'GREEN RECOVERY': POR UMA RECUPERAÇÃO VERDE

Comprometidos com a 'Green Recovery' como via para a recuperação econômica e do emprego

Com a crise gerada pela pandemia da COVID-19, estão surgindo numerosas vozes desde todos os âmbitos da sociedade que propõem aproveitar este momento de recuperação como uma oportunidade para promover a transição para um novo modelo socioeconômico que seja climaticamente neutro, resiliente, sustentável e inclusivo. É o que se chama Green Recovery ou recuperação verde, uma visão com a qual o grupo Iberdrola está plenamente comprometido e uma meta para a qual tem trabalhado desde há mais de duas décadas.


A Iberdrola — firmemente convencida de que a recuperação após a COVID-19 só pode ser verde — apostou em acelerar seus investimentos em energias renováveis, digitalização e mobilidade elétrica para incentivar a recuperação econômica e do emprego. Desta forma, continua avançando em direção à transição energética e à descarbonização e eletrificação da economia, um caminho que iniciou há 20 anos e que, desde então, levou a empresa a destinar 120 bilhões de euros a esta área, convertendo-se em líder mundial no campo das energias renováveis.

A companhia também lançou um plano de investimento histórico de 75 bilhões de euros para o período 2020-2025 — que aumentarão até 150 bilhões em 2030 — com o objetivo de contribuir de maneira decisiva para a recuperação econômica, dinamizando o tecido industrial e criando emprego nos países onde está presente. A maior parte do volume desse investimento (90 %) — 68 bilhões de euros — será orgânico e se destinará a consolidar seu modelo de negócio, baseado em mais energias renováveis, mais redes, mais armazenamento e mais soluções inteligentes para seus clientes. Mais concretamente, 51 % desse crescimento orgânico se destinará às energias renováveis e 40 % para as redes.

Ignacio Galán, presidente do grupo Iberdrola

Nosso modelo de negócio, após nos anteciparmos em 20 anos à transição energética, nos posiciona como um agente indutor fundamental na transformação do tecido industrial, impulsionando com nossa experiência o compromisso social e a capacidade financeira, um modelo de crescimento econômico sustentável de longo prazo capaz de enfrentar os atuais desafios da sociedade

O presidente do grupo, Ignacio Galán, considera que apostar em uma economia verde significa "investir em energias renováveis, redes inteligentes e armazenamento energético," o que permitirá uma maior eletrificação. Além disso, indica que essa transição oferece oportunidades no âmbito das novas tecnologias e dos processos industriais, tal como o hidrogênio verde, uma área onde a Iberdrola está liderando importantes avanços através de seu projeto para o desenvolvimento da maior instalação de hidrogênio verde para uso industrial da Europa e da implementação de 800 MW dessa tecnologia na Espanha até 2027.

Da mesma forma, Galán defende que, "para conseguir uma reativação econômica rápida e sustentada, é fundamental identificar os setores com mais potencial para agir como motores da recuperação". Ditos setores devem estar alinhados com as prioridades estratégicas europeias — como a transição energética e a digitalização — e erigir-se como indutores de investimento e criação de empregos. Nesse sentido, enfatiza que, "por cada emprego interno criado no setor de energia, são gerados 12 em outros como construção, fabricação de equipamentos, serviços de engenharia, instalação, maquinaria e ferramentas".

IBERDROLA COMO MOTOR DE CRIAÇÃO DE EMPREGO

A Iberdrola está preparada para ser um desses vetores de criação de emprego e crescimento sustentável. A companhia encerrou o Exercício de 2020 com investimentos recorde de 9.246 milhões de euros (+13 %), ajudando a reativar a economia e a criação de empregos. Dentro de sua meta de atingir quase 20.000 novas contratações até 2025, este ano foram feitas mais de 3.700.

Ignacio Galán, presidente do grupo Iberdrola

Nesta década, planejamos fazer investimentos no valor de 150 bilhões de euros para triplicar nossa capacidade renovável e dobrar nossos ativos de redes

O grupo também realizou compras por um valor de 14 bilhões de euros no Exercício de 2020 de seus mais de 22.000 fornecedores em todo o mundo, contribuindo para a manutenção de 400.000 postos de trabalho na cadeia de valor, que serão cerca de 500.000 em 2025.

Da mesma forma, a Iberdrola apresentou 150 projetos ao programa Next Generation EU, os quais mobilizarão investimentos de mais de 21 bilhões de euros na Espanha, envolverão 350 pequenas e médias empresas, instituições, parceiros tecnológicos, start-ups e toda a cadeia de valor, permitindo criar 45.000 postos de trabalho/ano e representando um crescimento econômico de mais de 1,5 % do PIB, além de melhorar a competitividade e a balança de pagamentos — entre 500 milhões e 1 bilhão de euros/ano — e contribuir para o desafio demográfico, pois foram incluídos mais de 7 bilhões de euros.

IBERDROLA, COM O 'EUROPEAN GREEN DEAL'

O presidente da companhia afirma que o grande Pacto Verde europeu significa "crescimento, emprego e prosperidade". "Temos os recursos, a tecnologia e o conhecimento para avançar imediatamente rumo a uma recuperação verde", garante, e o Pacote de Recuperação Econômica (EU Recovery Package) que a Comissão Europeia (CE) acaba de apresentar ao Parlamento proporciona "um marco claro e previsível" para implementar o plano.

Ignacio Galán, presidente do grupo Iberdrola

Avaliamos positivamente que a estratégia para uma recuperação rápida e sustentável se baseie no 'European Green Deal'

A União Europeia apresentou em dezembro de 2019 seu European Green Deal, que estabelece um roteiro para transformar a economia europeia a partir da transição verde. A Comissão Europeia considerou o Pacto Verde como um catalisador de crescimento e o Parlamento Europeu e a maioria dos governos estão seguindo a linha estabelecida pelo mesmo. Agora, com o EU Recovery Package, a Comissão mostra sua determinação em atribuir os recursos disponíveis a setores com futuro: energias limpas, eficiência e mobilidade elétrica.

A Iberdrola, que apoia o Green Deal desde o início, considera que o acordo permitirá aproveitar as oportunidades geradas pela luta contra as mudanças climáticas, assim como melhorará a competitividade dos países. Ao situar a descarbonização e a digitalização no centro da estratégia política, será possível fomentar os investimentos em energias renováveis — mais limpas, seguras e acessíveis — e gerar emprego duradouro e de qualidade, além de reduzir a poluição do ar e, consequentemente, melhorar a saúde dos cidadãos. "Podemos e devemos sair desta crise apostando em uma Europa mais forte, mais unida, mais competitiva e mais sustentável", destaca Galán.

 

APOIAMOS FIRMEMENTE A 'GREEN RECOVERY'

  • sub APOSTA NO MERCADO POLONÊS Energia eólica onshore.

    Reforçamos nosso compromisso com o mercado renovável com três novos parques eólicos na Polônia

    Chegamos a um acordo com a CEE Equity Partner para a aquisição de nova capacidade renovável no país: três parques eólicos com capacidade total de 163 megawatts e cuja produção está praticamente associada a contratos de compra de energia (PPA) por 10 anos. Dois dos empreendimentos, com capacidade de 112,5 MW, já estão em operação, enquanto o terceiro, com 50,4 MW, começará a ser construído em breve.

  • sub 'CLIMATE LEADERS AWARDS' Climate Leaders Awards.

    Patrocinamos os 'Climate Leaders Awards'

    A Iberdrola patrocinou a terceira edição dos Climate Leaders Awards, que premiam as pessoas e organizações mais comprometidas do ano no combate contra a crise climática na Espanha. Esses prêmios são promovidos pelo The Climate Reality Project Europe, a iniciativa criada para combater as mudanças climáticas por Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos e ganhador do Prêmio Nobel da Paz.

  • sub 'CLEAN ENERGY SUMMIT' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Galán reivindica a liderança da Europa na reativação verde da indústria e do emprego

    Durante sua intervenção na sessão inaugural do evento Clean Energy Summit, organizado com o apoio da Comissão Europeia e onde também participou o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, o presidente da Iberdrola ressaltou a necessidade de atuar com urgência para que a Europa não perca a liderança na transição para uma economia com baixos teores de carbono, motor da reindustrialização e criação de empregos: "Temos que fazer tudo o que for possível nesta década, devemos ser muito ambiciosos e o momento é agora".

  • sub GREVE CLIMÁTICA GLOBAL Iceberg derretendo.

    Nós nos juntamos à sétima greve climática global

    Dez líderes europeus membros da European CEO Alliance, incluindo o presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, se juntaram à sétima greve climática global para pedir medidas de proteção climática de grande abrangência. A aliança visa tornar a UE a principal região de proteção climática do mundo, liberando investimentos, impulsionando inovações nas tecnologias de amanhã e criando empregos prontos para o futuro.

  • sub NOVO PROJETO NO JAPÃO Parque eólico offshore.

    Aceleramos nossa aposta no mercado eólico offshore japonês com um novo projeto de 600 MW

    Iberdrola vai liderar o desenvolvimento do parque Seihoku-oki (600 MW), na prefeitura de Aomori (noroeste do Japão), juntamente com a promotora Cosmo Eco Power e engenharia Hitz. O projeto — em desenvolvimento — participará da rodada 2 do leilão previsto pelo governo japonês entre este ano e 2022.

  • sub YOUNG PERSONS' GUARANTEE Recuperação verde.

    A Scottishpower se compromete com a Young Persons' Guarantee para ajudar no plano de recuperação verde

    Como parte do seu plano geral para apoiar a Recuperação Verde no Reino Unido, a ScottishPower se comprometerá com a Young Person's Guarantee, uma iniciativa para garantir que todos os jovens de 16 a 24 anos de idade na Escócia tenham a oportunidade de sucesso por meio de treinamento, trabalho, educação complementar ou voluntariado. Este compromisso marca o início da Semana de Aprendizagem Escocesa de 2021 (1-5 de março).

