeto financiado pela UE e liderado pela Iberdrola instalará em águas norueguesas a maior turbina única, com uma capacidade de 10 MW. 

Uma aposta segura para impulsionar as energias renováveis

Assim como o grupo Iberdrola foi pioneiro no desenvolvimento da energia eólica onshore há mais de duas décadas, a empresa está agora liderando o desenvolvimento da energia eólica offshore, um dos principais pontos para o crescimento da empresa, pelo qual iniciou sua aposta há 15 anos.

O compromisso com a eólica offshore será reforçado nos próximos anos. Para isso, a Iberdrola conta com uma carteira de projetos de mais de 43.000 MW, dos quais quase 30.000 MW -67 % do total- correspondem a empreendimentos offshore. 

Dessa forma, o grupo confirma sua liderança global nessa tecnologia. Com foco em países com metas ambiciosas com as renováveis, a companhia conta com projetos na Alemanha, Japão, Suécia, Irlanda, Polônia, Taiwan e Filipinas. Além disso, possui iniciativas nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Fonte: FT