AGENDA CLIMÁTICA

O futuro do planeta está em jogo: a intensa agenda climática mundial antes de finalizar 2020

#sustentabilidade ambiental #sociedade #mudanças climáticas

Um elemento que vale destacar no denominado "novo normal" é a fusão do discurso climático e econômico, com foco em todas as atividades da agenda climática relativamente a esses dois aspectos que devem estar intrinsecamente ligados para conseguir que a recuperação propicie uma economia robusta, saudável e sustentável. A seguir expomos os principais eventos sobre o clima até o final de 2020.

Apesar das circunstâncias excepcionais ocasionadas pela crise sanitária e econômica decorrente da COVID-19, a agenda climática global adquirirá um dinamismo especial na última parte do ano com uma ampla gama de eventos internacionais, campanhas e acontecimentos políticos, alguns deles virtuais, onde a Iberdrola estará presente com uma participação em todos os níveis.

SETEMBRO - SEMANA DO CLIMA DE NOVA YORK

O primeiro encontro do calendário será realizado na quarta semana de setembro em Nova York (Estados Unidos), onde acontecerá a Assembleia Geral das Nações Unidas com um vasto leque de eventos relacionados à ação climática e recuperação verde. Paralelamente, organiza-se a Semana do Clima de Nova York que a partir de uma perspectiva de negócio ilustra os avanços em termos de ação climática das grandes organizações empresariais através de eventos que focam em financiamento climático, soluções para caminhar em direção a um transporte eletrificado e livre de emissões — com atividades organizadas pela coalizão EV 100, da qual a Iberdrola faz parte —, promoção das energias renováveis, etc.

Entre os eventos vinculados à Organização das Nações Unidas (ONU), destacam-se os seguintes pela presença do secretário-geral, António Guterres, e pelo nível dos palestrantes:

  • UN Private Sector Forum. Reunirá líderes de governos, empresas e organizações internacionais visando proporcionar soluções para os principais problemas da agenda internacional a partir de uma ótica de sustentabilidade e ação climática.
  • UN Secretary General's High Level Event on Climate. Promovido anualmente por António Guterres para dinamizar a agenda climática em relação à COP (Conferência das Partes), nesta ocasião, o secretário-geral pedirá aos presentes para que aumentem a pressão junto aos seus respectivos governos a fim de que apresentem planos climáticos mais ambiciosos antes de finalizar 2020. Além dos governos, o papel das empresas será fundamental para apoiar uma maior ambição, por isso é importante que deem exemplo mediante objetivos de redução das emissões e estratégias de negócio alinhadas com uma economia climaticamente neutra em 2050.

Em uma perspectiva mais ampla, será realizado o SDG Business Forum, onde se dará visibilidade à contribuição do setor privado para a consecução da Agenda 2030 para um desenvolvimento sustentável e o High-Level Meeting on Ocean Stewardship, que servirá para mostrar a importância dos oceanos para a saúde do planeta e como as atividades de negócio vinculadas a este âmbito extraem valor de forma sustentável, como a energia eólica offshore, o transporte de mercadorias, a pesca sustentável, etc. Nesse último contexto, a Iberdrola formalizará perante as Nações Unidas sua adesão aos Princípios para um Oceano Sustentável.

OUTUBRO - TED COUNTDOWN

Em outubro, a coalizão global de apoio à ambição climática We Mean Business organiza em Bergen (Noruega), junto ao TED, um macroevento, o TED Countdown, cujo objetivo é dar visibilidade a soluções empresariais — oferecidas por empresas líderes em cinco grandes áreas: energia, transporte, materiais, alimentação e natureza — que permitam avançar rumo a um futuro com emissões líquidas nulas. Para cada área serão apresentados projetos ou estratégias empresariais que mostrem a vinculação entre uma economia livre de emissões e a criação de valor.

NOVEMBRO - RACE TO ZERO DIALOGUES

Durante a primeira metade de novembro deveria ocorrer a COP26 em Glasgow (Escócia), mas devido às circunstâncias atuais a mesma foi adiada para 2021. No entanto, esse período será aproveitado pela presidência britânica da COP26 e pelos High-Level Climate Champions para dinamizar a ação climática global e somar adesões à coalizão através de uma plataforma de diálogos temáticos denominada Race to Zero Dialogues. Durante tais diálogos, uma infinidade de agentes de diversas origens, tais como empresas, ONGs, governos, instituições, etc., oferecerão sua visão para avançar rumo a uma economia com emissões líquidas nulas a partir de diferentes perspectivas setoriais: finanças, energia, indústria, etc. A Iberdrola faz parte dessa iniciativa e apoiará um evento de alto nível sobre investimentos alinhados aos objetivos climáticos (Climate Investment Summit) que contará com a participação de líderes empresariais, institucionais e da sociedade civil.

No âmbito do engajamento empresarial para a organização da COP26, a presidência britânica estabeleceu um fórum de diálogo empresarial com líderes de peso, entre os quais a Iberdrola representada pela Scottish Power, que consta como COP26 Business Leader na área energética. Juntamente com esses diálogos virtuais, em vez da COP26 que foi cancelada, será realizada uma série de importantes conferências virtuais em Londres (Reino Unido) com uma abordagem empresarial e investidora que contará com uma grande representação da comunidade internacional.
 

Calendrio.

DEZEMBRO - QUINTO ANIVERSÁRIO ACORDO DE PARIS

Finalmente, no dia 12 de dezembro se comemora o quinto aniversário do Acordo de Paris. A COP21 realizada nessa cidade foi um marco na agenda climática, pois pela primeira vez se chegou a um acordo com objetivos vinculativos de natureza global e um modelo de governança inovador que obrigava os países a estabelecerem objetivos que seriam revistos a cada cinco anos e que, pela primeira vez, envolveu o setor privado e a sociedade civil no âmbito da ação climática global.

A Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC), em colaboração com o governo francês e as principais coalizões globais — UN Global Compact, We Mean Business, Corporate Leaders Group Europe, etc. — estão trabalhando em uma agenda de eventos e comemorações onde a Iberdrola participará ativamente no âmbito do acordo anual de colaboração que a UNFCCC já desenvolve há anos.

Muitas das atividades que serão realizadas ao longo destes meses serão promovidas pela plataforma de colaboração entre governos e sociedade civil, conhecida como Parceria de Marrakech (Marrakech Partnership for Global Climate Action). Tal Parceria abriu um processo de consulta para redefinir suas estratégias e atividades, com um envolvimento muito ativo por parte da Iberdrola que desenvolveu uma resposta própria para tal consulta e trabalhou junto às parcerias com as quais colabora para alinhar interesses.