'PHISHING'

'Phishing': um clique faz a diferença

Ouviu falar do 'phishing'? Trata-se de um tipo de ciberataque cada vez mais comum. Os delinquentes cibernéticos utilizam essa técnica para cometer fraude e obter informações confidenciais de forma enganosa.

O QUE É 'PHISING'?

O phishing consiste no envio de mensagens, tanto através de e-mail, quanto de SMS (conhecido como smishing), mensagem instantânea ou, inclusive, de redes sociais, em que os delinquentes cibernéticos usurpam a identidade de qualquer organização conhecida para conseguirem nossas informações mais confidenciais (senhas, dados bancários, etc.) incitando-nos a clicar em um link que redireciona para um site falso.

Os e-mails costumam incluir um link que leva o usuário para sites falsos. Uma vez ali, solicita informações pessoais do próprio usuário e este, pensando que é de confiança, as proporciona, caindo nas mãos dos trapaceiros (ou phishers).

O phishing também pode estar em sites através de banners publicitários que incitam a descarregar um antivírus ou qualquer outro programa e em um formulário que solicita dados pessoais.

Os ataques de phishing, além de aumentarem ano após ano, são cada vez mais sofisticados e convincentes, conseguindo confundir os usuários, que ficam com sua própria segurança comprometida. O pior desses ciberataques está no fato de que na maioria das ocasiões, infectam seu terminal — seja celular ou computador — sem que se aperceba.

São muitas as desculpas que esses cibercriminosos utilizam para captar nossa atenção a fim de nos redirecionar para sites falsos que simulam ser os legítimas: atualizações urgentes, pacotes que não solicitou, mas que é preciso recolher quanto antes, avisos de um último pagamento, o banco pedindo para alterar suas senhas, etc.

Mas podemos enfrentar esses ciberataques. Monitorar um site ou usar um bom antivírus são algumas das formas mais eficazes de derrotar o phishing. Caso se aperceba de que um site é falso — isso acontece quando não começa por https:// ou não tem um cadeado fechado na barra do navegador —, nossa recomendação é que limpe a memória cache do navegador. Isso permitirá a eliminação de qualquer software não desejado.

COMO EVITAR SER VÍTIMA DESSE CIBERATAQUE?

Phishing, um clique faz a diferença.#RRSSPhishing, um clique faz a diferença.

Descubra como detectar e combater 'phising'

Todos os usuários correm o risco de ser vítimas de phishing. Não obstante, qualquer endereço público será mais suscetível de ser objeto de um ataque. O primeiro passo é não responder a nenhum e-mail que solicite informações pessoais ou financeiras. No entanto, distinguir uma mensagem de phishing de outra que não é pode não ser uma tarefa fácil. Por isso, eis aqui uma série de conselhos para evitar que o enganem:

  • Verifique se o endereço do e-mail corresponde à pessoa que faz o envio.
  • Preste atenção ao tom do conteúdo. Se pedir urgência ou lhe oferecer qualquer tipo de pechincha, desconfie.
  • Antes de clicar em um link e proporcionar seus dados, verifique se o site ao qual será direcionado é o autêntico.

Ocultar informações
 

 VER INFOGRÁFICO COMPLETO: 'Phishing', um clique faz a diferença [PDF]