  • sub RECUPERAÇÃO VERDE NO REINO UNIDO Recuperação verde.

    Investimos na rede elétrica britânica para avançar rumo à transição energética

    Nossa subsidiária britânica na área de Redes, a SP Energy Networks, uniu forças com outras companhias de energia do Reino Unido para financiar projetos de energia limpa usando um fundo de 300 milhões de libras. Serão elegíveis para esse financiamento as propostas eficientes e inovadoras que apoiem a transição energética e contribuam para criar novos postos de trabalho em áreas como a recarga de veículos elétricos, bomba de calor e tecnologia solar.

  • sub APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 2020

    Iberdrola registra seu recorde de investimento, 9,246 bilhões de euros (+13%), com um resultado líquido de 3,611 bilhões de euros (+4,2%)

    A Iberdrola acelerou em 2020 sua resposta aos desafios da transição energética, em um contexto sem precedentes, e o funcionamento de todas suas atividades, impulsionadas por um recorde histórico de investimentos — 9,25 bilhões de euros em 2020, 13 % superiores aos do exercício anterior —, 91 % dos quais foram destinados às áreas de renováveis e redes. A potência instalada cresceu 4.000 MW nos últimos 12 meses, até 35.000 MW verdes, aos quais devem ser adicionados mais de 17.000 MW verdes em construção.

  • sub 'EUROPEAN GREEN DEAL' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Ignacio Galán aposta na Europa para liderar a descarbonização e a recuperação econômica

    O presidente da Iberdrola manifestou sua confiança no papel protagonista que o continente deve assumir na transição energética, durante sua intervenção no debate Can the EU Green Deal empower Business and consumer change?, organizado pela European Round Table for the Industry (ERT), que também contou com a participação do vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans. Galán destacou que essa liderança será possível desde que a União Europeia se adapte com urgência para poder aproveitar a tecnologia e os recursos já disponíveis e aos quais somará o programa Next Generation EU que, em sua opinião, "será crucial para acelerar a transição e incentivar o investimento privado".

  • sub PROGRAMA NEXT GENERATION Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Ignacio Galán exorta a construir um ecossistema empresarial e industrial para aproveitar o potencial da Espanha

    O presidente do grupo Iberdrola considera o programa Next Generation EU uma oportunidade para intensificar a atividade e criar novas figuras de colaboração público-privada, conforme declarou em uma jornada organizada pelo grupo de comunicação espanhol Vocento. A Iberdrola conta com 150 iniciativas nesse plano, que permitirão mobilizar mais de 21 bilhões de euros de investimento em projetos relacionados às energias renováveis inovadoras, redes inteligentes, armazenamento energético, mobilidade sustentável, eletrificação do calor, hidrogênio verde e reciclagem de componentes de tecnologias limpas.

  • sub DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Conselho Empresarial Espanhol para o Desenvolvimento Sustentável.

    Fazemos parte do Conselho Empresarial Espanhol para o Desenvolvimento Sustentável

    A Iberdrola, com mais 24 grandes empresas, constituiu o Conselho Empresarial Espanhol para o Desenvolvimento Sustentável, representante na Espanha do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD). O organismo pretende ser o lugar de encontro empresarial de alto nível onde os máximos representantes das empresas possam conceber uma resposta estratégica conjunta que aumente a ambição e potencialize a ação diante dos importantes desafios em matéria ambiental, social e de boa governança (ESG, em sua sigla em inglês).

  • sub INDÚSTRIA E CRIAÇÃO DE EMPREGOS NAS ASTÚRIAS Capacidade renovável nas Astúrias.

    Triplicamos nossa capacidade renovável nas Astúrias com três novos parques eólicos

    A Iberdrola iniciou a colocação em funcionamento de três dos quatro parques eólicos (Cordel-Vidural, Capiechamartín e Panondres) projetados nas Astúrias (Espanha). A companhia trabalha na construção do quarto, Verdigueiro, depois de obter a autorização administrativa, e através do qual somará uma potência instalada de 130 MW eólicos, triplicando sua capacidade renovável nas Astúrias. A construção de todos esses projetos — que representam um investimento conjunto de 100 milhões de euros — está contribuindo para a dinamização do tecido industrial e da criação de empregos locais, pois envolve até 1.000 trabalhadores.

  • sub FUNDOS 'NEXT GENERATION' Fondos Next Generation.

    Pretendemos receber 8 bilhões dos fundos europeus

    A Iberdrola pretende receber 8 bilhões de euros dos fundos europeus Next Generation para os 150 projetos que lidera, através dos quais mobilizaria mais 13 bilhões de iniciativa privada. Esses projetos fazem parte do Plano de Recuperação e envolvem mais de 200 empresas, instituições e parceiros tecnológicos. Os programas se referem à eletrificação, eólica offshore flutuante, mobilidade sustentávele, hidrogênio verde, energias renováveis inovadoras, redes inteligentes, economia circular e armazenamento energético.

  • sub ENTRADA NA IRLANDA Energía eólica offshore.

    Com nossa entrada na Irlanda reforçamos nossa aposta na energia eólica 'offshore'

    A Iberdrola volta a reforçar sua aposta na energia eólica offshore com a entrada em um novo mercado, a Irlanda, que servirá de nova plataforma de crescimento para sua estratégia de expansão em energias renováveis. A companhia chegou a um acordo com a DP Energy para a aquisição de uma participação majoritária de sua carteira offshore: 3 GW, distribuídos em três clusters com projetos na costa Leste, Oeste e Sul do país, que participarão do próximo leilão em 2025-2030.

  • sub 'RACE TO ZERO BREAKTHOUGH' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Participamos do lançamento da 'Race to Zero Breakthough' para alcançar uma economia livre de emissões até 2050

    A iniciativa — promovida pela ONU, COP e UNFCCC e apresentada no Fórum de Davos — estabelece os pontos de inflexão específicos e de curto prazo para mais de 20 setores que integram a economia mundial em torno de um plano estratégico ao qual podem somar-se empresas, governos e sociedade civil antes da COP26. Em conjunto, a Race to Zero Breakthough orienta os atores-chave sobre o que devem fazer e quando a fim de implementar as mudanças setoriais necessárias para alcançar um futuro resiliente e com zero emissão de carbono no máximo até 2050.

  • sub NOVAS ADJUDICAÇÕES FOTOVOLTAICAS Energias renováveis.

    Adjudicados mais 243 MW fotovoltaicos à Iberdrola Espanha

    Foram adjudicados 243 MW fotovoltaicos à Iberdrola no leilão de energias renováveis organizado pelo Ministério de Transição Ecológica e Desafio Demográfico da Espanha. São sete usinas que estarão localizadas em áreas com uma alta produção de energia solar e que possuem sinergias de escoamento comum para a rede.

  • sub RESILIÊNCIA CLIMÁTICA Neoenergia.

    Neoenergia, pioneira em adaptar-se ao risco climático

    Nossa filial trabalha em um projeto-piloto pioneiro no setor elétrico brasileiro para garantir que seus negócios sejam cada vez mais resilientes aos cenários climáticos futuros. Em parceria com a COPPE/UFRJ e sob a coordenação do Centro Clima, a Neoenergia concebeu e aplicou uma metodologia de avaliação de risco climático em seus negócios de energias renováveis, transmissão e distribuição, após realizar ensaios em sua usina Termopernambuco (Termope).

  • sub ÍNDICE GLOBAL 100 Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Somos a empresa espanhola mais sustentável

    A Iberdrola foi selecionada como a empresa espanhola mais sustentável pelo índice Global 100 Most Sustainable Corporations in the World, elaborado anualmente pela publicação Corporate Knights. O grupo situou-se entre as primeiras 20 empresas do mundo nesse ranking, sendo reconhecido como um dos denominados green energy majors, líderes do processo de transformação do modelo econômico alinhado à recuperação verde e com compromissos climáticos cada vez mais ambiciosos.

  • sub FINANCIAMENTO DO BEI Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    O BEI apoia a estratégia de inovação da Iberdrola com um financiamento de 100 milhões de euros

    O Banco Europeu de Investimento (BEI) formalizou com a Iberdrola um financiamento de 100 milhões de euros que contribuirá para a implementação da estratégia de inovação, pesquisa e desenvolvimento da companhia entre 2021 e 2023. Os fundos obtidos impulsionarão o desenvolvimento de tecnologias inovadoras e sustentáveis, alinhadas com os vetores fundamentais da transformação do setor energético, da descarbonização e da eletrificação da economia.

  • sub AVANÇAMOS COM O PARQUE VINEYARD WIND Vineyard Wind.

    Avançamos para converter Vineyard Wind no primeiro parque eólico offshore em grande escala dos Estados Unidos

    A revisão técnica realizada por ocasião da seleção dos aerogeradores da GE Haliade-X — os maiores do mercado eólico offshore — para o parque eólico Vineyard Wind 1 confirma que não são necessárias modificações no Plano de Construção e Operações (COP) e que o plano de autorizações federais pode ser terminado. Por essa razão, a companhia comunicou ao Bureau of Ocean Energy Management (BOEM) sua decisão de anular a petição de retirar o COP realizada em dezembro de 2020, de tal forma que o processo de obtenção de autorizações federais pode seguir seu curso.

  • sub GALÁN NO FÓRUM 'CHOOSE FRANCE' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    A Iberdrola reitera o compromisso do grupo com a França, onde prevê investir 4 bilhões de euros nos próximos quatro anos

    O presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, reiterou o compromisso do grupo com a França, onde prevê investir 4 bilhões de euros nos próximos quatro anos, durante um encontro com o presidente francês, Emmanuel Macron, no âmbito do fórum 'Choose France'. Macron insistiu no fato de que os planos de recuperação estarão orientados principalmente à transição energética e digitalização, eixos estratégicos compartilhados pela Iberdrola.

  • sub PPA COM DANONE Francisco Pizarro.

