PROJETO PORT AUGUSTA

Port Augusta: nosso primeiro grande projeto de energia renovável no mercado australiano

O grupo Iberdrola está tramitando seu primeiro grande desenvolvimento de energia renovável na Austrália: o complexo Port Augusta. Trata-se de uma instalação híbrida que incluirá um parque eólico e uma usina fotovoltaica que totalizarão uma potência instalada de 320 MW. Através desse projeto, a empresa culmina seu desembarque no mercado australiano.

Localização
Estado de South Australia (Austrália)

Capacidade total instalada
320 MW

Investimento
310 milhões de euros

Entrada em operação
2021

Projeto
Port Augusta

O grupo Iberdrola está concluindo sua entrada em um novo mercado energético, o australiano, o qual possui um potencial significativo para o desenvolvimento das energias renováveis, especialmente a eólica, a solar, os projetos híbridos e as soluções de armazenamento.

Nesse contexto, a empresa está negociando os principais fornecimentos e serviços associados com diferentes empreiteiras para seu primeiro grande desenvolvimento de energia renovável no país, Port Augusta, um projeto híbrido que incluirá um parque eólico (210 MW) e uma usina fotovoltaica (110 MW) totalizando 320 megawatts (MW) de capacidade instalada.

O complexo, que será realizado no estado de South Australia, envolverá um investimento de aproximadamente 500 milhões de dólares australianos (mais de 310 milhões de euros) e sua implementação poderia ocorrer ao longo de 2021.

Port Augusta faz parte da carteira de projetos da Iberdrola no país, somando aproximadamente 650 MW de potência e inclui instalações eólicas e solares nos estados de Queensland e South Australia.

A empresa lançou recentemente uma OPA amistosa sobre a companhia australiana de energia renovável Infigen Energy por 510 milhões de euros, consolidando sua introdução no mercado de energia renovável australiano.

Essa aquisição permitirá a venda da energia produzida em Port Augusta para clientes industriais do país e tornará o grupo líder de mercado na região da Austrália do Sul por capacidade instalada, com quase 1.000 MW.