    A Iberdrola se une à Danone para promover a criação da maior usina fotovoltaica da Europa

    Assinamos com a Danone España um acordo de compra e venda de energia de longo prazo (Power Purchase Agreement), que permitirá que 100% de sua energia elétrica renovável provenha da maior usina fotovoltaica projetada na Europa: Francisco Pizarro. Com uma potência instalada de 590 MW e um investimento de 300 milhões de euros, essa usina evitará a emissão de mais de 245.000 toneladas de CO2/ano quando estiver em funcionamento em 2022.

  • sub DAIRYLAND POWER COOPERATIVE Parque eólico Tatanka Ridge.

    O parque eólico Tatanka Ridge entra em operação comercial

    A Avangrid Renewables concluiu a colocação em serviço do parque eólico Tatanka Ridge de 154,8 MW. A instalação de 56 turbinas eólicas é propriedade do parque Tatanka Ridge Wind, que pertence conjuntamente à Avangrid Renewables (15 %) e WEC Energy Group (85 %), assim como chegou a um acordo de compra e venda de energia de longo prazo (PPA) com a Dairyland Power Cooperative, à qual fornecerá energia renovável suficiente para abastecer aproximadamente 16.000 residências.

  • sub CONSTRUÇÃO DO PROJETO NECEC Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Sinal verde para o projeto de conexão de energia limpa da Nova Inglaterra NECEC

    A filial do grupo Iberdrola nos Estados Unidos, AVANGRID, recebeu a Autorização Presidencial do Departamento de Energia dos Estados Unidos para o projeto New England Clean Energy Connect (NECEC), completando com sucesso as principais licenças para a construção desse projeto, que começa agora e durará dois anos e meio. Em associação com a empresa estatal Hydro-Quebec, o projeto NECEC transportará 1.200 MW de energia hidrelétrica limpa de Quebec (Canadá) para a Nova Inglaterra (EUA), reduzindo consideravelmente as emissões de carbono na região.

  • sub INVESTIMENTOS VERDES EM SALAMANCA Castilla y León.

    Tramitamos 500 novos MW verdes em Castela e Leão

    A Iberdrola continua liderando a promoção de projetos renováveis de grande capacidade com o início da tramitação de 500 novos MW verdes em Castela e Leão (Espanha): a usina fotovoltaica Villarino (200 MW) e o parque eólico Villarino (300 MW). Dessa forma, Salamanca se converte na província da região com mais projetos renováveis em tramitação por parte da Iberdrola, onde a companhia também tramita a Declaração de Impacto Ambiental de outras duas instalações fotovoltaicas: Villarino de los Aires (50 MW) e Ciudad Rodrigo (318 MW).

  • sub ENTRADA NA DINAMARCA Dinamarca.

    A Iberdrola e a Total se unem para concorrer pelo parque eólico 'offshore' Thor na Dinamarca

    A Iberdrola uniu-se à Total para desenvolver um parque eólico offshore na Dinamarca. As duas companhias constituíram uma empresa conjunta (50 % cada), pré-selecionada pela Agência Dinamarquesa da Energia para participar da licitação do parque eólico offshore Thor no Mar do Norte. Thor será um dos maiores complexos offshore do mundo, com uma capacidade entre 800 e 1.000 MW.

  • sub BATERIAS DE ENERGIA Baterias de energía.

    O bem-sucedido projeto da ScottishPower demonstra a potência das baterias em um sistema energético

    A ScottishPower exportou, pela primeira vez, energia de um sistema comercial de armazenamento de energia de uma bateria de 1 MW conectado ao parque eólico de Carland Cross na Cornualha. Este importante marco significa que a energia armazenada na bateria estará disponível em breve para a iniciativa Mercado de Energia Local da Cornualha (LEM - Local Energy Market), ajudando a contrabalançar o fornecimento e a demanda de eletricidade em termos locais.

  • sub SEGUNDO ANIVERSÁRIO DA ENERGIA SOLAR NO MÉXICO Energia solar no México.

    A energia solar no México está fazendo aniversário

    Dois dos parques solares mais importantes da Iberdrola completam dois anos de funcionamento: Hermosillo em Sonora e Santiago em San Luis Potosí. O México, que tem condições privilegiadas para o desenvolvimento da energia solar, é o país com as maiores usinas fotovoltaicas do grupo Iberdrola no mundo.

  • sub NOVA UNIDADE DE NEGÓCIO Revolução do hidrogênio verde.

    ScottishPower visa a revolução do hidrogênio verde

    Nossa subsidiária no Reino Unido, ScottishPower — a única empresa de energia integrada do país—, lançou uma nova divisão de negócios dedicada ao fornecimento de hidrogênio verde, sinalizando o compromisso da companhia com o lançamento desta tecnologia de baixo carbono.

  • sub POLÔNIA, NOVA PLATAFORMA DE CRESCIMENTO Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Reforçamos nossa estratégia em energia eólica offshore com a entrada no mercado polonês

    A Iberdrola reforça sua aposta na energia eólica offshore com a entrada em um novo mercado, a Polônia, que servirá de nova plataforma de crescimento para sua estratégia de expansão em energias renováveis. A companhia chegou a um acordo para a aquisição de 50 % da promotora Sea Wind, que possui um portfólio composto por sete projetos offshore na fase inicial e uma capacidade potencial de até 7,3 GW. Através dessa transação, o grupo também promove a criação de um hub no Mar Báltico, que atuaria como epicentro dos serviços offshore e com conteúdo local para os projetos da companhia no eixo Alemanha, Polônia e Suécia.

  • sub PLANTA SOLAR EM CHAFARIZ Planta Solar em Chafariz.

    Neoenergia estreia na geração solar de grande porte

    A nossa filial no Brasil construirá a sua primeira usina solar para geração centralizada — cuja produção será destinada ao Ambiente de Contratação Livre (ACL) — no complexo eólico Chafariz. O novo parque, que deverá entrar em operação no segundo semestre de 2022, terá potência de 149,3 MWdc, energia suficiente para abastecer mais de 100 mil residências.

  • sub PROJETO ZERO Projeto Zero.

    Debatemos com Teresa Ribera sobre como avançar para a descarbonização total

    A quarta vice-presidente e ministra para a Transição Ecológica do Governo da Espanha, Teresa Ribera, participou do quinto e último encontro do Projeto Zero, um ciclo anual de eventos organizado pela Iberdrola e pelo jornal El País. A ministra, que esteve acompanhada, entre outros, da CEO da Iberdrola España, Ángeles Santamaría, destacou que a luta contra as mudanças climáticas segue adiante apesar de os Estados Unidos terem se retirado do Acordo de Paris, e afirmou que os países que ratificaram esse pacto avançaram em busca de soluções sustentáveis.

  • sub USINA FOTOVOLTAICA DE OTERO Usina fotovoltaica Otero.

    Construiremos a segunda maior usina fotovoltaica da Europa

    A Iberdrola iniciou a tramitação da usina fotovoltaica Otero que, com uma capacidade instalada de 505 MW, será a maior de Castela e Leão e a segunda da Europa, após a colocação em funcionamento de Núñez de Balboa (500 MW) e do projeto Francisco Pizarro (590 MW), também promovidos pela companhia. A usina fotovoltaica de Otero representará um investimento que se situa perto dos 220 milhões de euros e envolverá 1.100 trabalhadores (em períodos de pico de trabalho). Uma vez em operação, fornecerá energia limpa suficiente para abastecer uma população equivalente a 290.000 residências, evitando a emissão de 182.000 t CO2/ano na atmosfera.

  • sub 'GREEN HYDROGEN CATAPULT' Hidrogênio verde.

    Formamos um consórcio mundial para acelerar a produção de hidrogênio verde

    A Iberdrola, em conjunto com seis líderes industriais globais, anunciou a criação de uma parceria mundial para acelerar a escala e a produção de hidrogênio verde em 50 vezes nos próximos seis anos, ajudando a transformar as indústrias com mais intensidade de carbono do mundo, incluídas a geração de energia, os produtos químicos, a fabricação de aço e o transporte pesado. Com esta nova iniciativa, denominada Green Hydrogen Catapult, a companhia trabalha na implantação de 25 GW de produção de hidrogênio baseada em energias renováveis até 2026 e na redução pela metade do custo atual do hidrogênio verde até menos de 2 dólares/quilograma. Os objetivos da Catapult exigirão um investimento de cerca de 110 bilhões de dólares e criarão mais de 120.000 postos de trabalho.

  • sub GALÁN, NA CERA WEEK Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    "Transformar o setor energético para o uso elétrico é a forma mais eficiente de descarbonizar a economia"

    O presidente do grupo Iberdrola, Ignacio Galán, durante o diálogo que manteve com o vice-presidente da IHS Markit, Daniel Yergin, fez uma retrospectiva do compromisso da companhia com as energias limpas e da capacidade de antecipação demonstrada nas últimas décadas.

  • sub NOVO PARQUE EM ARAGÃO Usina de Puylobo.

    Colocamos em funcionamento o parque eólico Puylobo em Saragoça

    Dando continuidade aos nossos planos de investimento em renováveis, colocamos em operação a usina de Puylobo, cuja construção, em tempo recorde e durante a pandemia, envolveu 120 profissionais. A obra civil ficou por conta de empresas aragonesas e boa parte dos componentes dos aerogeradores foi fabricada na Espanha.

  • sub 'THE WINDS OF CHANGE' Winds of change.

    Promovendo uma recuperação ecológica: nos ventos da mudança

    Nosso relatório Promovendo uma recuperação ecológica: nos ventos da mudança explica por que a eletricidade limpa e rentável do vento pode ajudar a descarbonizar a economia e atingir nossos objetivos climáticos mais rapidamente.

  • sub PROJETO ZERO: CASA ZERO Vivienda Zero.

    Construir e reabilitar um futuro descarbonizado

    Qual é o caminho para que o setor da construção civil alcance zero emissão em 2050? Como fomentar a cooperação público-privada para que a reabilitação sustentável seja o motor da recuperação econômica? Como as casas de nosso país podem se converter em moradias saudáveis, eficientes e conectadas? Essas são algumas das perguntas que se tentou responder no quarto encontro do Projeto Zero.

  • sub NEW ECONOMIC FORUM New Economic Forum.

    "Os investimentos em energias limpas devem triplicar"

    O presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, participou do painel Energy's New "Prize" do New Economic Forum de Bloomberg — realizado virtualmente entre os dias 16 e 19 de novembro sob o título A Global Town Hall (Uma prefeitura global) —, onde foram discutidos assuntos sobre energia, clima e sustentabilidade.

  • sub IBERLYZER, PONTA DE LANÇA DO HIDROGÊNIO VERDE

    Juntamo-nos ao primeiro fabricante mundial de eletrolisadores para converter a Espanha em líder tecnológico e industrial de hidrogênio verde

    A Iberdrola e o fabricante líder de eletrolisadores no mundo Nel assinaram um acordo para desenvolver eletrolisadores de grande tamanho e promover a cadeia de valor dessa tecnologia na Espanha. Para o efeito, constituímos a Iberlyzer, que iniciará sua operação no próximo ano para fornecer mais de 200 MW de eletrolisadores em 2023. Com um investimento inicial de cerca de 100 milhões de euros, irá gerar empregos diretos para 150 pessoas.

  • sub CONTRIBUIÇÃO À RECUPERAÇÃO ECONÓMICA

    Lançamos o maior programa de investimentos da história de uma companhia espanhola, com 75.000 milhões de euros hasta 2025

    90 % do volume desse investimento — 68 bilhões de euros — será orgânico e se destinará à consolidação de nosso modelo de negócio, baseado em mais energias renováveis, redes, armazenamento e soluções inteligentes para nossos clientes. O plano visa dinamizar o tecido industrial e criar emprego nos países onde estamos presentes com o objetivo de nos adiantarmos e aproveitar as oportunidades da revolução energética que as principais economias do mundo devem enfrentar.

  • sub RECUPERAÇÃO ECONÓMICA Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    A Iberdrola se compromete a destinar 75 bilhões de euros para promover a transição energética

    O jornal econômico Financial Times publicou na quinta-feira, 5 de novembro, um artigo sobre o anúncio de comprometimento feito pela Iberdrola de investir 75 bilhões de euros nos próximos cinco anos para duplicar sua capacidade de energia renovável, contribuindo para diminuir o uso dos combustíveis fósseis a nível mundial.

  • sub NOVO PROJETO FOTOVOLTAICO Paneis solares.

    Processamos um novo projeto fotovoltaico de 200 MW

    Situado no Vale de Ayora-Cofrentes (C. Valenciana), o parque fotovoltaico Cofrentes tem uma capacidade instalada de 200 MW e representa um investimento superior a 100 milhões de euros. Sua construção envolverá até 600 profissionais, contribuindo para a reativação da economia local.

  • sub GRANDE PROJETO COM A FERTIBERIA

    Situamos a Espanha na vanguarda do hidrogênio verde na Europa

    A Iberdrola e a Fertiberia projetam o desenvolvimento de 800 MW de hidrogênio verde — equivalentes a 20 % do objetivo nacional — com um investimento de 1,8 bilhão até 2027. "Um grande projeto — afirma Ignacio Galán, presidente da Iberdrola — que pode fazer de nosso país o primeiro com 100 % de produção de amoníaco para fertilizantes completamente verde".

  • sub GRUPO ESPANHOL DE CRESCIMENTO VERDE Crescimento verde.

    34 Casos de Economia Verde do GECV

    No contexto da recente aprovação do Pacto Verde Europeu (European Green Deal), o GECV - Grupo Espanhol de Crescimento Verde, do qual a Iberdrola faz parte, publicou 34 Casos de economia verde, um conjunto de iniciativas de sucesso alinhadas a um modelo de desenvolvimento sustentável, que contribui para a competitividade, criação de emprego e de valor para as empresas que o promovem e para a sociedade em seu conjunto.

  • sub GALÁN NO 'FINANCIAL TIMES' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Ignacio Galán, o engenheiro que converteu a Iberdrola na 'nova grande companhia energética'

    Por ocasião da apresentação de resultados da Iberdrola, referente aos nove primeiros meses do ano, o Financial Times elaborou um perfil do presidente do grupo, Ignacio Galán, analisando como ele foi capaz de transformar a companhia de um conglomerado espanhol de segunda categoria na terceira maior utility do mundo.

  • sub RESULTADOS NOVE MESES 2020 Torre Iberdrola.

    Iberdrola aumenta em 23 % seus investimentos em setembro, até 6,638 bilhões de euros, e 5 % seu lucro líquido, até 2,681 bilhões

    Na apresentação dos resultados dos nove primeiros meses do ano, Ignacio Galán, presidente do grupo, explicou que, "apesar das dificuldades da conjuntura que estamos vivendo, a aceleração de nossos investimentos nos impulsiona a continuar sendo um motor essencial da reativação econômica e da criação de emprego, ao mesmo tempo que melhoramos nossos resultados financeiros". A companhia incorporou 4.600 novos megawatts no último ano, dos quais 1.300 foram instalados no terceiro trimestre de 2020, e continua progredindo na construção de 7.600 MW.

  • sub HARVARD BUSINESS REVIEW Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Apostamos nas energias limpas

    Em um artigo na revista Harvard Business Review, o presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, escreve sobre o compromisso da companhia com as energias limpas e sua estratégia para desafiar os modelos tradicionais da indústria e construir um futuro melhor.

  • sub ACORDO COM A VOLVO Volvo.

    Promovemos junto à Volvo a mobilidade elétrica na Espanha

    A Iberdrola e a Volvo Car España assinaram um acordo-quadro de colaboração para promover a mobilidade sustentável, o que converte a companhia em fornecedora da solução de recarga para automóveis da linha Recharge do fabricante de veículos automotores na Espanha.

  • sub THE PLANET MARK AWARDS Winner TPM Awards.

    ScottishPower, premiado pela sua contribuição social, graças ao seu Green Economy Fund

    A SP Energy Networks foi premiada com o The Planet Mark Awards 2020 (TPM) pela sua contribuição social para a comunidade, graças ao Fundo de Economia Verde. Este fundo, de 20 milhões de libras, apoia a ambiciosa estratégia energética do governo escocês e o impulso do Reino Unido em direção a uma economia livre de carbono, com o objetivo de reduzir suas emissões líquidas de carbono e melhorar a qualidade do ar nas cidades.

  • sub DE ACORDO COM 'THE WALL STREET JOURNAL' Gestão sustentável.

    Somos a 'utility' com a gestão mais sustentável do mundo

    A Iberdrola ocupa a quinta posição no ranking global das empresas com a gestão mais sustentável do mundo, lançado pelo The Wall Street Journal que reconhece a capacidade das empresas para criar valor sustentável de longo prazo. A Iberdrola também é a utility e a empresa espanhola melhor posicionada na lista. A nova classificação foi elaborada pelos analistas de melhores práticas ambientais, sociais e de governança (Environmental, Social and Governance - ESG) da publicação, que avaliaram mais de 5.500 empresas listadas considerando critérios como programas, políticas e métricas de desempenho que as mesmas aplicam em relação ao meio ambiente, pessoas, inovação social e modelo de negócio.

  • sub JÁ ESTAMOS NO NASDAQ Nasdaq.

    Nasdaq dá as boas-vindas à Iberdrola como primeira emissora espanhola que adere à rede de bônus sustentáveis

    A Iberdrola se tornou a primeira emissora espanhola que adere à rede de bônus sustentáveis do índice Nasdaq. O Nasdaq Sustainable Bond Network (NSBN) reúne diferentes emissores e detalha de forma homogênea informações sobre sua estrutura de financiamento e os princípios que seguem, assim como dados dos impactos nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de cada uma das emissões.

  • sub DEVIDO À SUA OROGRAFIA

    Enfrentamos a construção de parques eólicos mais complexa da Espanha

    A Iberdrola avança no içamento das pás de parques localizados em uma orografia muito complexa — a montanha —, de difícil acesso, com declives acentuados e curvas de quase 180 graus. A construção desses projetos de 130 MW de potência, o que triplicará a nossa capacidade instalada na região, contribui para a revitalização do tecido industrial local e permitirá criar até 1.000 empregos.

  • sub PRIMEIRA USINA EÓLICA SOLAR HÍBRIDA DO MUNDO

    Começa a construção de Port Augusta, nossa primeira usina híbrida eólica solar

    A Iberdrola passa à ação na Austrália com seu primeiro projeto renovável no país após a aquisição — em tempo recorde e amigavelmente — da Infigen, uma das principais empresas locais de energias renováveis. O projeto Port Augusta, localizado no estado da Austrália Meridional é até agora a nossa primeira usina híbrida eólica solar no mundo e representa um investimento de 500 milhões de dólares australianos.

  • sub OPORTUNIDADES PARA A ECONOMIA ESPANHOLA Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Galán defende o plano de recuperação europeu como uma oportunidade real para a indústria espanhola

    Em um artigo de opinião publicado na revista Ethic, o presidente do grupo Iberdrola, Ignacio Galán, defende a necessidade de ser impulsionada uma nova revolução industrial cujo centro de gravidade deveria estar ocupado pelas energias limpas e pela descarbonização da economia. "Pela primeira vez em séculos, podemos dizer que a Espanha ocupa uma posição privilegiada para realizar essa transformação", afirma Galán, que também garante que "um plano de investimento verde teria um efeito multiplicador na economia espanhola muito mais significativo do que um tradicional".

  • sub DIGITAL SUMMIT DA IBERDROLA Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    "É preciso ser mais ambiciosos e combinar a revolução verde e a digital, como peças-chave da recuperação econômica"

    Acelerar o processo de descarbonização e de digitalização, em consonância com o roteiro estabelecido pela União Europeia, é para a Iberdrola o único caminho possível para a recuperação. Assim foi confirmado pelo seu presidente, Ignacio Galán, durante sua apresentação no Digital Summit organizado anualmente pela companhia — realizado este ano de forma virtual —, com o objetivo de analisar as últimas tendências em digitalização. Galán afirmou que é necessário "acelerar a descarbonização do transporte, o segmento residencial e a indústria para deixar um mundo melhor e mais sustentável para as novas gerações, onde a digitalização desempenha um papel essencial".

  • sub FÓRUM DE FINANÇAS E INVESTIMENTOS VERDES DA OCDE Forum on Green Finance and Investment.

    Iberdrola, no Fórum sobre Financiamento e Investimento Verdes 2020

    A Iberdrola patrocina o Forum on Green Finance and Investment 2020, o principal evento anual do Centro de Financiamento e Investimento Verde da OCDE, focado este ano na recuperação verde. Com participantes de todo o mundo, o fórum oferece uma oportunidade única para os setores público e privado trocarem pontos de vista e fortalecerem os planos para reconstruir melhor e mais verde. Até o 9 de outubro.

  • sub EUROPEAN CEO ALLIANCE Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Insistimos na cooperação intersetorial para lutar contra as mudanças climáticas

    Ignacio Galán, presidente do grupo Iberdrola, e CEOs de mais 11 empresas europeias uniram suas forças para conseguir um futuro livre de emissões e para uma Europa mais resiliente em torno da European CEO Alliance, uma iniciativa que apoia os objetivos do Acordo de Paris para 2050, European Green Deal e uma maior ambição para os objetivos climáticos da União. Nessa primeira reunião, Galán destacou que "a CEO Alliance representa um compromisso firme de algumas das maiores empresas do mundo com o objetivo de trabalhar conjuntamente para defender de forma ativa a adoção de medidas ambiciosas relacionadas ao clima, criar postos de trabalho e assentar as bases para uma economia europeia mais forte e sustentável".

  • sub A FOTOVOLTAICA DE ANDÉVALO É INAUGURADA

    Iberdrola triplica sua aposta renovável na Andaluzia, que chegará a 3.000 MW nos próximos cinco anos

    A companhia inaugurou a usina fotovoltaica de Andévalo, uma instalação de vanguarda que indica o caminho para um sistema energético e produtivo mais sustentável. O presidente do grupo, Ignacio Galán, acompanhado pelo presidente do governo regional da Andaluzia, Juanma Moreno, explicou que "Andévalo é um exemplo das atuações que estamos realizando na Andaluzia para triplicar nos próximos cinco anos nossa potência renovável na região que chegará a 3.000 MW". Esse novo plano representa um investimento de cerca de 1,5 bilhão de euros e permitirá criar, só no que se refere a instalação e montagem, 5.500 postos de trabalho na região. Atualmente, a Iberdrola já é a primeira promotora eólica da Andaluzia e possui uma capacidade renovável instalada de mais de 900 MW.

  • sub TRANSFORMAÇÃO VERDE Plataforma de Inovação Cidadã.

    Plataforma de Inovação Cidadã para incentivar o empreendimento nas Astúrias

    Para evitar a perda de empregos que o fechamento de suas duas últimas usinas termelétricas a carvão poderia ocasionar, a Iberdrola implementou diversos planos de transformação verde nas regiões afetadas. Na usina de Lada (Astúrias) iniciou o treinamento de 10 funcionários para realizar a primeira fase, que consistirá em coletar informações sobre os principais desafios e oportunidades na região.

  • sub MICRORREDE DE GERAÇÃO SOLAR Neoenergia.

    Neoenergia leva energia a áreas isoladas graças a uma microrrede de geração solar

    A comunidade de Xique-Xique, no município de Remanso (Bahia), será a primeira localidade onde a Neoenergia instalará uma microrrede de geração solar em área isolada. A solução será fornecida por um sistema centralizado de energia solar com capacidade para satisfazer 103 unidades consumidoras e armazenamento de baterias que garantirão 48 horas de fornecimento. A iniciativa faz parte de um projeto-piloto da companhia para beneficiar uma área que ainda não contava com fornecimento de energia elétrica.

  • sub AUTOCONSUMO Energia fotovoltaica.

    Geraremos energia fotovoltaica de autoconsumo para a Makro na Espanha

    Assinamos com a Makro um acordo de compra e venda de energia renovável de longo prazo (PPA, Power Purchase Agreement), através do qual forneceremos eletricidade verde para seus centros na Espanha durante os próximos 15 anos.

  • sub INOVAÇÃO EM REDES INTELIGENTES Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Criamos um Hub Global de Inovação em Redes Inteligentes para liderar a transição energética

    A Iberdrola considera que a transição para um novo modelo energético, baseado na eletrificação e na inclusão de mais fontes de energia renovável, exige a aceleração dos investimentos em redes de distribuição de eletricidade. Para atender aos desafios e liderar a inovação na infraestrutura da rede, a empresa anunciou o lançamento de um Hub Global de Inovação em Redes Inteligentes. O hub funcionará como uma plataforma para a promoção de inovação, combinando seus recursos tecnológicos com aqueles de seus fornecedores, colaboradores e startups do mundo inteiro.

  • sub NOVA UNIDADE DE NEGÓCIO DE HIDROGÊNIO VERDE Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Confirmamos nossa aposta no hidrogênio verde com a criação de uma nova unidade de negócio

    O presidente do grupo Iberdrola, Ignacio Galán, confirmou a aposta firme da empresa no hidrogênio verde com a criação de uma nova unidade de negócio, cujo objetivo será posicionar o grupo como líder mundial nesta tecnologia. Desse modo, a Iberdrola está à frente do novo desafio tecnológico que representa a produção e o fornecimento de hidrogênio a partir de fontes de energia limpa, uma área em que já deu os primeiros passos na Espanha — com a maior instalação de hidrogênio verde para uso industrial da Europa — e no Reino Unido — com o projeto Green Hydrogen for Scotland —. Galán fez o anúncio durante a Semana do Clima em Nova York, na qual alegou: "Só conheço uma forma de vencer as crises: investir mais em setores do futuro e ser mais produtivos e eficientes".

  • sub HIDROGÊNIO VERDE Green Hydrogen.

    Green Hydrogen for Scotland, uma aliança para atingir os objetivos de cero neto

    'Green Hydrogen for Scotland' — uma parceria da ScottishPower Renewables, BOC (uma empresa da Linde) e ITM Power — reúne líderes na indústria de energia renovável e combustíveis limpos para fornecer uma solução de mercado abrangente com o objetivo de reduzir as emissões de veículos através do fornecimento de hidrogênio verde.

  • sub PODCAST 'ROAD TO NET ZERO' Road to Net Zero.

    Road to Net Zero: como alcançar uma recuperação econômica verde

    Keith Anderson, executivo-chefe da Scottish Power, se junta ao podcast do Spectator apresentado pela correspondente econômica Kate Andres para conversar sobre o que significa "recuperação verde", se a energia renovável pode atender realmente às nossas demandas e se a crise da Covid fez com que o governo britânico recuasse para atingir as emissões de carbono zero até 2050.

  • sub INVESTIMENTOS NO JAPÃO Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Apontamos o Japão como uma nova plataforma de crescimento em energias renováveis

    A Iberdrola tem como alvo o mercado japonês como uma nova plataforma de crescimento em energias renováveis, especificamente no campo da energia eólica offshore, após chegar a um acordo com o Green Investment Group (GIG) da Macquarie para a aquisição de 100 % da desenvolvedora japonesa Acacia Renewables.

  • sub REDUÇAO DE EMISSÕES Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    "Aplaudimos a ambição climática da União Europeia de continuar avançando com passos firmes rumo à neutralidade climática"

    O presidente do grupo Iberdrola, Ignacio Galán, avaliou positivamente a revisão feita pela Comissão Europeia em relação aos objetivos de redução das emissões (de 40 % para 55 %) até 2030, sobre a que assegurou que "continua representando uma oportunidade única para a Espanha e que deve ser aproveitada".

  • sub PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Assinamos um empréstimo verde para a instalação de 2.500 pontos de carregamento públicos na Espanha e Portugal

    O empréstimo om o Instituto de Crédito Oficial (ICO),no valor de 59,4 milhões de euros, permitirá acelerar a implementação do Plano de Mobilidade Sustentável, que inclui a instalação de 150.000 pontos de recarga em residências, empresas e via pública nos próximos cinco anos. A companhia continua apostando na eletrificação do transporte em sua estratégia de transição para uma economia descarbonizada, assim como para a recuperação verde no mundo pós-COVID.

  • sub BLOOMBERG GREEN FESTIVAL Bloomberg Green Festival.

    Diego Díaz, diretor do PERSEO

    O diretor do Programa Internacional de Start-ups da Iberdrola - PERSEO, Diego Díaz Pilas, também participou do primeiro dia do Bloomberg Green Festival [PDF], no encontro Zero Carbon Careers, no qual uma nova geração de líderes analisou o futuro dos empregos verdes. Inscreva-se em BloombergLive.com/greenfestival.

  • sub NOVOS PROJETOS EM CASTELA-LA MANCHA Estratégia renovável em Castilla-La Mancha.

    Começamos a construção de 150 MW fotovoltaicos em Castela-La Mancha

    Aceleramos a nossa estratégia renovável em Castela-La Mancha com o início da construção de três projetos fotovoltaicos na região que somam 150 MW: Barcience, no município de Bargas (Toledo), e Romeral e Olmedilla na província de Cuenca.

  • sub REFORÇAMOS O NOSSA APOSTA EM PORTUGAL Capacidade renovável Portugal.

    Aumentámos para 1.500 MW a nossa capacidade renovável em Portugal

    Iberdrola foi adjudicada o ponto de conexão à rede para um projeto híbrido fotovoltaico na região do Algarve de 83 megawatts (MW) de potência, com 14 MW de armazenamento, o que permitirá estabilizar o sistema e gerenciar a descarga na rede em momentos de alta demanda.

  • sub PROJETO ZERO: DESAFIOS DA MOBILIDADE SUSTENTÁVEL Proyecto Zero.

    Reduzir a pegada de carbono

    No caminho para a recuperação econômica e do emprego, o transporte e a logística enfrentam um grande objetivo: reduzir sua pegada de carbono pela adoção de novos modelos de mobilidade sustentável. Essas preocupações foram abordadas na quinta-feira 10 de setembro no evento do Projeto Zero Huella Zero: Os desafios da logística e da mobilidade sustentável na recuperação verde.

  • sub PROJETO EÓLICO OFFSHORE NO CANAL DA MANCHA Projeto Saint Brieuc.

    Completamos as contratações do parque de Saint Brieuc

    Com a concessão da subestação à joint venture formada pelas Eiffage Métal e Engie Solutions, avançamos em nosso primeiro projeto eólico offshore nas águas francesas do Canal da Mancha. Saint Brieuc tem um investimento de 2,4 bilhões de euros e uma capacidade instalada de 496 MW.

  • sub PLENO EXTRAORDINÁRIO DA CÂMARA DA ESPANHA Bloomberg Green Festival.

    "É o momento de acelerar a transformação do tecido industrial, apostando na economia verde"

    O presidente da Iberdrola, Ignacio Galán — em sua exposição na mesa redonda do Pleno Extraordinário da Câmara de Comércio da Espanha Recuperação e reconstrução da economia espanhola: desafios e prioridades —, ressaltou que para enfrentar a crise provocada pela COVID-19 será preciso implementar planos de reconstrução "com uma magnitude sem precedentes", e através deles "proporcionar uma recuperação mais rápida, sendo uma oportunidade para transformar nossa economia, tornando-a mais moderna, mais sólida, mais internacionalizada e mais competitiva".

  • sub CAPACITAÇÃO DOS TRABALHADORES Capacitação dos trabalhadores.

    Apostamos na requalificação de nossos trabalhadores para nos adaptarmos à economia verde

    Javier Azorín, Responsável por Desenvolvimento, Seleção e Treinamento da Iberdrola España, garante em uma reportagem publicada no jornal espanhol El País, que a chave para se adaptar com rapidez às mudanças exigidas pela descarbonização é "ver as oportunidades que o futuro oferece" e "antecipar-se e investir" em inovação e talento. "Os funcionários com mais idade e muita experiência como mineiros, trabalhadores de usinas termelétricas, eletricistas, etc. deverão se reconverter, por isso colaboramos com os governos regionais para que o façam. Temos a vantagem de saber os rumos da inovação e aproveitamos a capacitação em energia fotovoltaica para que também aprendam sobre eólica", explica.

  • sub ENTRADA EM OPERAÇÃO DE EAST ANGLIA ONE East Anglia ONE.

    Iberdrola coloca em operação seu maior parque eólico: East Anglia ONE

    O grupo Iberdrola, através de sua filial ScottishPower Renewables, colocou em operação aquela que é até agora a maior instalação eólica com as máximas dimensões da sua história e uma das maiores do mundo desse tipo: o parque eólico offshore East Anglia ONE, nas águas britânicas do Mar do Norte. Com uma potência instalada de 714 MW, as 102 turbinas que compõem o parque já estão funcionando e produzindo energia limpa para 630.000 residências britânicas. Apesar do complexo contexto gerado pela pandemia da COVID-19, o projeto entrou em operação dentro do prazo previsto inicialmente. De fato, aproximadamente 20 % da instalação das turbinas foi realizada durante o período de confinamento no Reino Unido, obrigando a companhia e seus profissionais a alterarem sua dinâmica de trabalho.

  • sub EMPREGO LOCAL E EMPREENDIMENTO EM ASTÚRIAS Asturias.

    Contribuímos para o desenvolvimento econômico da Astúrias com investimentos em energias renováveis, apoio à indústria e à criação de emprego local e ao empreendimento

    A Iberdrola definiu os pilares de sua contribuição para o desenvolvimento socioeconômico em torno da transição energética nas Astúrias em três âmbitos de ação: mais investimentos em energias renováveis, apoio à criação de emprego através da geração de oportunidades e contratos destinados à indústria local e novos projetos de inovação. Após a recente adjudicação de pedidos a empresas asturianas no valor de 200 milhões de euros e de ter começado a instalação de 130 MW energia eólica na região, implementa uma Plataforma de Inovação Cidadã para canalizar iniciativas empreendedoras e um projeto de valorização de residuos.

  • sub PPA COM SABIC Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Desenvolvemos a maior usina fotovoltaica para autoconsumo 'on site' do mundo

    A Iberdrola e a SABIC assinaram um acordo pioneiro de compra e venda de energia renovável de longo prazo (PPA, Power Purchase Agreement), que permitirá que a companhia energética forneça eletricidade verde nos próximos 25 anos ao complexo industrial da multinacional petroquímica em La Aljorra - Cartagena (Murcia, Espanha). Tomando como base esse acordo, a Iberdrola vai promover, construir e operar o maior projeto solar fotovoltaico para autoconsumo on site do mundo. A nova instalação renovável, que será construída nos terrenos do complexo industrial da SABIC, terá uma potência instalada de 100 MW e será composta por 263.000 módulos solares. A planta envolverá um investimento de cerca de 70 milhões de euros e, durante sua construção, serão criados até 500 empregos, muitos deles locais.

  • sub ELECTRIFICAÇÃO DO TRANSPORTE Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Nos aliamos com a SEAT e a Volkswagen Group Spain Distribution para promover a mobilidade elétrica

    A Iberdrola, a SEAT e a Volkswagen Group España Distribución (VGED) assinam um acordo estratégico para fomentar a criação de uma rede pública de pontos de recarga na Espanha para veículos elétricos, potencializar o uso de energias renováveis, comercializar soluções de recarga elétrica e integrar a infraestrutura da Iberdrola nos navegadores desses veículos. Desta forma, a Iberdrola continua apostando na eletrificação do transporte em sua estratégia de transição para uma economia descarbonizada, como alavanca essencial para a redução das emissões e poluição nas cidades, bem como para a recuperação verde no mundo pós-COVID.

  • sub NOVOS PROJETOS FOTOVOLTAICOS Fotovoltaicos na Extremadura.

    Iberdrola obtém autorizações ambientais para construir mais 300 MW fotovoltaicos na região da Extremadura

    A Iberdrola avança em seus planos de investimento mais ambiciosos em energias renováveis na região da Extremadura e resto da Espanha, após obter a Declaração de Impacto Ambiental (DIA) de quatro usinas fotovoltaicas tramitadas na província de Cáceres, totalizando 300 MW: três delas fazem parte do Complexo Arañuelo e somam 150 MW e a quarta, também na província de Cáceres, é a usina fotovoltaica Arenales com mais 150 MW de potência instalada. Os novos projetos envolverão um investimento de 180 milhões de euros e exigirão para sua construção mais de 1.000 profissionais nos períodos de pico.

  • sub NOVA USINA DE HIDROGÊNIO VERDE Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Colocamos em funcionamento a maior usina de hidrogênio verde para uso industrial na Europa

    A Iberdrola e a Fertiberia assinaram um acordo para a construção da maior usina de hidrogênio verde para uso industrial na Europa. Através desse projeto, cujo investimento é de 150 milhões de euros, a Iberdrola produzirá hidrogênio verde a partir de fontes 100% renováveis para a fábrica de amoníaco da Fertiberia em Puertollano (Ciudad Real, Espanha), onde também estará localizada a usina. A solução, que previsivelmente entrará em funcionamento em 2021, contará com uma usina solar fotovoltaica de 100 MW, um sistema de baterias de íon-lítio com uma capacidade de armazenamento de 20 MWh e um dos maiores sistemas de produção de hidrogênio mediante eletrólise do mundo (20 MW). Download o infográfico [PDF]

  • sub 'PROJETO ZERO': RUMO À ECONOMIA CIRCULAR Green Recovery.

    Buscamos o caminho rumo à economia circular

    Sob o título A revolução verde: o caminho rumo à economia circular, no último dia 24 de julho foi realizado o segundo encontro do Projeto Zero, um ciclo organizado pela Iberdrola e pelo jornal El País que visa analisar e promover o progresso em direção à descarbonização energética e contribuir para frear a crise climática. Os especialistas que participaram do encontro concluíram que o coronavírus não conseguiu frear o impulsionamento da economia circular, pelo contrário, inclusive o acelerou devido à tendência para aproveitar melhor os recursos a fim de conseguir a máxima eficiência. Dessa forma, o responsável por Meio Ambiente da Iberdrola, Emilio Tejedor, garantiu que "os objetivos propostos são cada vez mais sólidos" e que "o compromisso da Europa com a economia verde é inapelável".

  • sub TRANSFORMAÇÃO VERDE

    Apostamos na indústria e no emprego local para a transformação verde nas Astúrias

    A Iberdrola acelera sua aposta no desenvolvimento da economia verde nas Astúrias (Espanha), incentivando novos investimentos em energias renováveis e mais adjudicações ao tecido industrial local relacionadas aos setores de futuro. Nesse contexto, a companhia acaba de adjudicar a seis empresas asturianas — Windar, Tensa, Isotrón (Grupo Isastur), Gonvarri Solar Steel, Asturmadi Reneergy e Asturfeito — contratos para o desenvolvimento de novos projetos renováveis e redes elétricas que a Iberdrola construirá tanto na Espanha quanto em outros países. Esses contratos representam pedidos próximos a 200 milhões de euros e permitirão criar milhares de empregos na indústria asturiana.

  • sub RECUPERAÇÃO VERDE NO MUNDO RURAL

    Promovemos o papel das pequenas povoações para a recuperação verde na Espanha

    A Iberdrola realizou um encontro em Astudillo (Palência, Espanha) para analisar as perspectivas de futuro no mundo rural como alavanca fundamental para a atividade e a recuperação econômica de toda a Espanha. Sob o lema Construindo futuro. Nossas povoações, nossa gente, a iniciativa pretende ressaltar a importância das zonas rurais através de projetos que impeçam o despovoamento e agreguem valor à sociedade. Para tal, o encontro contou com a presença de representantes do setor sócio-sanitário, turístico, agroalimentar, institucional e energético.

  • sub RESULTADOS PRIMEIRO SEMESTRE 2020

    Iberdrola acelera os investimentos até 3,582 bilhões de euros

    The group acelerou seus investimentos até chegar a 3,582 bilhões de euros no primeiro semestre, 2,3 % a mais em relação ao mesmo período de 2019 e isso apesar da situação de confinamento causada pela COVID-19. O presidente da companhia, Ignacio Galán, considerou positivamente estes seis meses e afirmou que "avançamos firmes no nosso compromisso de investir 10 bilhões de euros em 2020, demonstrando que a via para uma recuperação rápida e sustentada é a economia verde".

  • sub PRIMEIRA EMPRESA DO ÍNDICE IBEX 35 Iberdrola primera empresa do índice IBEX 35.

    Iberdrola passa a liderar o índice IBEX 35 como resposta de futuro para a recuperação

    A Iberdrola encerrou o pregão do dia 20 de julho com um market cap (capitalização de mercado) de 71,7276 bilhões de euros, 11,24 euros por ação, tornando-se a primeira empresa do IBEX 35 em valor de mercado. Esse movimento evidencia uma mudança de tendência em um contexto marcado pela crise causada pela COVID-19 e pela transição para uma economia com baixos teores de carbono. Além disso, a bolsa espanhola se converte assim no único grande índice do mundo liderado por uma empresa de energias renováveis.

  • sub CONTRA AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS Wikinger.

    A pandemia de COVID-19 como um ponto de inflexão na luta contra as mudanças climáticas

    Em um artigo publicado na revista XL Semanal, o diretor de Políticas Energéticas e Mudanças Climáticas do grupo, Carlos Sallé, destaca que a crise causada pelo coronavírus significou um ponto de inflexão na luta contra as mudanças climáticas, tanto é que uma infinidade de empresários, governos, ONGs, bancos centrais e fundos de investimento estão apostando em frear o processo de destruição do planeta já que é um elemento-chave para a recuperação e para evitar outras possíveis pandemias.

  • sub CÚPULA MUNDIAL DA AIE Cúpula mundial da AIE.

    Galán, na grande cúpula mundial da AIE para traçar o mapa da recuperação verde

    O presidente da Iberdrola, Ignacio Galán, foi o único empresário espanhol e um dos poucos europeus que palestrou no grande fórum mundial convocado pela Agência Internacional da Energia (AIE), sob o título IEA Clean Energy Transitions Summit. Durante sua exposição ofereceu sua visão sobre quais devem ser as pedras angulares da recuperação verde, uma vez que o setor elétrico será fundamental.

  • sub RESPOSTA AO PROJETO DE DETERMINAÇÃO DA OFGEM Keith Anderson.

    "O anúncio está em profundo desacordo com a ambição do governo do Reino Unido de impulsionar o investimento em infraestruturas verdes"

    Assim se pronunciou o CEO da ScottishPower, Keith Anderson, acerca do anúncio da Ofgem sobre os planos da rede de transmissão, que descreveu como "uma grande oportunidade perdida". "Este é um retorno míope à política de austeridade", acrescentou. "É ruim para o trabalho, ruim para a aprendizagem, ruim para a capacitação e ruim para a cadeia de suprimentos do Reino Unido", concluiu.

  • sub ENERGIAS RENOVÁVEIS

    Neoenergia aposta em energia renovável como pilar do desenvolvimento sustentável

    O investimento em geração de energia renovável é um dos pilares da atuação da Neoenergia, visto que a empresa acredita no desenvolvimento sustentável como a principal forma de gerir com responsabilidade e eficiência seus negócios. Na companhia, as gerações eólica e hídrica correspondem a 86,8 % da capacidade instalada. Até 2022, esse valor deve chegar a 90 %.

  • sub FINANCIAMENTO VERDE Financiamento verde.

    Oitocentos milhões para impulsionar a recuperação verde na Espanha

    A Iberdrola assinou um acordo com o Banco Europeu de Investimentos (BEI) e o Instituto de Crédito Oficial (ICO) para impulsionar a recuperação verde através do desenvolvimento de novas capacidades renováveis na Espanha. O BEI aportará 600 milhões de euros e o ICO 200 milhões para financiar a construção de mais de 20 projetos com uma potência total superior a 2.000 megawatts (MW).

  • sub A TECNOLOGIA, ESSENCIAL PARA A ECONOMIA elEconomista.es.

    Tecnologia e negócio se fundem para dar resposta à COVID-19

    Fernando Lucero, CIO da Iberdrola, participou da jornada A tecnologia, essencial para relançar a economia, organizada pelo jornal elEconomista.es e pela DXC Technology, onde reivindicou o papel de empresas, como a Iberdrola, que desempenharam serviços essenciais para a sociedade.

  • sub EM PROL DE UMA ECONOMIA CLIMATICAMENTE NEUTRA Economia neutra.

    A Comissão Europeia estabelece planos para o sistema energético do futuro e o hidrogênio limpo

    Para ser neutra em termos de clima até 2050, a Europa precisa transformar seu sistema energético que representa 75 % das emissões de gases de efeito estufa da UE. Nesse sentido, a CE adotou duas estratégias para a integração do sistema energético e do hidrogênio, abrindo caminho para um setor energético mais eficiente e interconectado, orientado pelo duplo objetivo de um planeta mais limpo e uma economia mais forte.

  • sub IGNACIO GALÁN NO 'FINANCIAL TIMES' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Planejamos incentivar a energia limpa investindo 10 bilhões de euros por ano

    O presidente do grupo Iberdrola, Ignacio Galán, fala no prestigiado jornal econômico britânico sobre sua aposta em um auge das energias renováveis [PDF] à medida que a UE injete fundos para a recuperação da crise.

  • sub IGNACIO GALÁN NO PROGRAMA 'INFORME SEMANAL' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    A oportunidade verde

    No âmbito de uma reportagem sobre a recuperação econômica após a pandemia da COVID-19, o programa Informe Semanal da TVE - Televisão Espanhola transmite declarações de Ignacio Galán sobre a necessidade de promover uma reconstrução verde.

  • sub CARLOS SALLÉ, RÁDIO NACIONAL DA ESPANHA

    Nosso papel estratégico na pandemia e na era pós-COVID

    Carlos Sallé, diretor de Políticas Energéticas e Mudanças Climáticas da Iberdrola, fala no programa A golpe de bit da Rádio Exterior da Espanha do papel estratégico da Iberdrola em plena crise da COVID-19, de seus compromissos essenciais na nova etapa pós-COVID-19 e de seu papel como principal empresa emissora de bônus verdes no mundo.

  • sub TRANSIÇÃO ENERGÉTICA NA AMÉRICA LATINA Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    "A Ibero-América tem tudo o que é necessário para assumir a liderança da economia verde"

    Durante sua exposição virtual na apresentação do relatório Uma transição energética inovadora e sustentável na América Latina, organizada pela Fundación Iberoamericana Empresarial, o presidente do grupo Iberdrola destacou que, graças aos seus recursos naturais hidrelétricos, eólicos e solares, "o processo de eletrificação nesta região pode ser realizado diretamente a partir de fontes sustentáveis, sem ter que passar pela geração com combustíveis fósseis". Para aproveitar esta oportunidade, Galán insistiu que "é necessário investir de forma decisiva em tecnologias renováveis, em redes elétricas e sistemas de armazenamento". Nessa mesma linha, a Iberdrola promove há mais de 20 anos o desenvolvimento da América Latina através de investimentos que superam a cifra de 20 bilhões de euros.

  • sub ATIVAÇÃO DO SETOR DA ENERGIA VERDE East Anglia ONE.

    Os trabalhos para a colocação em funcionamento do parque de East Anglia ONE continuaram apesar da pandemia de coronavírus

    Durante a crise provocada pela pandemia da COVID-19, a Iberdrola decidiu manter os trabalhos no parque eólico offshore de East Anglia ONE, que prepara sua entrada em operação. Localizado nas costas britânicas do Mar do Norte, esta instalação — com uma participação de 60 % do grupo — fornece eletricidade desde setembro de 2019 e, após sua colocação em funcionamento completa, terá uma capacidade instalada de 714 MW. A decisão da Iberdrola confirma sua aposta na energia verde como via para a recuperação econômica, sendo mais um exemplo de que enquanto boa parte da economia mundial sofreu uma desaceleração devido ao coronavírus, o setor de geração limpa foi ativado.

  • sub 'CEO INITIATIVE FOR EUROPE'S RECOVERY' Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

    Solicitamos à UE para que aposte em um modelo que promova a economia verde

    Em uma carta enviada à Comissão Europeia (CE), ao Conselho Europeu e ao Parlamento europeu [PDF], CEOs de grandes multinacionais do setor energético, industrial e automobilístico — entre eles Ignacio Galán, presidente do grupo Iberdrola — mostraram seu apoio ao plano da CE Next Generation EU para relançar a economia após a crise da COVID-19. Eles pediram que este acordo verde esteja apoiado por um modelo de política industrial “inteligente”, com reformas fiscais, um sistema de fixação de preços para o CO2 e que também ofereça condições favoráveis para uma transformação industrial.

 

PREPARADOS PARA A 'GREEN RECOVERY'

Next Generation EU.

150 projetos para o Next Generation EU

Estas iniciativas mobilizarão investimentos de mais de 21 bilhões de euros e contribuirão para a transformação industrial da Espanha, com foco na transição verde e digital.
Transição energética.

Nós antecipamos em 20 anos à atual transição energética

O grupo Iberdrola aposta em um modelo de negócio limpo, confiável e inteligente que substitua a produção com fontes poluentes por energias limpas.
Objetivos climático.

Alinhados com os objetivos climáticos

A companhia, que tem o objetivo de ser neutra em carbono até 2050, investiu mais de 100 bilhões nestes 20 anos para atingir um modelo energético descarbonizado.
Energias renováveis.

Investimos em energias renováveis e em redes inteligentes

A Iberdrola continua avançando com seus projetos em construção em todo o mundo, que totalizam mais de 8.500 megawatts (MW) de capacidade.
Mobilidade sustentável.

Promovemos a mobilidade sustentável

A empresa lidera a transição para uma mobilidade sustentável e para a eletrificação do transporte como uma via eficiente para o combate contra as mudanças climáticas.
Digitalização.

Na vanguarda em digitalização

O grupo Iberdrola prevê investir 4,8 bilhões de euros entre 2018 e 2022 em transformação digital para melhorar o funcionamento e a manutenção de seus ativos.
Planta fotovoltaica.

Líderes em financiamento verde

Com um total de 17 operações — por um valor de 11,4 bilhões de euros — emitidas até abril de 2020, a Iberdrola é um modelo de referência internacional em financiamento verde.
ODS.

Comprometidos com os ODS

A Iberdrola incluiu em sua estratégia empresarial os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.
Economia circular.

A economia circular, na base

O grupo apoia seu modelo de negócio sustentável sobre a redução de emissões, melhoria da eficiência e otimização de recursos.
Transformação verde contra o carvão.

Apostamos na transformação verde contra o carvão

A companhia concluiu o fechamento de todas as suas usinas a carvão e propôs planos de transformação verde para as áreas onde estavam localizadas suas duas últimas usinas em operação.

 

AVANÇANDO EM DIREÇÃO À 'GREEN RECOVERY'

Shapes.

Desenvolvimento rápido e ecológico

Em um artigo exclusivo do SHAPES, Erik Solheim, ex-diretor executivo do PNUMA, argumenta que, "pela primeira vez, um novo modelo de desenvolvimento ecológico é possível".
Descarbonização.

Descarbonizar com renováveis

A eletrificação do transporte e do aquecimento residencial e a obtenção de eletricidade por meio de renováveis serão as chaves para descarbonizar a economia europeia até 2050.
Medidas de recuperação verde.

Medidas de recuperação verde

Cada vez mais governos, organismos e empresas apostam em uma recuperação verde após a COVID-19.
European Green Deal.

'European Green Deal'

O Pacto Verde da União Europeia estabelece um roteiro estratégico com marcos concretos que situa a transição verde no centro da ação política.
Mitigação e adaptação.

Mitigação e adaptação às mudanças climáticas

As mudanças climáticas ameaçam o futuro do nosso planeta, mas ainda há tempo para nos adaptarmos a elas e atenuarmos seus efeitos.
Hidrogênio verde.

Hidrogênio verde

A descarbonização do planeta é um dos objetivos estipulados por países de todo o mundo até 2050. Nesse sentido, o hidrogênio verde se revela como um dos pontos-chave.
Empregos verdes.

Empregos verdes

A transição para uma economia descarbonizada é um indutor de crescimento econômico com potencial para criar milhões de empregos verdes.
Impostos ambientais.

Impostos ambientais

Partem do princípio de que quem contamina paga, cobrando taxas sobre os comportamentos nocivos para a saúde do planeta.
Desenvolvimento urbano sustentável.

Desenvolvimento urbano sustentável

A Nova Agenda Urbana da ONU defende que as cidades sejam mais sustentáveis, inclusivas e habitáveis. Uma via para isso são os ecobairros.
Consumo responsável.

Consumo responsável

Descobrimos cinco práticas cotidianas que vocâ pensava que eram inofensivas, ou inclusive ecológicas, mas que provocam danos consideráveis no meio ambiente.
Sustentabilidade alimentar.

Sustentabilidade alimentar

Produtos ecológicos, foodtech e reduzir o desperdiço alimentar são alguns dos ingredientes para uma alimentação mais sustentável.
Roupa biodegradável.

Roupa biodegradável

A indústria da moda é a segunda mais poluente. A roupa biodegradável é uma das principais apostas do setor para promover a sustentabilidade.
Reduzir o consumo de plásticos.

Conselhos para reduzir o consumo de plásticos

Minimizar o consumo de plásticos é simples e pode mudar sua vida e a do planeta.

Toda a informação sobre

A 'GREEN RECOVERY'

O que é a Green Recovery ou recuperação verde e em que consiste exatamente?

A situação derivada do avanço internacional da COVID-19 deixou em evidência a fragilidade da nossa sociedade no caso de ameaças de caráter global. Uma lição aprendida que provocou que a necessidade de tratar as mudanças climáticas se torne mais premente do que nunca. Este fenômeno é o principal risco que o mundo terá que enfrentar nos próximos anos e provocará shocks econômicos e sociais cuja magnitude é ainda maior que a do coronavírus. O ascenso do nível do mar, a perda de biodiversidade, a exploração excessiva dos recursos naturais, o desmatamento, a poluição do ar e dos oceanos, os desastres naturais, as migrações climáticas ou o aumento dos conflitos são só alguns dos problemas que o aquecimento global criará ou agravará.

Diante deste panorama, está se impondo a ideia de que a recuperação será verde ou não acontecerá. O conceito de Green Recovery implica alinhar as medidas de recuperação econômica com a consecução dos objetivos de longo prazo em termos de mudanças climáticas e sustentabilidade, conseguindo assim um impulso para um modelo socioeconômico sustentável com o planeta, mais resiliente contra futuros shocks e mais inclusivo.

Comprometidos com esta visão, diversos agentes — a Iberdrola entre eles — estão apostando em políticas de estímulo verdes que estão em consonância com os objetivos climáticos como base dos programas de recuperação econômica que deverão ser implementados em todo o mundo. A Green Recovery poderia ter numerosas vantagens com relação a uma abordagem mais tradicional. é o que demonstra um relatório liderado pela Universidade de Oxford, que afirma que as políticas de estímulo verdes criam mais emprego, produzem mais retornos a curto prazo e levam a um maior efeito multiplicador a longo prazo em comparação com as propostas tradicionais.

O que é a Aliança Europeia para uma Recuperação Verde?

A Aliança Europeia para uma Recuperação Verde é uma parceria que foi assinada por uma grande variedade de agentes de âmbito europeu: ministros, parlamentares de todos os partidos, diretores executivos de empresas, ONGs, acadêmicos, etc. Está sendo promovida por Pascal Canfin (Parlamento Europeu) e pretende definir e implementar pacotes de recuperação econômica verdes que atuem como aceleradores da transição para a neutralidade climática e ecossistemas saudáveis.

Como os princípios da Green Recovery estão sendo aplicados na Europa?

Os princípios da recuperação verde fazem parte dos principais projetos políticos na União Europeia. A Comissão Europeia tem reiterado sua determinação de estabelecer o Pacto Verde Europeo como o roteiro a ser seguido para uma recuperação verde com estimativa de longo prazo. Da mesma forma, muitos países europeus — entre eles, Espanha, França, Alemanha, Itália e Irlanda — se manifestaram a favor de alinhar os programas de recuperação econômica com os objetivos de ação climática.

A Espanha tem implantado políticas para avançar em direção ao cumprimento dos objetivos climáticos. Neste sentido, por exemplo, o governo espanhol propôs uma Lei de Mudanças Climáticas e Transição Energética que visa a neutralidade climática até 2050 e inclui ambiciosos objetivos intermediários de emissões, energias renováveis e melhoria da eficiência energética.

O que as empresas podem fazer para apoiar um processo coordenado da Green Recovery?

As empresas podem apoiar este processo através de seus investimentos e atividades de negócio em geral, desenvolvendo e inclusive reforçando seus planos de investimento em soluções de negócio em linha com os objetivos de clima e sustentabilidade. Um bom exemplo seria a realização de fortes investimentos nas energias renováveis ou na eletrificação do transporte. Além disso, as empresas — como parte da sociedade civil — podem apoiar publicamente projetos de recuperação econômica verdes com declarações e campanhas.

Como os cidadãos podem apoiar a Green Recovery?

Os cidadãos estão cada vez mais conscientizados sobre todos os desafios da sociedade, embora ainda reste um certo caminho por percorrer no referente à informação e conscientização. Uma mostra do apoio a planos de recuperação verde foi o recente lançamento do Manifesto por uma recuperação sustentável, do qual participam vários setores da sociedade espanhola (cultura, universidades, política, empresas, ONGs, etc.).

Como as energias renováveis podem contribuir para a recuperação econômica depois da COVID-19??

Os princípios de uma recuperação verde se fundamentam em alinhar as medidas de reativação da economia com a consecução dos objetivos de médio e longo prazo de mitigação das mudanças climáticas e de sustentabilidade.

As energias renováveis reúnem ambas as coisas. Elas, atualmente, dão emprego para mais de 11 milhões de pessoas no mundo e são um setor decisivo na descarbonização da economia e na consecução dos objetivos climáticos. A carteira de projetos atual permitiria acelerar os investimentos e aumentar os projetos no curto prazo.

O setor está passando por uma revolução tecnológica e a redução de custos e as melhorias técnicas fazem com que as energias renováveis sejam cada vez mais competitivas, de tal forma que a aceleração destes investimentos exige menos ajudas que dependam dos orçamentos públicos. Por outro lado, investindo em fontes de geração autóctone, como a energia eólica e solar, reduz-se a dependência energética do exterior, o que resulta em importantes melhorias da balança exterior e cria tecido industrial sustentável para o futuro. Além disso, ao substituir tecnologias mais poluentes, o investimento em energias renováveis fará com que melhorem os níveis de qualidade do ar e, consequentemente, a saúde.